Negócios em Foco

Gestão inteligente é fundamental para competitividade empresarial


São Paulo - SP 28/03/2018 20h23

Manter uma empresa competitiva no mercado vêm se tornando cada vez mais uma tarefa difícil para os gestores de negócios no país. É preciso que um companhia contemple diversos aspectos para se manter sempre atualizada com as demandas dos consumidores e ser capaz de lidar com todas as suas questões internas, como: ações de marketing, vendas e também investimentos operacionais para ampliar continuamente sua capacidade produtiva.

O que muitos administradores não se dão conta é que, assim como ações externas, a competitividade de mercado de um negócio também depende de uma gestão inteligente dos custos e despesas. Ser capaz de identificar e gerenciar seu ambiente interno de funcionamento operacional é fundamental para evitar que sua companhia acabe cobrando valores que não condizem com a realidade e perdendo, desta forma, competitividade.

Para solucionar esses problemas, diversas pesquisas realizadas apontam para uma nova forma de administração interna capaz de ofertar as ferramentas necessárias aos administradores de empresas a se tornarem mais competitivos no mercado, a Gestão Inteligente de Custos e Despesas. Um bom sistema de gestão de custos deve fornecer as informações necessárias para uma boa tomada de decisões, permitindo um diagnóstico seguro para a classificação das despesas, estabelecimento de metas, melhoria dos processos, gestão de recursos, orçamento de custos, etc.

Independente do tamanho da empresa, uma gestão de custos eficiente é capaz de trazer resultados positivos para o negócio, diminuindo gastos desnecessários e, ao mesmo tempo, permitindo a obtenção de resultados para o empreendimento. Entre as ações que fazem parte dessa nova forma de administração estão a análise periódica de gastos, o envolvimento da equipe de trabalho, controle do fluxo de caixa e a automatização de processos.

Um exemplo prático da gestão inteligente nas empresas é a otimização de custos com vale transportes. Através de uma auditoria interna é possível se regularizar a utilização do benefício, sem alterar o trajeto do colaborador, trazendo economias que chegam até 35% no valor gasto pelo contratante. Empresas como a RB Serviços são responsáveis por realizar a creditação mensal do vale transporte considerando apenas a quantia necessária para garantir o trajeto do colaborador no mês, evitando que haja acúmulo de créditos no cartão do funcionário e o mau uso do benefício.

Essas são alternativas viáveis que podem permitir a sua empresa se tornar mais competitiva no mercado e obter resultados mais positivos no balanço do mês. Com estruturas diferentes, é necessário que seja avaliada quais as medidas cabem implantação dentro do seu ambiente administrativo, criando-se um projeto de gestão inteligente que se adeque ao seu negócio.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com