Negócios em Foco

Cuidados ao comprar um imóvel direto com o proprietário


São Paulo - SP 25/09/2018 10h34

Prática tem sido uma possibilidade bastante utilizada pelos compradores

Realizar o sonho da casa própria - Reprodução/Pexels

Entre os sonhos dos brasileiros está a compra da casa própria. Sair do aluguel é sempre uma meta para cada nova entrada de ano. E mesmo em meio a crise, o setor imobiliário continua tão aquecido, que é possível perceber a grande gama de imóveis à venda que estão à disposição dos possíveis compradores.

Neste aquecimento dos negócios, muitas pessoas têm colocado suas casas e apartamentos à venda e cresceu, e por isso é possível notar também a grande movimentação do mercado para a venda do imóvel direto com o proprietário, muitas vezes para evitar o pagamento de taxas administrativas para as imobiliárias e/ou negociar os valores.

Mesmo durante a grande crise econômica pela qual o Brasil passa nos últimos anos, e que vem dando sinais de melhora nos últimos meses, ao acessar os classificados online é possível perceber que existem tantos apartamentos a venda quanto pessoas prontas para dar um passo para a compra da casa nova.

Cuidados ao fechar o contrato

Comprar um imóvel diretamente com o proprietário tem sido uma possibilidade bastante utilizada pelos compradores. Porém, essa negociação envolve um pouco mais de risco, principalmente para aqueles que não costumam prestar muita atenção nos detalhes. A negociação financeira deve acontecer juntamente com as regras jurídicas.

1º passo

É preciso estar atento a todo o processo. A promessa de compra é apenas o início da negociação. Os valores negociados, as cláusulas que serão respeitas e toda e qualquer particularidade que possa haver na negociação dever estar no papel para não haver mal-entendidos ao fechar o negócio.

2º passo

A partir do momento que a compra está decidida e que se passa a formalização do negócio é importante que o comprador faça o registro desta transação em um cartório, isto serve para que todos os pontos que foram acordados durante a negociação sejam legalmente respeitados tanto pelo comprador, quanto pelo vendedor.

3º passo

Durante o processo de pagamento do imóvel é preciso realizar a transferência da propriedade do nome do proprietário anterior para o comprador. Todos os impostos e taxas devem ser devidamente pagos. Este processo é bastante trabalhoso, e para aqueles que não conhecem as leis que regem essa negociação, ele pode ser ainda mais complicado.

É sempre importante lembrar que, ainda na fase da pesquisa e negociação do imóvel, é recomendável verificar se toda a documentação do imóvel pretendido está em dia. O proprietário precisa comprovar a posse do imóvel e ter em mãos certidões como o ‘Habite-se’, documento esse que se não existir, o bem não pode ser transferido de proprietário.

Posso financiar a compra?

A compra de um imóvel usado pode ser realizada à vista ou através de financiamento em instituições financeiras. O crédito junto ao banco ou ao órgão financiador é responsabilidade do comprador. Geralmente nas compras de imóvel direto com o proprietário, este somente recebe os valores e a procedência do dinheiro não está condicionada na compra.

Mas existem financiamentos para imóveis usados, mesmo que a compra seja diretamente com o proprietário? A resposta é sim. Os bancos fazem essa transação financeira e mediante a comprovação de rendimentos usam o imóvel como garantia de pagamento. Mas da mesma maneira que com uma construtora, é preciso levar toda a documentação do imóvel para fazer a avaliação do bem.

Se a documentação do imóvel estiver toda regularizada e sem nenhuma pendência que invalide a transferência do imóvel a instituição financeira poderá avalizar o financiamento, via de regra o valor liberado não ultrapassa a 80% do valor venal do imóvel, ou seja, é importante saber que é preciso ter um bom valor de entrada para fazer a compra.

Como fazer uma boa vistoria no imóvel

Uma dica muito importante para quem pretende comprar um imóvel direto com o proprietário é começar a escolher o local a partir de uma visita. Se houve a intenção de fechar o negócio, é muito interessante contratar uma empresa especializada em vistoria de imóveis para checar a situação do local nos mínimos detalhes.

A vistoria deve ser feita tanto na parte interna, quanto na externa. E se possível, que seja realizada por um engenheiro ou arquiteto, já que eles serão capazes de detectar todo e qualquer problema estrutural que houver.

Aqui vai uma lista de detalhes daquilo que você não pode deixar de conferir:

• Pisos

• Instalações hidráulicas

• Elétrica

• Estrutura

• Portas, janelas e esquadrias

• Rachaduras e manchas de infiltração

Três dicas para não sair no prejuízo

• Fique atento!

Como esta transação requer a avaliação de muito documentos é fundamental analisar cada uma das certidões que o imóvel possui. O custo de um imóvel é alto, por isso esta transação deve ser cercada de muito cuidados. Existem muitos espertalhões que estão prontos para aplicar golpes nas pessoas mais desatentas.

• Cuidado com dívidas antigas

Ao comprar um imóvel direto com o proprietário as dívidas podem surgir somente depois do negócio fechado. Um caso comum são as dívidas com o IPTU, podem existir débitos com a administradora de condomínio no caso de apartamentos ou casas em condomínio fechado. Não existem certidões públicas que comprovem estas quitações e por isso tudo fica mais perigoso.

• Se informe sobre a documentação

Durante a negociação e para a transferência do imóvel alguns documentos precisam ser solicitados juntos aos órgãos públicos. Nem sempre conseguir estas certidões pode ser considerado uma tarefa fácil. Vamos a lista dos documentos necessários:

• Para verificar a propriedade do imóvel: Certidão de Registro de Imóveis

• Documentos do proprietário para provar que não tem dívidas em que o bem possa ser penhorado: Certidão Negativa da Justiça Federal, Certidão de Distribuidor Cível, Certidão de Distribuidor Trabalhista.

• Para verificar eventuais dívidas com imposto municipal: Certidão de débito do IPTU.

• Para verificar se não existem dívidas no condomínio: Certidão de débito do condomínio.

• Para verificar pendências do apartamento, na fase de construção: Certidão Negativa de Débitos Previdenciários e Trabalhista.

Diante das dicas e informações sobre a compra de imóveis diretamente com o proprietário é fácil entender que está pode ser uma boa opção, mas é necessário tomar todos os cuidados possíveis para não sair no prejuízo no final das contas. Interessante este artigo, não é? Que tal compartilhar estas importantes informações sobre compra de imóveis com os seus amigos. É sempre bom se manter informado.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com