Negócios em Foco

Cursos profissionalizantes ajudam a gerar renda e incentivam empreendedorismo


São Paulo 06/08/2020 09h04

Especialização em áreas como beleza e bem-estar, como os cursos oferecidos pelo Instituto Ana Hickmann, são ótimas opções para garantir a independência financeira

Com a chegada inesperada de uma pandemia, quase todo mundo viu sua rotina ser alterada da noite para o dia. E essa situação causou mudanças na vida de muita gente: desde a alta taxa de desemprego, até um novo olhar sobre o futuro e o que cada um quer para si daqui para a frente. Com essas mudanças e questionamentos, também surgiram algumas oportunidades, como o investimento em cursos profissionalizantes e a vontade de empreender.

De acordo com o Instituto Ana Hickmann, que atua nas áreas da beleza, fotografia e moda sustentável, foi notável o aumento na busca por cursos durante a quarentena e, em especial, os de capacitação profissional. “Essa procura surgiu por pessoas que já tinham vontade de fazer algum curso profissionalizante, mas que não tinham tempo, e por outras que enxergaram nesse período uma oportunidade de se aprimorar ou buscar novas profissões”, explica Sidney Eduardo Kalaes, presidente do Grupo Kalaes e sócio da rede.

Lançada em 2018 em sociedade com a empresária e apresentadora Ana Hickmann e o Grupo Kalaes, a marca oferece uma inovadora proposta pedagógica e educacional para que as pessoas tenham a oportunidade de aprender uma nova profissão. Atualmente, são dez cursos disponíveis: barbearia, cabeleireiro, design de sobrancelhas, gestão de salão, manicure e pedicure, especialização em penteados, terapia capilar, maquiagem, moda sustentável e embelezamento do olhar.

“Mais do que nunca, as pessoas estão se reinventando. Com isso, investir em empreendimentos de pequeno e médio porte tem sido a solução para muitos, seja aos que perderam seus empregos devido à pandemia ou aos que sentiram a necessidade de terem mais autonomia com um negócio próprio”, ressalta Kalaes.

Segundo Ana Hickmann, o objetivo do Instituto é oferecer às pessoas a oportunidade de terem uma nova profissão de maneira rápida, inovadora e diferenciada. “São cursos em que o aluno é incentivado de diferentes formas a obter ótimos resultados para sair de lá preparado para aplicar seus aprendizados na prática e conquistar um bom lugar no mercado de trabalho ou empreender na área escolhida”.

Ainda vale ressaltar que esse aumento na busca por novas profissões tem acontecido especialmente nos setores de saúde, beleza e bem-estar e a expectativa é que o ritmo se mantenha aquecido mesmo após a pandemia. “Serviços considerados essenciais e produtos não perecíveis mantiveram bons resultados durante a quarentena. Isso fez com que as pessoas passassem a pesquisar mais sobre esses segmentos na busca por um empreendimento. Se especializar em uma área que é essencial mesmo em momentos de crise, é um investimento para a vida toda”, complementa Kalaes.

Metodologia

O Instituto Ana Hickmann oferece um programa de incentivo, no qual os alunos que mais se destacam são indicados para o Programa de Encaminhamento ao Mercado de Trabalho. Segundo Sidney Kalaes, a marca se compromete a entregar o currículo dos alunos para empresas do setor.

“Queremos ajudá-los de ponta a ponta: desde a sua formação em uma nova profissão, até a entrada no mercado de trabalho. Com o Instituto Ana Hickmann, acreditamos que essa proposta educacional pedagógica vem de encontro com o que as pessoas estão buscando para melhorarem de vida – com um novo emprego ou com um pequeno empreendimento”, explica Kalaes.

Ainda como parte deste empenho da marca em contribuir com o aprendizado dos estudantes, a instituição também oferece cursos complementares extracurriculares sem custo, como “Marketing Pessoal” e “Pronto para uma entrevista de trabalho”.

Outros investimentos são voltados aos colaboradores do Instituto, como o Programa de Orientação Pedagógica (POP) para coordenadores pedagógicos, com o intuito promover uma gestão profissional de excelência, e o Programa de Formação de Instrutores (PFI), para mantê-los sempre atualizados e preparados com as melhores práticas de ensino.

Para ser proprietário de uma franquia, o investimento varia entre 268 mil a 378 mil. O prazo de retorno estipulado é de 18 a 24 meses.

Ficha Técnica

Investimento total (capital de giro e para instalação, e taxa de franquia): R$ 280 mil

Taxa de franquia: R$ 75 mil

Capital de Giro: R$ 46 mil

Área para Instalação: a partir de 120m²

Tipo de negócio: Escola profissionalizante que atua na área da beleza

Ano de fundação: 2018

Ano de fundação do franchising: 2018

Número de funcionários por franquia: Entre 7 e 9 (+ Instrutores)

Número de unidades próprias: 0

Número de unidades franqueadas: 9

Royalties: 8% sobre o faturamento bruto

Taxa de publicidade: 2% sobre o faturamento bruto

Faturamento médio da unidade: R$ 110 mil por mês

Lucro mensal: Entre 20% e 30% sobre o faturamento bruto

Prazo para retorno: Entre 18 e 24 meses


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com