Negócios em Foco

Conselho Estratégico de Defesa do Empresário reúne entidades do setor produtivo e políticos diplomados em Belo Horizonte


Belo Horizonte - MG 20/12/2018 17h00

Bruno Falci, Alexandre Poni, Carlos Viana e José Batista de Oliveira - Ignácio Costa

O Conselho Estratégico de Defesa do Empresário (Cede), órgão consultivo formado pela Associação Mineira de Supermercados (Amis), o Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (Abrasel-MG), realizou na manhã desta quinta-feira (20), em Belo Horizonte, um encontro especial entre empresários do varejo de Minas Gerais e políticos mineiros recém-diplomados para celebrar a nova fase da gestão pública do Estado. O encontro "Diálogos por Minas" foi uma iniciativa do Cede para promover uma aproximação entre empresários e lideranças do setor produtivo e os futuros deputados estaduais, federais e senadores. Na ocasião, também foi apresentado o potencial econômico e social de cada segmento.

Para o presidente do Cede e da Amis, Alexandre Poni, o evento é uma grande oportunidade de aproximação para a construção de um relacionamento positivo. “Infelizmente, o Brasil hoje dificulta os negócios e o empreendedorismo com leis incoerentes. Mantendo o diálogo aberto com os legisladores, poderemos ajudá-los na formulação de leis e sugerindo propostas exequíveis”, afirmou o empresário, dono da rede de Supermercados Verdemar. “Estou muito esperançoso com nosso país, de que vocês legisladores vão lutar pelo país e pela melhoria da vida da população. Esse encontro abre as portas para o diálogo e o diálogo é uma via de mão dupla”, completou Poni.

O presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Panificação e Confeitaria e de Massas Alimentícias e Biscoitos do Estado de Minas Gerais (SIP), da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip) e vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), José Batista de Oliveira, defendeu que essa interação entre empresários e políticos deve fazer parte do calendário anual das atividades do Cede. "Estamos vivendo um momento ímpar na nossa história com este encontro e essa aproximação é importante para fazermos uma virada no nosso Brasil”, destacou. “O setor produtivo precisa de melhorias no ambiente de negócios. Queremos trabalhar, gerar empregos e renda, porque esse é o papel do empreendedor, e nossas portas estão abertas para os senhores”, completou.

A importância da interlocução frequente também foi defendida pelo presidente da Câmara de Dirigentes Logistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Bruno Falci, e pelo presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Ricardo Rodrigues. “Vimos pela nossa experiência que muitas leis não dão certo porque não há diálogo. Então, precisamos trocar ideias, para que os lados envolvidos analisem os reflexos de cada ação”, defendeu Falci. "Nossas quatro entidades são responsáveis por grande parte da carga tributária do Estado e queremos colocar o Cede à disposição dos senhores. Tenho certeza que o desafio que está por vir para os senhores não vai ser fácil, mas estamos junto com os senhores. Juntos somos bem mais fortes”, finalizou Rodrigues.

Contato | Anuncie
Copyright © 2021 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com