Negócios em Foco

A IMPORTÂNCIA DE UM CHECK-UP VASCULAR APÓS OS 50 ANOS


Niterói 02/12/2019 12h54

Com o aumento da idade, é natural o envelhecimento dos vasos.

Dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro apontam que 18% da população adulta têm varizes. No mundo, os problemas no sistema circulatório são responsáveis por cerca de 20% das mortes segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Daí a importância do check-up vascular para as pessoas que passaram dos 50 anos, pois com o aumento da idade, é natural o envelhecimento dos vasos e dessa forma começam a surgir doenças, tanto do sistema venoso como do arterial. Vale lembrar que esse acompanhamento deve ser realizado por um médico credenciado.

O tratamento de varizes, seja o de espuma, escleroterapia ou cirúrgico, deve ser feito por um profissional qualificado. As pessoas devem estar atentas ao profissional que irá realizar esse procedimento para evitar complicações graves. Isso vale para pessoas de qualquer idade.

Antes de qualquer procedimento é necessário que as pessoas tenham conhecimento de como vai a sua saúde. Com o passar dos anos, as artérias podem acumular placas de cálcio, de ateroma, ocasionando um entupimento. Pode ocorrer também uma dilatação, que são os aneurismas. Além do sistema arterial, existe o sistema venoso e com o passar dos anos as veias se tornam mais dilatadas e mais doentes, podendo levar à complicações.

Se não tratadas a tempo, as varizes evoluem progressivamente. Elas podem inflamar (celulites e erisipelas), podem entupir (tromboflebites) e se romper (varicorragias). Ter ter uma boa circulação com o avançar da idade depende de como tratamos nosso corpo.

Alimentação saudável, com baixo teor de gordura e muitos nutrientes, de preferência com a orientação de um nutrólogo. Beber bastante líquido. Fazer atividade física regular, com orientação de um professor de educação física e outras medidas de bem estar acabam prevenindo muitas doenças vasculares.

Dr. Ricardo Brizzi (Angiologista) – Cirurgião vascular, fez residência médica em cirurgia vascular na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) de 1993 a 1996. Pós-graduado em cirurgia endovascular em São Paulo. Trabalhou no serviço público nos hospitais Salgado Filho e da Lagoa – setor de Hemodinâmica. É membro da Sociedade de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro e um dos responsáveis pelo setor de cirurgia vascular e endovascular dos hospitais Badin, Israelita e Norte D’Or e diretor da Clínica Varilaser.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com