Negócios em Foco

Quais são os tipos de portais de vendas mais usados


São Paulo 30/01/2020 16h28

Quando falamos em portal de venda, muita das vezes pensamos que sua finalidade é simplesmente posicionar seu produto ou serviço e esperar os clientes chegarem.

No entanto, um portal de vendas bem elaborado na realidade está cheio de estratégias pensadas em como atrair potenciais clientes na internet.

Afinal, a internet se tornou o maior e mais moderno espaço comercial do mundo. Segundo pesquisas feitas pela Ebit/Nielsen, em 2018, os espaços comerciais online faturaram cerca de R$ 52,2 bilhões, sendo que, em relação ao ano anterior, os mesmos obtiveram uma alta de 12%.

Isso mostra como as vendas pela internet são assertivas. Além disso, existem seis tipos de portais de vendas, que são os transacionais, informativos, públicos, privados, verticais e horizontais.

Quer saber mais sobre como fazer um portal de venda? Acompanhe os próximos tópicos!

Tipos de portais de vendas

Para os empreendedores que estão interessados em maximizar seus lucros, uma das formas mais eficazes é por meio da utilização de um portal de vendas. Além de ser uma das maiores tendências do mercado, também se tornou indispensável sua utilização.

Diversas empresas já estão criando seus portais. Entretanto, é importante saber o tipo de portal que mais se adequa às necessidades do seu negócio.

Como falamos acima, os portais de vendas diferem e possuem finalidades totalmente diferente. Veja abaixo sobre as características de cada um deles:

Portais de vendas transacionais e informativos

A diferença é bem clara: Um portal de vendas transacional possui como finalidade a intermediação de compra e vendas. Nele, compramos produtos, serviços, realizamos nossos cadastros, deixamos opiniões, dentre outras coisas.

Também são caracterizados como e-commerce. Outro dado relevante: as empresas BigData Corp e Paypal verificaram, em 2015, aproximadamente 930 mil e-commerces existentes.

Já os portais de vendas informativos apenas promovem melhorar a experiência dos clientes no processo de venda, tudo isso por meio de informações, conteúdos, relatórios, entre outros.

Sites institucionais ou blogs garantem um retorno muito positivo quando o assunto é comunicação e interação com seus clientes!

Basicamente, se sua empresa precisa de um aumento nas vendas, o e-commerce é recomendado!

Agora, se o objetivo da sua empresa é ampliar e aprimorar sua comunicação, não deixe faltar um bom portal de vendas informativo.

Privados e Públicos

Falando sobre os canais privados, eles contém informações que são encaminhadas apenas para uma cartela de pessoas. Por exemplo:

Uma empresa que presta serviços de locação de geradores pode passar informações específicas, e somente quem for cadastrado em seu site pode recebê-la.

Assim, a empresa garante um domínio maior do assunto, além de também garantir informações mais especializadas.

Ao contrário do privado, os portais de vendas públicos são livres para todas as categorias de pessoas, sem restrições. Por serem encaminhados a todos os tipos de categorias, esses portais costumam passar informações e conteúdos mais genéricos.

Horizontais e Verticais

Por último, temos também os portais horizontais e verticais. Por sua vez, os portais horizontais prezam pela quantidade de leitores. Nesse caso, os sites normalmente optam por conteúdos com interação e diversas categorias de assunto!

Por outro lado, os portais de vendas verticais procuram alcançar um nicho, ou seja, seu público precisa ser específico. Nesse sentido, é mais comum conteúdos especializados e focados em poucos tipos de públicos.

Aumente suas vendas!

Ao longo do post, vimos que cada portal de vendas possui sua finalidade. É possível ter um ou mais canais. Tudo isso depende da necessidade do seu negócio com seu público-alvo.

Existem quatro tipos de segmentos de portais: transacionais, informativos, públicos, privados, verticais e horizontais.

Entender a capacidade de cada portal de venda pode proporcionar um aumento sólido no número de clientes atraídos, e aumentar suas vendas!

Além disso, também é necessário que os canais tenham estratégias diferenciadas, tudo com a intenção de captar clientes.

E agora a nossa pergunta é: Na sua opinião, qual dos portais de vendas combina mais com a sua empresa?

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com