Negócios em Foco

Monitorar o WhatsApp dos funcionários: é permitido pela lei?


São Paulo 20/02/2020 11h46

Você sabe como monitorar WhatsApp dos funcionários? Se tem uma empresa de alta tecnologia ou que corre riscos de espionagem industrial, pode ser uma boa ideia aprender como fazer.

Ao monitorar o conteúdo de conversas trocadas no WhatsApp, a empresa pode identificar empregados que estejam trocando dados sensíveis da companhia por dinheiro, além de diversas outras atitudes que podem gerar demissões por justa causa.

Por isso, é importante saber como monitorar WhatsApp dos funcionários de uma maneira eficaz e discreta, para manter a segurança e integridade da empresa em primeiro lugar.

Quer saber como fazer isso? Siga leitura então!

É permitido monitorar o WhatsApp dos funcionários?

Antes de aprender como monitorar WhatsApp dos funcionários, é importante entender se isso é uma atitude permitida pela lei. Afinal, não se quer colocar a empresa em risco ao infringir as regras e deixá-la vulnerável a um processo trabalhista.

No entanto, pode ficar tranquilo: de acordo com a jurisprudência atual, é permitido sim monitorar o WhatsApp dos funcionários, desde que seguidas algumas condições.

Em primeiro lugar, é importante que o dispositivo onde o WhatsApp esteja instalado seja fornecido pela empresa. Além disso, é importante que o uso do aplicativo e do aparelho sejam direcionados para o ambiente corporativo. Ou seja: o smartphone e o WhatsApp devem ser considerados ferramentas de trabalho do funcionário.

Imagine, por exemplo, que sua empresa contrata um vendedor e ele tem a função de atender clientes pelo WhatsApp. Seu funcionário usará um celular disponível por você e representará sua empresa no aplicativo.

Nesse caso, é sim permitido que a companhia verifique as mensagens trocadas pelo WhatsApp, o que não caracteriza uma prática irregular.

No entanto, caso a empresa dê o celular para uso pessoal como um benefício, então o WhatsApp é de uso pessoal e fora de acesso, claro. O monitoramento, neste caso, seria considerado uma invasão de privacidade.

Existem muitas maneiras de como monitorar WhatsApp dos funcionários. É possível fazer isso pelo próprio WhatsApp Web, mas o procedimento é muito frágil e facilmente detectável.

Para monitorar empregados com suspeita de venda de segredos ou em casos de assédio dentro da empresa, é preciso utilizar ferramentas mais sofisticadas. Uma delas é a wSpy Pro.

O software foi desenvolvido justamente para permitir o monitoramento de aparelhos corporativos por parte de empresas, de modo a prevenir espionagens industriais e outros problemas sérios.

O wSpy Pro é um programa muito fácil de ser usado. Basta assinar um dos planos do software em seu site oficial e baixar o programa com base nessa assinatura.

O software deverá ser instalado no celular que será monitorado. Pode ficar tranquilo: depois de instalado, ele fica escondido, não sendo visível na lista de aplicativos, no menu e em nenhum outro lugar.

Uma vez escondido, o software começa a capturar todas as informações relevantes para a empresa.

Um dos principais recursos, claro, é capturar as mensagens trocadas no WhatsApp. Além disso, é possível conferir os SMSs, localização via GPS, fotos, contatos e tudo que foi digitado no aparelho.

Para consultar as informações, é bem simples: basta entrar no servidor em nuvem disponibilizado pelo serviço, adicionar a sua informação de login e senha e conferir o que foi capturado pelo programa.

Todo o conteúdo estará lá, bem organizado e disponível para consulta.

Caso seja necessário usar o recurso como prova judicial (se um funcionário estiver roubando segredos da empresa, por exemplo), é possível levar o conteúdo para autenticação em cartório, embora um advogado especializado em Direito Corporativo possa direcionar melhor a situação.

E aí, aprendeu como monitorar WhatsApp dos funcionários? Agora sua empresa ficará mais protegida contra problemas e crimes cometidos pelos empregados.

Se ficou alguma dúvida a respeito das informações, deixe um comentário abaixo!


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com