Negócios em Foco

IBM usa IA e Nuvem Híbrida para criar novas experiências para os fãs no primeiro US Open sem público presente


São Paulo, SP 02/09/2020 15h20

IBM e USTA dão vida ao torneio com debates esportivos virtuais e insights relevantes das partidas usando IBM Watson baseado em uma arquitetura de nuvem híbrida aberta

A IBM, o parceiro digital da USTA (United States Tennis Association) há 29 anos, anunciou hoje experiências inovadoras para os fãs, construídas com inteligência artificial (IA) e baseadas em tecnologias de nuvem híbrida, que permitirão que milhões de fãs em todo o mundo vivenciem a emoção e o debate vibrante em torno desse icônico Grand Slam do tênis, em sua primeira edição sem a presença do público.

Um estudo recente encomendado pela IBM com 2000 fãs de esportes nos Estados Unidos destacou a importância das experiências digitais durante a pandemia COVID-19. Quase metade (48%) dos fãs de esportes que responderam pensam que ter uma experiência digital interativa (streaming, conteúdo em vídeo, destaques, estatísticas, etc.) se tornou mais importante desde o surto do coronavírus¹. Especificamente, as gerações mais novas têm um desejo maior por experiências digitais: membros das chamadas Geração Z (64%) e Millenials (61%) disseram que essas experiências se tornaram "mais importantes".

Novas experiências, agora para fãs em todos os lugares

Em parceria com a USTA, a IBM desenvolveu três experiências digitais novas e exclusivas relacionadas ao tênis. Duas das novidades são baseadas nos recursos de processamento de linguagem natural (NLP - Natural Language Processing) do IBM Watson, extraindo de uma variedade de conjuntos de dados e executando cargas de trabalho em várias nuvens. O NLP é crítico para a IA para os negócios porque permite interpretar tendências e insights ocultos em grandes volumes de dados, incluindo gráficos, tabelas, arquivos PDF, imagens, entre outros. As novas soluções foram desenvolvidas pela IBM iX, uma das maiores agências de design digital do mundo, e estão disponíveis nas plataformas oficiais do US Open, incluindo USOpen.org e o app US Open. Uma equipe de especialistas IBM iX em design e tecnologia colaborou virtualmente com a equipe digital da USTA, usando a metodologia IBM Garage para co-criar novas experiências de fãs e acelerar sua implementação.

As novas soluções e as tecnologias que as tornam possíveis incluem:

•Open Questions com o Watson Discovery: Para oferecer aos fãs uma maneira de poderem participar remotamente das competições esportivas icônicas, a IBM facilitará várias discussões entre os fãs no USOpen.org. Começando com uma pergunta sobre tópicos polêmicos de tênis como "Billie Jean King é a tenista mais influente de todos os tempos? ", a IBM usará os recursos de NLP de Watson Discovery para analisar milhões de fontes de esportes e notícias em busca de informações. Esses dados não estruturados serão analisados, resumidos e apresentados como argumentos a favor e contra, graças à tecnologia de IBM Research. Os fãs também poderão compartilhar suas opiniões sobre as discussões e participar de tópicos pelos quais são apaixonados.

•Insights das partidas com o Watson Discovery: Os fãs podem instantaneamente se tornar "especialistas" em relação aos jogadores e às disputas, com novos insights baseados em IA antes de cada partida. Match Insights com Watson Discovery usa tecnologia de NLP para buscar, compreender e relacionar milhões de artigos, blogs e referências, para reunir as informações mais relevantes. A solução usa a tecnologia Natural Language Generation de IBM Research para traduzir dados estruturados, como estatísticas de partidas anteriores, em forma narrativa para que os fãs possam obter informações baseadas em fatos sobre jogadores e seus oponentes antes da partida.

•AI Sounds (Sons com AI): Um dos desafios enfrentados pela USTA neste ano foi recriar o som dos espectadores dentro do estádio. A IBM usou sua tecnologia AI Highlights para recriar os sons das arquibancadas, extraídos de centenas de horas de imagens de vídeo capturadas durante o torneio do ano passado. Nos últimos anos, o AI Highlights usou Watson para analisar gravações em vídeo e avaliar o nível de emoção de cada clipe, para compilar um material quase em tempo real e catalogar reações específicas, incluindo o som da multidão, dando a cada clipe uma pontuação da reação do público. Esta informação será usada este ano para entregar esses sons de forma dinâmica, com base em partidas semelhantes do ano passado. As ferramentas AI Sounds estarão disponíveis para as equipes de produção no estádio e na ESPN.

Sustentado pela Nuvem Híbrida Aberta

As novas soluções para a experiência de fãs são baseadas em uma variedade de conjuntos de dados e APIs executados na nuvem pública da IBM e em nuvens privadas. Para gerenciar a variedade de cargas de trabalho necessárias, a USTA está usando Red Hat OpenShift, com o objetivo de obter uma experiência fluida em várias nuvens públicas e privadas. Essa arquitetura de nuvem híbrida deu à operação digital da USTA a flexibilidade e a enorme escala que precisava para adotar rapidamente o trabalho remoto, mantendo a produtividade e garantindo o mais alto nível comercial de segurança de dados². Uma arquitetura de nuvem híbrida permitirá que operações remotas ocorram sem problemas. Por exemplo, os estatísticos da USTA que normalmente estariam na quadra, fornecendo estatísticas para cada ponto ao vivo, estão agora trabalhando de forma remota, assistindo cada jogo em feeds de baixa latência, para fornecer estatísticas das partidas como se estivessem no local.

Desenvolvimento ágil para o design, teste e implementação mais rápidos

No dia 17 de junho, faltando apenas 75 dias para o início da competição, foi anunciado que o evento seria realizado sem a presença física da torcida. Como parceira de tecnologia da USTA, a IBM teve menos de doze semanas para conceber, desenvolver, testar e fornecer novas experiências digitais para os fãs. A arquitetura de nuvem híbrida da IBM com Red Hat OpenShift forneceu a agilidade operacional e flexibilidade necessárias para desenvolver rapidamente novas experiências baseadas nos recursos avançados de NLP de IBM Watson.

"A COVID-19 afetou os esportes como um todo, e a capacidade dos fãs de vivenciar eventos esportivos ao vivo foi altamente impactada em 2020. Ao mesmo tempo, a pandemia acelerou a necessidade de tecnologias que usam inteligência artificial e são suportadas por uma nuvem híbrida escalável", disse Noah Syken, vice-presidente de Parcerias em Esportes e Entretenimento da IBM. "Como parceiros de tecnologia da USTA, transformamos nossas ofertas para atender aos fãs de tênis onde estão este ano: experimentando o esporte por meio das propriedades digitais do US Open em todos os lugares".

"As propriedades digitais do US Open levarão o torneio a milhões de fãs em todo o mundo e, neste ano, as novas experiências digitais da IBM proporcionarão mais insights com dados dos jogadores do que nunca", disse Kirsten Corio, Diretora Geral de Ticketing, Hospitalidade e Estratégia Digital da USTA. "Nossas propriedades digitais e as experiências interativas de fãs abriram caminho para a construção de interação com fãs do tênis e esportes, e sabemos que isso é ainda mais importante este ano. Transformamos nossas plataformas e experiências para engajar os fãs em todos os lugares, neste novo ambiente exclusivamente virtual".

O US Open acontece de 31 de agosto a 13 de setembro. Para ver a tecnologia em ação, visite USOpen.org ou use o app US Open em seu dispositivo móvel, disponível nas app stores da Apple e Android.

¹Sports and Tech Survey de Morning Consult e IBM: respostas da pesquisa de 2000 fãs de esportes nos Estados Unidos. Julho de 2020

²The Federal Information Processing Standard (FIPS) Publication 140-2 is a U.S. government computer security standard used to approve cryptographic modules. It is issued by the National Institute of Standards and Technology (NIST). Level 4 is the highest level of security.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com