Negócios em Foco

Aliados de síndicos e moradores, apps impulsionam comunicação e gestão condominial


São Paulo - SP 20/05/2020 17h56

Cerca de 68 milhões de pessoas moram em condomínios no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais. Administrados por mais de 421.000 síndicos (profissionais ou não), estima-se que esses condomínios movimentam cerca de R$ 165 bilhões por ano.

Com a redução de jornada e salários em diversas atividades profissionais, a renda média mensal dos residentes de condomínios de casas e apartamentos deve, infelizmente, cair. Com as taxas condominiais pesando ainda mais no bolso, o momento sugere que os moradores estejam mais atentos em fiscalizar como todo esse dinheiro está sendo aplicado no seu patrimônio.

Historicamente, a burocracia e complexidade na gestão exigiam um malabarismo entre softwares e ferramentas para dar conta do volume de trabalho ligado à administração condominial. A falta de transparência nos processos dificultava a redução de gastos, tornando muitos imóveis financeiramente insustentáveis.

Muitas vezes, o síndico havia caído de paraquedas na função, com a boa vontade de ajudar seus vizinhos e tentar manter o condomínio organizado. Mas nem sempre entendia todas suas obrigações e acabava aprendendo muita coisa na prática.

As funções e trabalho do síndico evoluíram nos últimos anos e os condomínios possuem complexidade de gestão cada vez mais próxima a de empresas. Ao mesmo tempo, os síndicos profissionais, que atendem um ou mais condomínios e trazem suas qualificações, experiência e habilidade com tecnologia como diferenciais, vêm ganhando destaque. Os moradores, por sua vez, estão cada vez mais exigentes, pois querem ver seu patrimônio valorizado e com tudo funcionando perfeitamente em seus lares. Assim, tanto síndicos como moradores vêm buscando por plataformas de gerenciamento de condomínios para facilitar a vida em meio a tantas atribuições.

A transformação digital está sendo empurrada a fórceps por essa pandemia. E, se os moradores de condomínios são conectados, móveis e ativos socialmente, a gestão desses espaços também deve estar adaptada a essa realidade, com ferramentas digitais para facilitar a gestão, trabalho e esforço do síndico (profissional ou morador), e melhorar a comunicação entre todos.

De pequenos reparos residenciais e avisos de entrega de comida à transparência do extrato e das contas do condomínio, a comunicação efetiva por meio de uma plataforma centralizada permite que todos participem ativamente de suas comunidades. Soluções digitais de gerenciamento condominial oferecem vantagens tanto para a comunicação quanto administração da vida em condomínio, trazendo recursos para uma vida melhor em comunidade e ajudando também com que os moradores se conectem com seus vizinhos e fiquem atualizados com a gestão do condomínio, em qualquer hora e dispositivo. Com processos melhores e mais transparentes, os resultados são redução de custos, melhoria na convivência e harmonia e imóveis mais valorizados.

Em tempos de distanciamento social, os condomínios também têm um papel importante para conter o avanço da COVID-19. Por isso, não podemos esquecer de agradecer aos síndicos e colaboradores de condomínios, que estão na linha de frente de nossos lares exercendo um papel importantíssimo para o bem estar de todos moradores.

* Denys Hupel é cofundador da TownSq


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com