Negócios em Foco

Planejamento tributário isenta impostos e diminui erros nas empresas


São Paulo 23/03/2018 16h16

Escritórios de contabilidade sabem qual o melhor regime tributário seguir e recomendar para a empresa.

Despesas com funcionários, estrutura do imóvel, declaração de impostos e gestão de lucro são apenas algumas obrigatoriedades para manter a empresa em situação legal com as autoridades regulamentadoras. Para que todos os dados sejam coletados corretamente, são contratadas instituições de assessoria contábil, que saberão qual o melhor planejamento tributário para a empresa, com condições de pagamento que economizem ao máximo esses gastos.

A carga tributária brasileira faz com que os impostos sejam mais altos e interfiram diretamente na margem de lucro da empresa. Os que decidem declarar os impostos sem usar um escritório contábil, acabam por fazer declarações erradas, que resultam em multas extremamente altas. A maioria das empresas não consegue pagar essas taxas e acabam indo à falência. Além disso, as regulamentações de carga tributária mudam constantemente, mas os profissionais de assessoria contábil estão sempre atualizados com essas informações, por isso que, ao contratá-los, a probabilidade de errar devido às mudanças constantes diminui. Há diferentes tipos de regime tributário em que cada empresa se encaixa melhor, veja alguns deles:

Simples Nacional

Desenvolvido para os pequenos e médios empreendedores, esse tipo de regime é o mais simples, pois possui alíquotas menores por isentar os contribuintes do pagamento de alguns impostos federais. O processo reúne IRPJ, CSLL, Confins, PIS, ICMS, IPI, CPP e ISS em apenas uma guia, agilizando a declaração.

Lucro Presumido

As empresas em que faturamento ultrapassa a média nacional estabelecida pela Receita Federal, conseguem economizar ao pagar esse tipo de tributo. Os números de faturamento precisam estar de acordo com a tabela criada pelo órgão. Se os números estiverem próximos aos percentuais da tabela, estarão isentos desses impostos.

Lucro Real

Esse pode ser considerado o regime mais tradicional de todos, mas nem todas as instituições são obrigadas a declarar os lucros e dividendos. Esse setor obriga apenas as empresas que trabalham no setor financeiro como seguradoras, bancos entre outros a declararem, assim como empresas com faturamento alto.

Os escritórios de contabilidade sabem qual o melhor regime para cada empresa, sabem também como realizar um planejamento tributário para que economizem por não pagarem impostos em que estão isentos. A Seta Contábil , empresa de contabilidade, reforça a importância de se contratar uma empresa especializada "Apesar de parecer fácil qual regime usar, é preciso se atentar aos detalhes ao fazer um planejamento tributário. Há empresas que querem usar determinado regime e também abater alguns impostos, mas dependendo do tipo de regimento, isso não é possível. O profissional contábil saberá qual a melhor solução".



Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com