Negócios em Foco

ODATA migra e implementa Data Center da SOAP em tempo recorde


São Paulo/SP 16/09/2020 11h10

Caso de sucesso: mesmo no ápice da pandemia, toda a estrutura on-premise do cliente passa a rodar em Colocation em apenas um dia

Odata - Divulgação

Mover um Data Center tradicional para uma infraestrutura remota nem sempre é uma decisão fácil, devido à complexidade que envolve todo o projeto. E, dependendo das condições do parque tecnológico, o processo também pode ser bastante demorado.

No entanto, o cenário atual continua a pressionar os gestores de tecnologia para que, rapidamente, adaptem suas estruturas para suportar a produtividade dos colaboradores - seja em home office ou no modelo híbrido, com parte das equipes retornando aos escritórios.

Assim, suportar o tráfego de dados, a estabilidade da conectividade e a disponibilidade dos sistemas, ao mesmo tempo em que se promove a eficiência de despesas, tem se destacado como um dos principais desafios da atualidade.

Em todo o mundo, cada vez mais organizações estão transferindo seus Data Centers on-premise para modelos mais flexíveis e contratados como serviço, como o Colocation. Esse foi o caso da SOAP, empresa brasileira referência em consultoria e treinamentos de apresentações corporativas.

Em maio, no auge da pandemia, a alta gestão da companhia percebeu que o home office estava sendo bastante eficiente para suas equipes. E, para reduzir despesas, decidiu se desfazer do escritório montado na Vila Olímpia, um dos bairros mais caros da cidade de São Paulo.

Para isso, seria preciso mover tanto seu ambiente de TI quanto os links corporativos para um Data Center remoto, tarefa que se apresentava como a parte mais crítica de todo o processo de mudança.

Não seria possível arriscar uma eventual indisponibilidade de seus recursos de comunicação, sob o risco de impactar o trabalho dos colaboradores e, consequentemente, as entregas aos seus clientes. Por isso, toda a migração deveria ocorrer na janela de um final de semana apenas.

Para isso, a SOAP firmou com a ODATA, provedora da mais moderna infraestrutura de Data Centers na América Latina, um contrato de serviços de Colocation com espaço, energia, banda de internet e conexões com operadoras.

O prazo para concluir a migração dos servidores, back-up e storage, além de toda a estrutura de comunicação com duas operadoras distintas, era de apenas cinco dias.

Desde o entendimento do cenário e escopo pelos times de Vendas e Pré-vendas, o envio da proposta, com toda as condições negociadas e aprovadas, até a elaboração da minuta do contrato pelo Jurídico, os especialistas da ODATA resolveram todos os processos prontamente.

Um dos maiores desafios da migração de Data Centers é conciliar o prazo de ativação dos links. Aqui não foi diferente. Para isso, o time de Redes da ODATA realizou uma  intervenção e, entendendo no detalhe a demanda, a resolveu a tempo e sem risco de indisponibilidade.

Mesmo diante da magnitude do projeto, toda a operação foi concluída em tempo recorde. Assim, conseguiram implementar e ativar toda a estrutura em menos de 24 horas, no sábado, 31 de maio de 2020.

"Foi preciso entender, executar e entregar um ambiente que dependia muito das operadoras. E, para isso, nosso modelo de atendimento humanizado, assim como a flexibilidade comercial e processual da companhia, fizeram toda a diferença”, explicou Joel Amadio, senior account executive da ODATA. "Estou orgulhoso por ter participado ativamente desse projeto".

O projeto na visão do cliente

Para esclarecer a complexidade de uma migração de Data Center como essa, Denis Dourado Barreto, o gestor de Tecnologia, Criação e Planejamento da SOAP, explica o projeto:

“No cenário anterior à mudança nosso Centro de Processamento de Dados (CPD) estava em ambiente de escritório, sob ameaça constante de riscos e falhas habituais. A energia elétrica sempre oscilava ou falhava, fazendo, muitas vezes, com que a operação parasse por completo até que a energia retornasse. Isso quando não perdíamos o dia de trabalho. 

Não tínhamos o CPD ativo em dias de manutenção da rede elétrica nem em eventos de queda. Além disso, precisávamos monitorar os ativos via câmera de segurança 24x7. Certa vez, tivemos um grande problema com a falha do ar condicionado, que colocou em risco os equipamentos pelo acúmulo de água no piso. E pra completar, nosso ambiente operava com um nobreak que exigia manutenção constante.

Diante dessa situação, o moving foi feito com o mínimo de barreiras burocráticas possível, exatamente o suporte que precisávamos no momento. Nosso tradicional parceiro de outsourcing havia previsto um prazo de 30 a 40 dias para a conclusão desse projeto. No entanto, conseguimos executar em menos de uma semana.

A ODATA oferece uma estrutura muito nova, com sistemas e processos de ponta. E muito bem definidos, o que nos faz ter tranquilidade sobre a confiabilidade, segurança e disponibilidade da operação. Por isso, agora temos a confiança de que nossa operação estará sempre disponível, em ambiente de altíssimo nível tecnológico, com toda segurança e confiabilidade possível.

Além disso, o fato de não estarmos mais em uma estrutura fixa, com altos custos, nos dará uma grande vantagem competitiva frente ao nosso mercado.

Ficamos positivamente impactados com a experiência e estamos muito satisfeitos com a ODATA. Recomendo a empresa como a melhor escolha do segmento".


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com