Negócios em Foco

Protetor solar e piscina fazem bem!


São Paulo 06/01/2021 09h19

Tomar um banho de piscina com total segurança implica também no uso de protetor, que protege a pele contra a ação dos raios solares. Decerto, piscina e protetor solar formam a combinação perfeita para curtir os dias de sol na primavera e verão.

No entanto, um grande inconveniente é a oleosidade deixada pelos protetores solares e bronzeadores na água da piscina. Assim, esses resíduos que se acumulam na borda e na água comprometem a eficácia do cloro e, consequentemente, a qualidade da água.

Mas, embora seja um problema corriqueiro, é possível reverter a contaminação e obter novamente a pureza e a cristalina da água com uso de produtos como o hth® Elimina Oleosidade. Saiba como usar esse produto neste artigo da hth®!

Quais problemas o protetor solar pode trazer para a água da piscina?

O mesmo protetor solar que gera muitos benefícios para sua pele também pode afetar a qualidade da água da piscina. Afinal, a densidade dos produtos é diferente da densidade da água, o que ajuda a formar uma película de gordura que se acumula nas superfícies e nas bordas da piscina.

De fato, até mesmo o suor e a oleosidade natural da pele são fatores que aceleram a formação dessa película gordurosa na água. Inicialmente, a presença de resíduos de protetor solar e de outros cosméticos faz surgirem manchas de óleo na superfície da água.

Com o passar do tempo e sem o devido tratamento de piscina, esses resíduos reagem ao cloro e aos outros produtos químicos usados como estabilizadores de pH e de alcalinidade.

Isso, então, acaba por gerar um enorme desequilíbrio químico, deixando a água, além de aumentar os riscos de corrosão nos equipamento da piscina. Vale lembrar que o acúmulo de óleo também deixa o fundo e as paredes da piscina sujas, prejudicando igualmente os filtros.

Formas de evitar que a oleosidade deixe a água turva

Existem algumas formas de manter sua piscina sempre limpa e livre da contaminação por óleos e protetores. A primeira delas é mais simples: optar por protetores resistentes à água e passá-los no corpo cerca de 20 minutos antes de entrar na água – período de secagem do produto na pele.

Já a segunda forma é manter uma atenção especial com a filtração. Então, verifique se os filtros da piscina estão em boas condições, realizando a manutenção periódica deles.

Outro passo importante é manutenção regular e adequada da piscina, buscando sempre avaliar os parâmetros da água, usando produtos para equilibrar pH e alcalinidade. Além disso, a aplicação do cloro é essencial na manutenção de uma piscina limpa e cristalina para os banhistas.

Do mesmo modo, uma medida também muito eficaz é o tratamento com enzimas. Um aditivo de enzima é capaz de dissolver os óleos e outras substâncias que compõem o protetor solar e os bronzeadores. Com esses aditivos de enzimas, os compostos são enviados para os filtros sem que haja algum tipo de entupimento.

Uma dica de produto com enzimas de ótima qualidade é o hth® Elimina Oleosidade!

O que é o hth® Elimina Oleosidade?

O hth® Elimina Oleosidade é um produto da hth® desenvolvido para resolver de vez o problema da oleosidade nas piscinas domésticas e piscinas comerciais.

Feito com enzimas que dissolvem naturalmente esses resíduos, o Elimina Oleosidade, de fato, consegue eliminar tais compostos de forma muito rápida e eficiente.

O resultado é a proteção da cristalinidade da água da piscina enquanto você e sua família se protegem do sol.

Como usar o hth® Elimina Oleosidade em sua piscina?

Antes de aplicar o hth® Elimina Oleosidade, é fundamental verificar os parâmetros da água – ph, alcalinidade, cloro livre e ácido cianúrico – usando a hth® Fita Teste. A Fita teste permite avaliar todos os 4 parâmetros ao mesmo tempo, indicando quais deles precisam ser ajustados.

Então, basta mergulhar uma fita na água da piscina, 30 centímetros abaixo da superfície, esperar alguns segundos, retirar a fita da água sem balançar. Aguarde por mais 15 segundos e pronto!

A fita indicará cores que poderão ser comparadas às cores do rótulo para que, dessa forma, você possa descobrir quais parâmetros precisará corrigir. Lembre-se que as faixas ideais para cada parâmetro são:

Cloro livre: entre 1 a 3 ppm

pH: entre 7,0 e 7,4

Alcalinidade Total: entre 80 e 120 ppm

Ácido Cianúrico: até 50 ppm

Aplicação do cloro granulado

Depois de avaliar e corrigir os parâmetros da água com produtos como o hth® Redutor de Alcalinidade e pH e hth® Elevador de Alcalinidade, a próxima etapa é aplicar o hth® Cloro Concentrado Tradicional ou o hth® Cloro Aditivado Mineral Brilliance™ 10em1.

Aplicação do hth® Elimina Oleosidade

Cerca de 10 minutos após a cloração da água, chegou o momento de aplicar o hth® Elimina Oleosidade na piscina nas seguintes recomendações:

Com a filtração ligada, dose 7 ml por 1.000 litros de água diretamente na piscina. Em uma aplicação regular, faça esse procedimento uma vez por semana;

Se você está aplicando o produto pela primeira vez ou se faz uso intenso dele, a forma de aplicação é: com a filtração ligada, dose 14 ml por 1.000 litros de água diretamente na piscina. Sempre que grande número de banhistas estiver na piscina, faça esse procedimento de uma só vez na piscina.

A piscina pode ser utilizada logo após a aplicação do produto. Outra vantagem de utilizar o hth® Elimina Oleosidade é que não há problema caso você decida aplicá-lo ao mesmo tempo em que aplica outros produtos químicos.

Mas vale saber que que este produto com enzimas têm recomendação de uso piscinas de fibra, vinil e azulejo.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com