Negócios em Foco

Aprender a tocar órgão eletrônico sozinho é possível? Descubra


Atibaia - SP 30/10/2017 15h11

Com variedade de harmonias, melodias, ritmos, arranjos e timbres, o órgão eletrônico é um instrumento que oferece aos músicos vasto conhecimento musical, por isso diversas pessoas desejam aprender tocá-lo.

Com variedade de harmonias, melodias, ritmos, arranjos e timbres, o órgão eletrônico é um instrumento que oferece aos músicos vasto conhecimento musical, por isso diversas pessoas desejam aprender tocá-lo. Assim a procura por professores e escola de músicas que ofertam aulas de órgão eletrônico é grande, porém não é fácil achar bons profissionais. Muitos desses professores ofereceram aulas de acordo com metodologias de grandes músicos, mas alguns apenas seguem o modo como aprenderam e repassam ao aluno, ignorando a existência de métodos. Além dos problemas com professores, muitas vezes os alunos não têm tempo de se deslocarem até a escola ou apenas não tem interesse de ter um professor guiando seu aprendizado e preferem se aventurar sozinhos.

Aprender a tocar órgão eletrônico sozinho, assim como outros instrumentos, é arriscado, pois é necessário que o músico desenvolva as técnicas necessárias para o manuseio do instrumento, além de que sem um professor para guiá-lo pode aprender o conteúdo de forma indiscriminada, causando confusão. Entre aqueles que decidem ser autodidatas existem alguns tipos de músico mais comuns: aquele que não sabe o que está fazendo, mas acha que está tudo certo; o que até consegue alguns resultados, produz um som agradável, mas as técnicas e conhecimentos teóricos são ruins; a pessoa que consegue seguir um padrão metodológico e desenvolver o talento, porém a falta de disciplina não permite que ela alcance o seu máximo; e aqueles que são extremamente dedicados e realmente usam as ferramentas ao seu dispor para se tornar o melhor músico possível.

Com toda tecnologia e internet a disposição, não é difícil aprender a tocar órgão eletrônico, porém é preciso que o aluno busque o conteúdo nos locais corretos e tenha muita disciplina para alcançar bons resultados. Como em diversas outras atividades, o início sempre é mais complicado, visto que o músico não tem intimidade com o instrumento, mas após os primeiros avanços, este ganha motivação para continuar seus esforços e não desistir de aprender a tocar. É importante também que o desejo de aprender a tocar órgão eletrônico seja realmente do músico e não de alguma influência externa.

Outro ponto que os iniciantes devem ficar atentos é se conscientizar do nível em que está e entender que o aprendizado deverá ser feito passo a passo. Querer tocar canções complexas e executar peças complicadas só irá causar frustração. Foque no nível em que está e vá aumentando a dificuldade aos poucos. O importante não é a velocidade do seu aprendizado, mas sim a qualidade do seu conhecimento. De acordo com a Jubi , loja de órgãos eletrônicos, um fator que pode ajudar os músicos a aprenderem mais rápido é ter o seu próprio instrumento. “Com um órgão sempre à disposição é mais fácil se dedicar ao aprendizado e acelerá-lo, mas é preciso muita dedicação e paciência para colher bons frutos”, explica.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com