Negócios em Foco

João Gomes Jr. volta de Portugal e intensifica treinos para o Troféu Brasil de Natação


São Paulo - SP 23/09/2020 13h59

Após retornar da Missão Europa, nadador capixaba do Pinheiros treina para competição em dezembro, no Rio. Tecnologia para ajudar na recuperação é sua aliada

João Gomes Jr. - Igo Bione / Divulgação

Após integrar o Time Brasil em Portugal, na Missão Europa, em que atletas brasileiros de alto rendimento tiveram oportunidade de fazer um intercâmbio de treinos no país europeu, o nadador João Gomes Jr. tem vivido dias de treinamento bastante intensivo em São Paulo. No Esporte Clube Pinheiros, o capixaba se prepara para o grande desafio da temporada: o Troféu Brasil de Natação, marcado para dezembro, no Rio de Janeiro.

"No período na Europa, me adaptei bem. Estava em um ritmo bom de treinamento. O que mudava é que os protocolos eram diferentes do que estamos levando no Brasil, lá nós tínhamos um pouquinho mais de folga. Retornando ao Pinheiros, tivemos que nos concentrar em novos protocolos, com uma segurança um pouco maior, então estamos com horários meio limitados ainda aqui no Brasil. Mas, estou conseguindo desenvolver o que a equipe multidisciplinar vem impondo no papel para voltar o mais rápido possível ao ritmo de competição", comenta o nadador de Vitória (ES).

Que o ano de 2020 foi diferente para o mundo inteiro, não resta dúvidas. Em termos esportivos, atletas no Brasil e no exterior tiveram que ficar meses longe das atividades físicas, até que protocolos de segurança fossem definidos, por conta da pandemia do Coronavírus (Covid-19). No caso do nadador João Gomes, algo também inédito em sua carreira: cerca de cinco meses sem entrar na piscina, mantendo a forma física com exercício dentro do apartamento que vive, em São Paulo.

"Fiquei bastante tempo parado, sem ir a piscina. Quando pude retomar meus treinos na água, foi uma sensação estranha porque eu estava há vários meses sem o contato com a água. Para nós atletas isso gera uma atividade meio esquisita. Mas, acredito que me readaptei ao meio aquático muito rápido. Com dois ou três treinos, já me sentia bem na água. Com sensações boas. Foi o maior tempo que fiquei sem nadar na minha carreira. O máximo foram três semanas depois do Pan-Americano de Lima, em 2019, e desta vez foram quase cinco meses. Mas, ainda bem que deu tudo certo e já estou naquela sensação boa de estar nadando", conta João.

Tecnologia é grande aliada - João Gomes volta a competir no Troféu Brasil de Natação, entre os dias 9 e 12 de dezembro, no Clube de Regata Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. Até lá, treinos ainda mais intensos dentro e fora d'água virão pela frente. "Os treinos a cada semana, em que devo estar na nona ou décima, vem subindo as intensidades gradativamente. Comecei bem tranquilo, mas rapidamente o corpo se acostumou e já teve a sensação de quero mais treinos", avalia.

"O corpo vai sentindo o acúmulo. Estou na sexta semana de treino intenso, sem ter descanso, então nesses dias o corpo já pede um trabalho de recuperação melhor. Assim, eu tento conciliar com meus treinos, quando tenho horário vago, partes recuperativas fora d'água. Por isso, uso bastante a bota de compressão da Max Recovery, uso também a bota de gelo, ou seja, o máximo de equipamentos para ajudar na recuperação pós treino, para eu aguentar a próxima sessão", complementa.

A bota de compressão, método usado por João Gomes, proporciona a recuperação muscular mais rápida do atleta, ao utilizar-se de ar comprimido por dispositivos de compressão dinâmica, melhorando o fluxo sanguíneo.

Missão Europa - O nadador do Esporte Clube Pinheiros foi um dos selecionados pela CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos), em parceria com o COB (Comitê Olímpico Brasileiro), a viajar para Portugal, para um período de treinos em Rio Maior, fazendo parte do planejamento da Missão Europa. Nela, atletas de alto rendimento do Time Brasil tiveram oportunidade de fazer um intercâmbio de treinamentos no país europeu.

Planejamento atual - A programação de treinos de João Gomes, após retomar as atividades e buscar uma forma física adequada, está em finalizar bem o ano de 2020. Até o Troféu Brasil, em dezembro, o nadador terá mais 13 semanas de treinamentos intensos de foco neste torneio. "Agora é pensar em voltar o ritmo de competição o mais rápido possível", finaliza.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com