Negócios em Foco

8º Desafio de Modelagem Computacional ESSS & Bosch vai premiar estudantes latinoamericanos


Florianópolis, SC 25/08/2021 15h34

Alunos de graduação ou pós-graduação de universidades de toda a América Latina estão concorrendo a prêmios de até 1,5 mil dólares

ESSS, divulgação

Criado pela ESSS para estimular o intercâmbio de informações e conhecimento técnico, prático e teórico entre a indústria e a comunidade acadêmica, o Desafio de Modelagem Computacional chega na sua oitava edição em 2021. Neste ano, a competição conta com a parceria da Bosch do Brasil. Os trabalhos dos estudantes serão avaliados por engenheiros especialistas em simulação das duas empresas, além de passarem por voto popular. Estão participando 104 equipes de 7 países, formadas por alunos de 68 universidades da América Latina. Agora, com as inscrições encerradas, as equipes precisam apresentar suas ideias inovadoras. Serão três vencedores, que receberão prêmios de até 1,5 mil dólares.

"Equipes compostas por até três estudantes universitários e um professor devem propor a resolução de um desafio de engenharia dentro do tema 'Análise multifísica para desenvolvimento de produtos automobilísticos', utilizando softwares Ansys. A parceria entre a ESSS, que oferece soluções em simulação para engenharia, e a Bosch do Brasil, uma das principais fornecedoras mundiais de tecnologia e serviços, é um diferencial desta edição, que reúne os melhores profissionais especialistas da área", destaca a responsável pelo relacionamento acadêmico da ESSS, Luciane Soethe.

As três melhores equipes vão receber uma premiação em dinheiro, no valor de 1500 dólares para o 1º lugar, 700 dólares para o 2º lugar e USD 350 para o 3º lugar. Já o professor orientador da equipe vencedora recebe, além do reconhecimento perante as universidades, uma licença gratuita de pesquisa acadêmica de cinco acessos válida por um ano para análises de fluidodinâmica (CFD) e análise estrutural (FEA) ou análise eletromagnética (EMAG). Todas as equipes recebem um certificado de participação.

Estão concorrendo estudantes matriculados em instituições de ensino superior reconhecidas pelo Ministério da Educação de todos os países latinoamericanos. Os vencedores serão anunciados em novembro.

"O desafio acadêmico foi a primeira experiência que eu tive em simulação. Foi muito marcante ter participado já no início da faculdade, pois eu percebi as demandas do mercado. Como eu gosto de resolver problemas, portas foram abertas durante a minha carreira. Meu Trabalho de Conclusão de Curso e meu estágio foram nessa área. Hoje sou engenheira de simulação na Bosch do Brasil e deixo a mensagem para que os estudantes não percam a oportunidade", destaca Camila Martins, engenheira de simulação na Bosch.

"Atualmente, as ferramentas de simulação estão no dia a dia da indústria. Elas são utilizadas no desenvolvimento do produto, especialmente num mercado que está em constante mudança. Ela ajuda muito na redução de custos, principalmente quando empregada no início do desenvolvimento. Mesmo quem vai se formar em engenharia e não tiver interesse em trabalhar com simulação, é recomendado ter uma noção sobre a área", finaliza Camila.

Os detalhes sobre a competição, regulamento e muito mais estão disponíveis no site do 8º Desafio de Modelagem Computacional ESSS & Bosch.

Sobre a ESSS

Multinacional com 25 anos de mercado, a Engineering Simulation and Scientific Software, conhecida pelo seu acrônimo ESSS, é uma empresa de Florianópolis que nasceu como uma spin-off do laboratório de Engenharia da UFSC. Com foco em simulação computacional, incluindo prototipagem e testagem de produtos, a companhia representa a Ansys na América Latina e Ibéria. Além disso, possui ferramentas próprias, como o Rocky DEM, que simula o comportamento de partículas de diferentes formatos e tamanhos com rapidez e precisão. Desenvolvido nacionalmente, é distribuído para corporações ao redor do globo. A empresa também utiliza Inteligência Artificial nas suas soluções. Já a ESSS O&G é a área da ESSS dedicada ao desenvolvimento de softwares e rotinas específicas, como o mercado de energia e de óleo e gás. Além disso, possui uma área voltada para a Academia, onde se relaciona com as universidades de engenharia da América Latina que utilizam os softwares Ansys no ensino de graduação e pós-graduação de engenharia. A ESSS também é reconhecida pelo Instituto ESSS, que capacita os engenheiros para trabalharem nas disciplinas de simulação, aliando a teoria requerida com a experiência prática. Atualmente a companhia conta com mais de 180 funcionários em seus escritórios no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru, Estados Unidos, Espanha, França e Portugal. É desde 2014 uma empresa certificada Great Place To Work.

Contato
Copyright © 2021 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com