Negócios em Foco

Grupo Vittia compra empresa de controle biológico Biovalens

Aquisição fortalece atuação do grupo no mercado de produtos biológicos, aliando sustentabilidade, inovação e visão de futuro para melhoria de competitividade e produtividade no campo.


São Joaquim da Barra/SP 30/05/2017 16h49






Vittia, grupo nacional especializado em soluções para o mercado de nutrição vegetal, concluiu em abril importante aquisição para fortalecer sua atuação no mercado de controle biológico de doenças e pragas agrícolas. A companhia adquiriu a Biovalens, empresa sediada em Uberaba, MG, especializada no desenvolvimento e produção de defensivos à base de agentes biológicos.

Fundado em 1971, o Grupo é atualmente um dos líderes no mercado de fertilizantes especiais e inoculantes. Os inoculantes são produtos à base de bactérias que permitem a fixação biológica de nitrogênio, em substituição à utilização de fertilizantes nitrogenados. Com base na sua experiência de mais de 45 anos desenvolvendo e produzindo inoculantes, o Grupo iniciou nos últimos anos o desenvolvimento de defensivos biológicos para o controle de doenças e pragas. Em 2015, foi criado um departamento específico para o P&D de produtos biológicos com a contratação de profissionais especializados e já em dezembro 2016 começaram as vendas da primeira formulação exclusiva registrada para o controle de pragas, o Metamax.

Com a aquisição da Biovalens, o desenvolvimento da vertente de controle biológico dá um salto importante. A nova empresa traz para o grupo capital intelectual, inteligência produtiva e um portfólio importante de produtos, alguns já com registros e outros em estágios avançados do processo de regulamentação.

“Esta transação está em sintonia com o Planejamento Estratégico da empresa que tem inovação, tecnologia e sustentabilidade como pilares da sua estratégia de longo prazo”, afirma Wilson Romanini, Diretor Presidente do Grupo Vittia. Ele prevê que, em 2020, a área de biológicos, com produtos para controle de pragas e doenças, e inoculantes, passará a representar 25% do faturamento do Grupo, que deverá alcançar a marca de R$ 800 milhões.

O Engenheiro Agrônomo José Roberto Pereira de Castro, Diretor Comercial e de Marketing do Grupo Vittia explica que o controle biológico oferece ferramentas de grande relevância para o manejo de pragas e doenças de difícil controle, o que permite a redução de uso de produtos químicos e minora o impacto ambiental. “Os produtos biológicos, contendo fungos e bactérias, têm excelentes resultados nas principais culturas do país, como soja, milho, cana, feijão e café, e apresentam tecnologias inovadoras”, complementa Castro.

A Biovalens foi fundada em 2014, no município de Rio Verde, em Goiás, pelos pesquisadores Henrique Monteiro Ferro e Edgar Zanotto. Além de forte formação acadêmica na área de fitopatologia e controle biológico de doenças, no Brasil e no exterior, os fundadores têm experiência como pesquisadores e gerentes de produção em empresas de grande porte do segmento de biodefensivos. Desde sua fundação, a Biovalens teve notável desenvolvimento nas áreas de pesquisa e de produção.

Para garantir a alta qualidade dos produtos, os pesquisadores construíram uma planta de alta tecnologia em Uberaba/MG, com capacidade de produção de 200.000 quilos por ano. Porém, a evolução do empreendimento esbarrou na dificuldade de constituir uma estrutura de vendas para acessar o mercado de produtores e revendas agrícolas. Foi justamente por isso que os fundadores, que vão permanecer sócios da Biovalens, viram atratividade no negócio com o Grupo Vittia, que possui presença nacional, com acesso a uma ampla base de clientes no mercado agrícola.

A aquisição da Biovalens dá sequência à estratégia do Grupo Vittia de crescer por forma orgânica e inorgânica. Somada à marca Biovalens, o Grupo conta também com as empresas Biosoja, Granorte e Samaritá, esta última adquirida em 2014.

Atualmente, o Grupo figura entre os três maiores players de fertilizantes foliares do Brasil, atende a 25% do mercado de inoculantes do país e tem seus insumos usados em mais de 20% de toda a área brasileira de soja, o segmento agrícola mais relevante do agronegócio do país.

Sobre o Grupo Vittia
O Grupo Vittia possui seis unidades industriais localizadas em São Joaquim da Barra (2), Serrana, Ituverava, Artur Nogueira, todas no estado de São Paulo e, agora, em Uberaba, MG. A empresa possui cerca de 600 colaboradores e vendas anuais na ordem de R$ 500 milhões. Dedicado à produção de insumos de alta tecnologia para a agricultura moderna, conta com diversos produtos nas linhas de adjuvantes, acaricidas/fungicida, condicionadores de solo, controles biológicos, fertilizantes foliares, fertilizantes organominerais, formicidas, micronutrientes granulados e sais para a agricultura e pecuária. A empresa conta com modernos e completos laboratórios e certificados de qualidade, bem como equipe de agrônomos e assistentes técnicos integrados com clientes e a cadeia do setor.




Compartilhe esta notícia

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com