Negócios em Foco

O papel do Business Critical Services (BCS) para o Processo de Transformação da TI nas Empresas


São Paulo 27/07/2020 15h32

As empresas estão evoluindo para uma abordagem mais sistêmica, com foco nas estratégias das organizações e competências necessárias para atingi-las. Deste modo, reformulam seus métodos de armazenamento de dados e soluções automatizadas com mais rapidez nas informações. Embora as empresas não consigam prever ou criar tudo, elas precisam ser cada vez mais resilientes, otimizando e transformando a TI com métodos mais proativos e assertivos com segurança.

Atualmente as companhias estão em um novo formato onde tudo começa pela TI, procurando novas soluções, novos serviços e talentos para diminuir as interrupções de seus dados. Por meio do conceito de “Squad”, você mantém uma infraestrutura de colaboração segura, eficiente e ágil, enquanto permite o crescimento dos negócios e o aumento da produtividade. A ideia não é criar uma competição interna, mas um meio de colaboração com um BCS (Business Critical Services), com dados mais seguros, informações automatizadas, Analytics, entre outros.

O BCS permitirá que as operações de TI se transformem rapidamente em escala e, além disso, poderá ajudar nas dores que as organizações possuem hoje. Tendo em vista um cenário de globalização e mudança dentro das organizações, as políticas e práticas de TI terão de ser adaptadas, transformando-se para melhor atender as necessidades dentro e fora das empresas. O Business Critical Services poderá ser uma saída para aumentar a confiança e a cooperação nos serviços, criando uma solução motivacional para assumir o novo papel com serviços automatizados ou culturas de DevOps com Analitycs, Machine Learning, e outras tecnologias disruptivas.

Tudo isso pode fazer mais sentido começando com um subconjunto de entregas nos serviços internos ou nos clientes, analisando todo o problema em unidades mais gerenciáveis e com um modelo mais ágil. Isso trará mais confiança na redução de custos e no apoio para a criação de um novo caminho para TI.

Para finalizar, o Business Critical Services deverá apoiar a avaliação de impacto de desempenho e framework de soluções de Automação, Analitycs, Machine Learning dos serviços propostos. Bem como fornece informações que sirvam de norteadores sobre mudanças de entregas de serviços agregados, limitações de tratamento de dados que possa migrar para novos processos e recursos personalizados mais preditivos que permitirão que as operações de TI internas ou de nossos clientes mudem mais rapidamente e em escala.

*Robson Costa é Senior Service Architect Manager da NTT Ltd.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com