Negócios em Foco

11 profissões que você pode exercer da sua casa


São Paulo 16/07/2018 10h05

Quer trabalhar no conforto de seu lar? Confira 11 profissões perfeitas para o home office

A possibilidade de fazer seu próprio expediente, a liberdade de não ter um chefe e a tranquilidade de não enfrentar o trânsito no caminho ao trabalho são apenas alguns dos benefícios que o home office tem a oferecer.

A opção de trabalhar em sua própria casa cresceu nos últimos anos e tornou-se uma ferramenta importante para as empresas que desejam reduzir os custos e, ao mesmo tempo, aumentar a produtividade de seus colaboradores.

No Brasil, segundo dados do último Censo do IBGE, mais de 30 milhões de pessoas trabalham de casa. Isso implica dizer que praticamente um quarto da população que exerce atividade remunerada exerce sua profissão dentro de sua residência.

Contudo, nem todos os empregos podem ser exercidos como home office. Alguns exigem que a pessoa realmente esteja dentro da empresa para conseguir desempenhar sua função. Já outros podem usufruir da liberdade que essa modalidade oferece. Confira:

1 - Jornalista

Mesmo antes da popularização dos recursos digitais já existiam os jornalistas freelancers. Ao invés de ficarem presos a um veículo, eles viajavam o mundo atrás de reportagens. Agora, essa tendência apenas se acentuou.

Com poucos equipamentos, o profissional consegue gravar, editar e publicar diferentes matérias de qualquer lugar do mundo graças às plataformas digitais – engajando seus leitores com notícias praticamente em tempo real.

2 - Redator/Revisor

As ferramentas digitais também remodelaram a carreira dos redatores (escritores) e revisores. Hoje, eles são imprescindíveis em qualquer empresa que deseja ter destaque na Internet.

Entretanto, esses profissionais não precisam mais estarem dentro da companhia para produzirem e revisarem os conteúdos. Com conectividade em alta, é possível produzir esse material sem as distrações que o ambiente corporativo costuma oferecer.

3 - Contador

Antigamente, esse profissional precisava abrir um escritório para ganhar reconhecimento e mostrar seriedade com o serviço – nem que fosse adaptar um cômodo e abrir uma fachada em sua própria casa.

Hoje, os sinais mais importantes são a eficiência e competência do contador. Eles não precisam abrir mais seus escritórios e podem atuar como freelancers, seja com seus próprios clientes ou auxiliando outras empresas da área.

4 - Webdesign

As tecnologias da informação estão na base da expansão do home office em todo o mundo. Assim, desenvolvedores de sites e aplicações para Internet foram alguns dos primeiros profissionais digitais a trabalharem de sua própria casa.

Com o tempo, este setor percebeu que era mais vantajoso e produtivo deixar que esses colaboradores atuassem por conta própria, estimulando a inovação, criatividade e empreendedorismo na busca por novas soluções.

5 - Profissional da beleza

Cabeleireiros, manicures, pedicures, maquiagem, barbeiro e designer de sobrancelhas são apenas alguns exemplos de empregos da indústria de beleza que também podem ser exercidas dentro de casa.

Ao invés de montarem seus próprios salões, e arcarem com todos os custos, essas pessoas perceberam que podem atender clientes em suas residências, com hora marcada e atendimento personalizado.

6 - Cerimonialista

É uma profissão que está em alta justamente por ajudar a promover os mais diferentes tipos de festas e eventos, incluindo casamentos, aniversários, confraternizações, encontros, etc.

O cerimonialista é quem agiliza tudo, fica em contato com os fornecedores e cobra os prazos. Assim, com o avanço dos dispositivos móveis, ele pode fazer todos esses serviços e acompanhar todos os processos sem ter que abrir um escritório para isso.

7 - Artesanato e Costura

Em contraponto à produção seriada, o trabalho de artesanato e de corte e costura voltou a ser valorizado no Brasil. As pessoas gostam de itens que sejam personalizados e reflitam suas preferências e interesses.

Isso vale para roupas, bijuterias, bordados, lembranças de aniversários, artigos de decoração, entre outros produtos. Basta adaptar um pequeno ateliê em sua casa para começar a receber pedidos sob encomenda.

8 - Professor Particular

Ainda que a formação educacional passe pela escola, o professor também pode ministrar aulas particulares para quem tiver interesse. Assim, ele consegue cobrar por hora de seu serviço e complementa sua renda.

A principal procura dos alunos é justamente por reforço escolar. Assim, esse profissional dará aulas na disciplina em que já está acostumado, como história, português, matemática, etc. Ele ainda pode dar outras matérias, como lógica, instrumento musical ou idioma.

9 - Fotógrafo

Assim como o jornalista, o fotógrafo também descobriu que não precisa ficar preso a uma redação ou estúdio para conseguir fazer dinheiro. Ele pode trabalhar como freelancer e vender suas fotos para diversas publicações.

Essa alternativa trouxe a liberdade necessária à profissão. Afinal, ele precisa estar no centro do evento para registrar as melhores imagens e conseguir captar o contexto da situação.

10 - Produção de doces e salgados

Quem gosta de cozinhar e costuma fazer ótimos pratos doces ou salgados pode optar por trabalhar com essa habilidade. Esses quitutes sempre são requisitados pelas pessoas e também são feitos dentro de casa.

A pessoa precisa ter apenas uma cozinha equipada para conseguir atender toda a demanda. Depois, é necessário pensar a melhor forma de vendê-los: pode ser por encomenda ou exposição em quiosques e eventos.

11- Tradutor Juramentado

A função básica desses profissionais é pegar um documento em língua estrangeira e traduzi-lo e interpretá-lo para a língua da região onde estão registrados. Assim, é um serviço que não depende de fazer hora ou bater ponto dentro de uma empresa.

Na tradução juramentada, a pessoa deve ter habilidade e, a partir daí, recebe uma grande demanda de documentos e arquivos oficiais para trabalhar. Basta, portanto, reservar um espaço em sua casa para poder trabalhar.

Home office exige planejamento e dedicação

Trabalhar de casa é bom, mas exige uma série de cuidados. A pessoa precisa ter disciplina, concentração e foco para respeitar os prazos acordados e conseguir atender a demanda de seus clientes.

Ou seja, antes de pedir demissão e tentar atuar como freelancer, programe-se e faça uma rotina em que você consiga extrair todos os benefícios que essa modalidade oferece.

Fonte: Fidelity Translations


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com