Negócios em Foco

Para Loyola Brandão, ‘a anormalidade se tornou normal’ no país


RIBEIRAO PRETO 10/06/2019 16h18

Primeiro dia da 19ª Feira do Livro trouxe autor homenageado que lançou seu novo romance com salão de ideias no Auditório Meira Junior do Theatro Pedro II. Evento reuniu vários escritores e ofereceu atividades como oficinas, espetáculos, intervenções, rodas de conversa e poesia falada

Ribeirão Preto (SP), 10 de junho de 2019 – “A normalidade não existe mais. Não há mais separação entre o que é realidade e o que é ficção no momento em que vivemos no Brasil”. A afirmação é de Ignácio de Loyola Brandão, autor homenageado da 19ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto que participou de um salão de ideias, seguido por sessão de autógrafos, na tarde deste domingo (09), no Auditório Meira Junior do Theatro Pedro II – primeiro dia de atividades da Feira.

Para Loyola, recém-eleito por unanimidade para a cadeira 11 da ABL – Academia Brasileira de Letras, o seu novo romance, “Desta terra nada vai sobrar, a não se o vento que sopra sobre ela”, é uma grande metáfora, carregada de humor e de uma grande ironia. “É um livro para provocar, para questionar e quebrar a cabeça do leitor”, disse o autor. Loyola avalia que este é o livro mais alucinado, e ao mesmo tempo, mais real que já escreveu. “Em 82 anos de vida, nunca vi nada parecido com esta polarização que vivemos no país. O livro é de uma fantasia enorme, mas a realidade brasileira atual não é algo fantástico?”, questiona.

Destaques do dia – O público chegou cedo encantado pelas histórias, som, ambiente, oficinas, atividades e exposições ao ar livre e foi aumentando durante o dia. Dezenas de atividades marcaram o primeiro dia da Feira do Livro de Ribeirão Preto. Uma delas, ao final da manhã, foi a premiação do Concurso Literário que contou também com a presença de Ignácio de Loyola Brandão e Heloisa Prieto. Os dois autores serviram de inspiração para as crianças, jovens e adultos participantes. Além dos autores, estiveram presentes a conselheira administrativa da Fundação e membro da Academia Ribeirão-Pretana de Letras, Rosa Maria Cosenza, e o presidente da Academia Ribeirão-Pretana, Carlos Roberto Ferriani.

A garota Sophie Zambon, de apenas 11 anos, também foi atração do domingo e lançou seu primeiro livro “Tendeu Tadeu?”, produzido individualmente. Segundo os pais de Sophie o livro é um sonho que buscou desde pequena e hoje ela se encontrou através da cultural e da literatura. “Desde muito pequena eu interpretava as imagens de cada livro e criava minha própria história, mesmo não sabendo ler ainda. E com isso acabei desenvolvendo a habilidade de leitura muito cedo, em torno dos três a quatro anos. Isso me despertou o interesse pela literatura”, disse a escritora mirim.

Já no final da tarde, às 17h, mais de mil pessoas lotaram o Theatro Pedro II e foram assistir à conferência com a Monja Coen. A religiosa trouxe uma mensagem de paz e de centramento do ser humano diante do mundo caótico e dos novos hábitos que segundo ela geram estresse, perturbações, suicídios, medo constante da morte, ansiedade, entre outros. Logo no início de sua fala, ela ensinou a plateia a meditar com breve técnica de respiração conduzida: “na meditação você precisa estar presente onde você está”. Monja Coen explicou o valor do momento presente e alertou sobre a impermanência constante. “Todo o seu futuro e passado estão aqui neste teatro e cada instante da vida tem seu valor. Aproveite o agora”. E alertou: “vamos parar de reclamar”.

A religiosa destacou que, nada na vida das pessoas é fixo, já que “nada se repete”. “Somos um processo em transformação. Não dá para voltar atrás. Não sei se era melhor ou pior antes, mas o que importa é o agora”. A fala da conferencista é inspirada na cultura budista, doutrina religiosa, filosófica e espiritual.

O domingo foi encerrado em grande estilo e tirou o ribeirãopretano de casa para assistir à peça de teatro “Auto da Compadecida”, com o Grupo Maria Cutia de Belo Horizonte. Trata-se da obra mais conhecida do teatro brasileiro, de Ariano Suassuna. Baseada no universo medieval dos romances picarescos, a peça retrata personagens de forma mundana, mais realista, com falhas em seu caráter. A montagem tem direção de Gabriel Villela. “Gabriel traz uma nova abordagem da obra de Suassuna. É uma obra ampla, atemporal, com um olhar mais irônico, sarcástico, do ‘jeitinho brasileiro’ para resolver as coisas”, conta a atriz Mariana Arruda.

Com seu reconhecido estilo barroco de encenação, com figurinos e cenários delicados e de detalhes, o diretor Gabriel Villela construiu sua trajetória no teatro brasileiro. Dirigiu as consagradas montagens de “Romeu e Julieta”, “A Rua da Amargura” e “Os Gigantes da Montanha”, do Grupo Galpão, além de tantos outros espetáculos, como “A Tempestade”, com texto de Shakespeare, e, recentemente, “Estado de Sítio”, de Camus, que lhe renderam 3 prêmios Molière, 9 APCA´s e mais de 10 prêmios Shell.

19ª Feira Nacional do Livro

A 19ª Feira Nacional do Livro acontece entre os dias 9 a 16 de junho de 2019, em Ribeirão Preto (SP). Trata-se de um dos maiores eventos culturais do país e neste ano traz o tema “Entre Uma História e Outra, Uma Nova História – Um Mundo Melhor para Todos. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” que embasa a tônica de todos salões de ideias, conferências, palestras, mesas-redondas, oficinas, exposição de filmes, shows, espetáculos infantis, performances, contações de histórias, entre outras atividades. São planejadas mais de 330 atrações culturais totalmente gratuitas com nomes referências nas esferas literária, educacional e cultural. A programação completa pode ser acessada no site da Fundação:

https://fundacaodolivroeleiturarp.files.wordpress.com/2019/05/19_fnlrp_revista_final.pdf .

Homenageados

Como em todos os anos, a Feira Nacional do Livro fará homenagem a um país – e o escolhido foi a Suécia. Quanto aos autores celebrados, o escritor principal é Ignácio de Loyola Brandão; o autor educação é Boaventura de Sousa Santos; a autora infantojuvenil é Heloisa Prieto; autor local, Gilberto Andrade de Abreu e a professora homenageada, Amini Boainain Hauy. O patrono desta edição é o empresário Luiz Octávio Junqueira Figueiredo.

Lista completa de locais da Feira e endereços

ACIRP

Rua Visconde de Inhaúma, 489 – Centro

Biblioteca Padre Euclides

Rua Visconde de Inhaúma, 490, 1º andar, Centro

Centro Cultural Palace

Rua Álvares Cabral, 322 – Centro

Coreto Praça XV

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro

Espaço Sustent’arte

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro

Esplanada do Theatro Pedro II

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro

Estande da Fundação do Livro e Leitura

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro

Gabinete de Curiosidades e Habilidades (Sesc)

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro (Esplanada Theatro Pedro II)

Praça Carlos Gomes

Centro

Praça XV de Novembro

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro

Sesi Castelo Branco

Rua Dom Luís do Amaral, 3465 – Jardim Castelo Branco

Sincovarp (Auditório )

Rua Lafaiete, 394 – Centro

Teatro Marista

Rua Comandante Marcondes Salgado, 1280 – Centro

Teatro Municipal

Praça Alto do São Bento, s/n – Jardim Mosteiro

Tenda Sesc

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro

Theatro Pedro II

Rua Álvares Cabral, 370 – Centro

Realização

O Ministério da Cidadania, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Prefeitura Municipal, Alta Mogiana, GasBrasiliano, Tanger e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto apresentam a 19ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto com Patrocínio Ouro: Alta Mogiana - Açúcar, Etanol e Energia; GasBrasiliano e Tanger. Patrocínio Prata: Ambient, Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto, Passalacqua, Grupo São Francisco e Savegnago Supermercado. Patrocínio Bronze: Grupo Maubisa, Pedra Agroindustrial, RibeirãoShopping e Riberdoces. Patrocínio: ACIRP - Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto, Madeiranit e Grupo Via Brasil. Instituição Cultural Parceira: SESC - Serviço Social do Comércio. Parceria Cultural Fundação Dom Pedro II e Theatro Pedro II, Colorado John Deere, Imma Escola de Design, Santa Helena, Senac - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Sesi – Serviço Social da Indústria, Grupo Thathi de Comunicação. Apoio Cultural: Consulado Geral da Suécia em São Paulo, Centro Universitário Barão de Mauá, Centro Universitário Moura Lacerda, Ecofalante, Superintendência de Gestão Ambiental, Heurys Tecnologia, IEA – Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, Shopping Iguatemi – Ribeirão Preto, Monreale Hotel Ribeirão Preto, NW3 Comunicação, Protécnica – Proteção Individual Técnica, Rodonaves, Usina São Martinho, Unaerp – Universidade de Ribeirão Preto, Verbo Nostro Comunicação Planejada, Sistema Clube de Comunicação, EPTV, Rádio CBN, Record TV e SBT. Apoio: Secretaria Municipal da Cultura, Secretaria Municipal da Educação, Secretaria Municipal de Turismo, Teatro Municipal de Ribeirão Preto, Centro Cultural Palace, Diretoria de Ensino Região de Ribeirão Preto, Câmara Municipal de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto - Convention & Visitors Bureau, Brasil Convention & Visitors Bureau, Fundação Educandário, Colégio Marista, Biblioteca Padre Euclides, OAB, Sincovarp - Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto, Macboot, Grupo Utam, ALMA – Academia Livre de Música e Artes, IPCCIC – Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais, Instituto Ribeirão 2030, Recicla Bytes, Tonin Superatacado, Coderp, Daerp, Transerp, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar. Realização Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, Prefeitura Municipal, Governo do Estado de São Paulo - Secretaria da Cultura e Economia Criativa, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Brasil – Governo Federal.

Sobre a Fundação

A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade, hoje considerada a segunda maior Feira a céu aberto do país. Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividades permanente durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com