Negócios em Foco

Inovações da 5G Prometem Serviços Revolucionários


São Paulo 19/11/2019 11h56

A 5G deve promover o desenvolvimento de cidades inteligentes, jogos em nuvem, redes de energia inteligentes e muitos outros setores.

Com 46 redes 5G em operações no mundo inteiro em novembro de 2019, as redes 5G estão ampliando cada vez mais o valor das comunicações sem fio. De acordo com a IHS Markit, a 5G deve ser responsável por até US$ 13.2 trilhões em vendas e 22,3 milhões de empregos até 2035. Ilustrando o valor crescente dos usos de 5G, a 5G Americas anunciou a divulgação de um relatório, Inovação em Serviços 5G, identificando os serviços emergentes em várias áreas, como substituição da banda larga residencial, jogos em nuvem, redes de energia inteligentes, veículos aéreos autônomos e muitas outras.

Chris Pearson, Presidente da 5G Americas, observou que “A implementação comercial da tecnologia 5G ainda está em sua fase inicial. Mesmo assim, já estamos vendo muito trabalho em alguns casos de uso iniciais, como o acesso fixo sem fio e banda larga móvel avançada, que já estão em operação”.

O relatório é uma introdução completa sobre a adoção da 5G e as barreiras para seu uso. Apresenta casos de uso que podem ser novas fontes de receita para companhias e provedores de rede. O Inovação em Serviços 5G analisa várias áreas importantes, como:

• Aspectos da arquitetura de cada caso de uso e a importância da 5G para viabilizar a tecnologia

• Os requisitos e indicadores chaves de desempenho (KPIs) esperados do componente 5G de cada arquitetura

• As atividades relacionadas à implementação de cada caso de uso

• Os fatores chaves que devem ser levados em conta em cada caso de uso

Além disso, o relatório Inovação em Serviços 5G explora como a 5G deve usar a grande variedade de bandas de espectro alto, médio e baixo e suportar espectro licenciado, compartilhado e não licenciado para entregar novos serviços. Com a capacidade de usar frequências tão diversas, a 5G tem a flexibilidade necessária para servir as grandes áreas que os serviços celulares tradicionalmente cobrem, além de oferecer serviços empresariais e cobrir pontos específicos em ambientes internos e externos.

“Depois de agregar todos os recursos desenvolvidos nos 3GPP Release 15 e 16, muitos novos casos de uso devem aparecer para a tecnologia 5G com novos serviços e aplicações aflorando em um mundo hiperconectado”, explicou Pearson.

Com mais de 1,3 bilhões de assinantes previstos até 2023, de acordo com dados da Ovum, 21 possíveis casos de uso inéditos para a 5G já foram identificados que devem aumentar a produtividade e fomentar a atividade econômica em muitos setores.

O relatório Inovação em Serviços 5G apresenta alguns dos casos de uso mais promissores:

• Acesso Fixo Sem Fio (Fixed Wireless Access - FWA) O FWQ 5G pode substituir a banda larga residencial e comercial, eliminando a necessidade de manter uma infraestrutura fixa de fibra ótica, que exige altos investimentos, e oferecer soluções de conectividade que apresentam entre 10 e 100 vezes mais capacidade comparadas com as redes 4G.

• Jogos em Nuvem: Os jogos em nuvem representam uma grande mudança no mundo dos jogos, migrando o trabalho intensivo de renderização e processamento gráfico do dispositivo do usuário para servidores da rede. Com servidores edge, a latência da rede 5G será muito reduzida, um dos requisitos para entregar jogos em nuvem para dispositivos móveis.

• Rede Inteligente: Dispositivos sem fio poderão usar as redes de comunicação bidirecional em redes de energia para detectar, monitorar e ajustar o uso e consumo de energia elétrica remotamente. A 5G será o catalisador, com a capacidade muito maior de transmissão de dados e latência ultra baixa que as aplicações de rede inteligente exigem.

• Realidade Estendida (RX) - Realidade Aumentada (RA) & Realidade Virtual (RV) A 5G também vai suportar a expansão do mercado de RX. Aplicações de realidade estendida (RX) estão entre as aplicações edge mais importantes que o setor está desenvolvendo.

• Redes Não Terrestres com a 5G: O setor aeroespacial está à beira de uma revolução após a inovação e investimento nas áreas de Órbita Terrestre Baixa (Low Earth Orbit - LEO) Estações de Plataforma de Alta Altitude (High-Altitude Platform Station - HAPS). Os sistemas LEO e HAPS representam uma nova oportunidade para operadoras de rede, que poderão estabelecer Redes Não Terrestres (Non-Terrestrial Networks - NTN) para servir muitos casos de uso que dificilmente seriam viáveis com redes terrestres tradicionais.

• Veículo Aéreo Autônomo (UAV): Um dos principais requisitos da 5G é a latência ultra baixa e essa característica, em conjunto com a robótica, deve iniciar uma nova era de medicina remota, robôs industriais e drones - ou Veículos Aéreos Autônomos (Unmanned Aerial Vehicles - UAVs). A 5G ampliará as capacidades dos UAVs e Sistema de Administração de Tráfego,

• Assistência Médica: A saúde, especialmente a telemetria, é um dos principais casos de uso da IoT e investimento nessa área deve aumentar rapidamente entre 2017 e 2022. Novos dispositivos de saúde dependerão do URLLC e sincronização do tempo da 5G para rapidamente compartilhar e controlar informações precisas. Várias tarefas podem ser realizadas remotamente, como o compartilhamento de vídeos para realizar diagnósticos, ou controlar uma bomba de insulina ou realizar uma cirurgia via robô.

Prashanth Hande da Qualcomm Technologies, Inc., e líder do projeto, disse: “A tecnologia 5G vai elevar o valor das redes móveis, que devem assumir um papel mais importante comparada com gerações anteriores, viabilizando novos serviços conectados em muitos novos casos de uso”.

O relatório está disponível gratuitamente no site da 5G Americas. Um post no blog por Chris Pearson e slides de apresentação também estão disponíveis no site da 5G Americas.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com