Negócios em Foco

Escolher uma agência de redes sociais: uma tarefa nada fácil!


Brasil 09/11/2018 16h54

Em tempos onde o serviço de redes sociais é oferecido em longa escala é bom ficar atento à proposta das agências.

Basta entrar rapidamente em uma rede social que é notória a presença massiva das marcas em busca de relacionamento com os seus clientes. A essa altura, estar fora desse ambiente é considerado um atraso por boa parte das empresas. E nessa corrida por estabelecer a sua marca no virtual, começa a busca das empresas por uma agência de redes sociais que possa fazer esse processo com profissionalismo e criatividade. Até aí nenhum problema, até a empresa se deparar com inúmeros sites de agências de redes sociais! E agora? Como escolher no meio desse mar de opções?

A internet pode se revelar uma mina de sites, telefones e perfis de agências de redes sociais que prometem um trabalho ímpar a quem contratá-la. O problema é que, aumenta-se a procura, aumenta-se também a oferta, e é nesse ponto que as empresas precisam ter cautela antes de estabelecer qualquer vínculo. O cenário é muito simples de se imaginar: de um lado, uma empresa sem domínio do universo digital, ansiosa por ver a sua marca decolando nas redes sociais e pronta para fazer negócio. Do outro lado, inúmeras agências prontas para usar os melhores artifícios para conquistar o cliente!

A máxima da “primeira impressão é a que fica” deve ser usada com certa cautela, pois, nesse momento, a maioria das agências de redes sociais se apresentará como a melhor no seu segmento. Afinal, ninguém quer sair perdendo nesse jogo constante de conquistar clientes! Assim como nenhuma empresa quer jogar o seu investimento fora, apostando em uma agência que não traga resultados. Alguns profissionais da área revelam que a simples observação de alguns pontos pode poupar as empresas de apostar em agências de redes sociais prematuras no serviço.

Para o publicitário Demilson Nascimento, que lida diariamente com clientes em busca do gerenciamento de redes sociais, é importante que a empresa tenha definido claramente o que deseja através das redes sociais: “se a empresa tem a definição de qual é o seu objetivo com as redes sociais já é um grande passo. Na conversa com a agência, ela vai poder expor a sua necessidade e saber se pode ser suprida. Quanto maior for a clareza nas ideias, melhor.” É crucial que a empresas não esperem que todas as informações sejam passadas por iniciativa das agências de redes sociais.

Você pode não ser um especialista, mas isso não lhe impede de realizar uma pesquisa prévia sobre o assunto. Além de poupar seu tempo em longas reuniões sem futuro com inúmeras agências de redes sociais, lhe trará um certo senso crítico sobre o nível de trabalho que deseja para a sua empresa. Outras medidas também podem ser tomadas na hora de realizar a análise da agência com que está em contato. Acompanhe abaixo:

Tempo de Atuação no mercado: uma agência de redes sociais com uma carteira de clientes satisfeitos, com certeza, não começou da noite para o dia! O tempo no mercado é o que diz o quão sólida é uma empresa e tudo o que está sendo construído por ela. Logo, observar a história construída por cada agência é fundamental. É importante que a marca da empresa esteja vinculada a outras que possuam estima no mercado.

Uma equipe faz toda a diferença: uma empresa não pode ser conduzida por uma única pessoa, nesse ponto, uma agência de redes sociais que possui uma equipe especializada diz muito sobre o resultado do trabalho a ser entregue. Nada melhor para a tranquilidade de uma empresa, do que saber que a comunicação da sua marca está sendo trabalhada por profissionais de qualidade.

A Limitação precisa ser eliminada: fugir de agências que queiram limitar a gestão de redes sociais da sua empresa é preciso. A limitação em quantidade de posts pode fazer com que o seu negócio perca eventuais oportunidades de notícias rápidas e que atinjam seu público. A flexibilidade que uma agência demonstra ter em pequenos pontos como esse, também diz muito sobre como será a relação de vocês ao longo do contrato.

Consultoria: a consultoria prestada pela agência de redes sociais precisa atender a real necessidade da empresa. Uma agência que não consegue realizar uma consultoria sobre o serviço realizado, dificilmente entregará um bom resultado. É preciso que a agência demonstre propriedade sobre o que está se propondo a fazer pelo seu cliente.

Em tempos onde a facilidade em encontrar o que precisa a qualquer momento se instalou, é preciso estar de olhos bem abertos e apurados para não comprar “gato por lebre”!


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com