Negócios em Foco

Prefeitura de Teresópolis inicia testes para o monitoramento online da temperatura de armazenamento de vacinas


São Paulo 30/04/2021 12h17

Iniciativa piloto irá auxiliar no controle de qualidade da conservação das vacinas em Teresópolis em parceria com a Embratel

A Prefeitura de Teresópolis (RJ), por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, inicia os testes para o monitoramento online da temperatura de conservação de medicamentos e vacinas.

A solução para o monitoramento em tempo real das vacinas é chamada PackID, e utiliza a inteligência de dados para auxiliar na garantia de qualidade de produtos que são conservados em baixas temperaturas. A tecnologia ainda ajuda na redução de custos energéticos e na tomada de ações preventivas.

Hoje, assim como em outros Municípios, o controle da temperatura é feito manualmente por equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde. A partir da instalação do sistema, passará a ser feita de forma remota, facilitando e tornando mais eficaz o monitoramento desses equipamentos. De acordo com o Plano Nacional de Imunização, é de responsabilidade das Prefeituras o armazenamento e aplicação das vacinas.

''Seguimos a orientação do Prefeito Vinicius Claussen e estamos buscando iniciativas inovadoras em novas tecnologias, que possam auxiliar tanto o Gabinete de Crise quanto a Secretaria de Saúde no combate à Covid-19'', pontua o secretário de Ciência e Tecnologia, Vinicius Oberg.

O ecossistema de monitoramento online das vacinas, contando com sensores, conectividade e plataforma de gestão, é fornecido pela Embratel em parceria com a PackID. O sistema funciona da seguinte forma: são utilizados sensores de Internet das Coisas (IoT) para verificar se houve variação no termômetro. Esses equipamentos ficam conectados à Internet gerando registros das temperaturas e alertas em tempo real na plataforma de gestão. Em casos de alterações indevidas na temperatura, medidas imediatas podem ser tomadas, evitando a perda de vacinas e medicamentos.

“A Embratel tem atuado com o Poder Público buscando apoiar iniciativas envolvendo o setor de saúde, atualmente uma das principais prioridades em função do cenário de pandemia vivemos. Estamos muito felizes de fazer parte deste importante projeto da Prefeitura de Teresópolis, que irá digitalizar o processo de monitoramento de medicamentos e vacinas, levando mais segurança para os processos de armazenamento”, afirma Maria Teresa Lima, Diretora Executiva da Embratel para Governo.

Os testes e estudos realizados pela Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, tomam como base a Lei Federal 13.243, de 11 de Janeiro de 2016, que dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação. Utilizando-se da prospecção tecnológica, recurso previsto na Lei, trata-se da busca por novas tecnologias ou novos produtos, a prospecção é importante para definir estratégias e entender melhor as possibilidades de parcerias utilizando a inovação aberta.

A instalação dos sensores foi viabilizada por meio do Decreto Municipal ''Doação do Bem'' (4.997/2018), o decreto incentiva a doação de bens e serviços, fortalecendo a parceria entre o Poder Público e a iniciativa privada.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com