Negócios em Foco

Na moda: looks da década de 60 voltam ao guarda-roupa infantil


Santos, SP 01/02/2018 17h06

Estilo clássico é a nova tendência para meninas de todas as idades

Vestido Peppa Pig

Não se espante se você sair na rua amanhã e se sentir em plena década de 60: ela está com tudo novamente. Mas a grande novidade é que o segmento infantil também entrou nessa moda e tem atraído a atenção de mães e filhas com sua estética particular.

Patrícia Dias, mãe da pequena Pamela, não abre mão da estampa polka dot, mais conhecida como “bolinha” aqui no Brasil. “Acho um charme trazer essa tendência para a roupa das crianças, parecem até celebridades de cinema”, brinca a esteticista. Listras, estampas coloridas e vestidos de corte reto também marcaram época.

O sucesso é tanto que a loja virtual Bela Pequena apostou em uma coleção exclusiva inspirada na década. “Como a demanda pelo visual clássico era expressiva, optamos por criar uma identidade própria com peças artesanais que tivessem relação entre si”, destaca Ana Paula Dantas, idealizadora da marca.

São muitos os motivos que fazem uma década voltar com tudo à moda, entre eles, a nostalgia. Se nossa modernidade é rápida e “líquida” - como diria o filósofo Zygmunt Bauman -, olhar para o passado clássico proporciona uma sensação de conforto. E a facilidade das pesquisas, compras online e o direcionamento dos digital influencers ajudaram nesse processo de retorno de outras gerações.

Nos Estados Unidos, 51% dos consumidores preferem comprar online e o Brasil segue no mesmo ritmo. De acordo com o estudo We Are Social, da consultoria Mullen Lowe, o país está no topo da lista dos que passam mais tempo na internet. Além disso, a expansão das redes sociais tem se mostrado forte em termos de influência. Os brasileiros conquistaram o segundo lugar no acesso às redes, perdendo apenas para as Filipinas. E as mães não ficam de fora desse movimento.

Entretanto, muito mais do que números, a tendência dos anos 60 se expressa em termos de afeto. A avó de Pamela, Marisa Dias, vê nesse processo uma continuidade entre as gerações. “É lindo ver a minha neta usando vestidos de ‘bolinha’, que lembram aqueles que minha filha também vestia. Isso faz com que a gente fique mais conectada e compartilhe esse mesmo gosto”, finaliza.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com