Negócios em Foco

5 passos essenciais antes de abrir uma franquia


SAO PAULO 10/07/2018 15h48

Especialista dá dicas de como escolher a franquia certa para seu perfil, além de apontar quais elementos devem receber mais atenção no processo de negociação

Para quem deseja empreender, abrir uma franquia é uma ótima opção. Isso porque a empresa já traz um modelo de negócio estruturado, além de uma marca já estabelecida perante os consumidores, o que torna o investimento menos arriscado para os empreendedores. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), só nos últimos 3 anos as franquias de pequeno porte cresceram 45% no Brasil.

Porém, com tantas opções no mercado, as franquias demandam alguns cuidados importantes que devem ser levados em consideração pelos empresários antes de investir. Alessandro Ribas, CEO da Louyt, empresa espanhola de mobile marketing, que no Brasil atua por meio de microfranquias, listou 5 dicas para os empreendedores que pretendem investir nesse modelo de negócio.

1- Escolha um negócio em um ramo que tenha afinidade

Buscar o segmento que pretende investir de acordo com experiências anteriores, preferências ou valores pessoais é uma dica válida. Alessandro aponta, por exemplo, que não é bom escolher uma rede de franquias só porque ela está em evidência. “Procure escolher de acordo com suas afinidades, além de levar em conta a rotina e a operação que o modelo de negócio exige”, orienta.

2- Avalie o mercado

Analisar qual é a demanda para o produto ou serviço oferecido pela franquia, ou se o mercado já está saturado pela concorrência, também é importante para verificar se o negócio é uma boa oportunidade. “Avalie as necessidades e interesses das pessoas e identifique se há um espaço a ser explorado nesse segmento”, explica Alessandro.

3- Converse com outros franqueados

Entrar em contato com atuais e antigos parceiros da rede também pode ajudar a entender os pontos positivos e negativos do modelo. Também é importante para saber se os franqueadores oferecem o treinamento e suporte necessário para o sucesso do negócio.

4- Escolha sua estrutura: home-based, quiosques ou lojas físicas?

As franquias virtuais – como são conhecidas – possuem baixo investimento inicial, por não precisar de ponto comercial e instalações. Com apenas um computador conectado à internet, já é possível dar início ao negócio e conseguir clientes no primeiro mês. Como não precisam de alto aporte inicial, o retorno sobre o investimento é um dos mais rápidos entre as franquias; no caso da Louyt, de 6 a 12 meses. “A maioria das franquias pode levar até 6 meses para começar a operar, porque o franqueado precisa achar um ponto, treinar os funcionários e definir vários outros detalhes. Nas franquias virtuais ou home-based, por exemplo, o franqueado já pode ter lucro no primeiro mês. No nono mês do negócio, é possível alcançar um lucro médio de R$ 7 a R$ 10 mil”, explica Ribas.

5- Analise o investimento necessário

O valor de investimento em uma franquia pode variar bastante. É importante, então, analisar os custos de cada uma e assegurar-se de que tem o capital necessário para todas as despesas iniciais do negócio. Saber o investimento total necessário, assim como o prazo de retorno e a lucratividade da franquia, é essencial para a escolha do modelo. Na franquia de mobile marketing da Louyt – em que o franqueado tem acesso a uma plataforma para criar campanhas 100% mobile, distribuir em diferentes canais e mensurar em tempo real - o investimento inicial é de R$19.500, o que inclui a taxa de franquia e o capital inicial. Por não ter gastos com infraestrutura, o retorno sobre o investimento é um dos mais rápidos.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com