Negócios em Foco

Layout de escritórios evoluiu durante os anos, veja as tendências atuais


São Paulo - SP 17/01/2018 10h56

O layout de escritórios tem sofrido uma verdadeira revolução de design em busca de afastar-se daquela imagem séria e engessada do início do século passado e aproximar-se do bem-estar dos funcionários. Conheça as principais tendências.

Com o passar dos anos as empresas passaram por diversas transformações e consequentemente os escritórios também mudaram. O layout de escritórios tem sofrido uma verdadeira revolução de design em busca de afastar-se daquela imagem séria e engessada do início do século passado e aproximar-se do bem-estar dos funcionários. De acordo com a Wnez , empresa de arquitetura corporativa , as salas que possuíam formatos engessados e eram mais parecidas com depósitos de papéis deram lugar para ambientes abertos e espaços para os funcionários se acomodarem, as pilhas de papéis sumiram graças a possibilidade arquivar os documentos em nuvem. Com a transformação, grande parte dos escritórios se tornaram Coworkings, que são locais mais enxutos e prezam pela socialização dos funcionários. Mas como chegamos a essa mudança? Veja como aconteceu a evolução dos escritórios ao longo do tempo.

Nos anos 30, as empresas eram divididas e organizadas de acordo com a hierarquia, os funcionários tinha suas salas designadas de acordo com o cargo que exerciam na empresa, assim os funcionários comuns ficavam em ambientes mais simples, seguindo um modelo padrão, a medida que os gestores tinham salas mais luxuosas e estruturadas. Normalmente, estas salas mais suntuosas ficavam em andares superiores ou em mezaninos, criando além das barreiras invisíveis de divisão de cargos, verdadeiros limites físicos entre os colaboradores. Com a chegada dos anos 50, a produtividade se torna o foco principal das empresas. Este fator e os conceitos modernistas da arquitetura modificaram os ambientes para que eles se tornassem facilitadores do trabalho e a produção pudesse ser melhor explorado, o objetivo era gerar maiores resultados. Para incentivar o trabalho, cadeiras mais confortáveis passaram a figurar todos os escritórios, não apenas da diretoria e presidência das companhias.

Na década de 60, as coisas começam a mudar, os espaços se tornam maiores e ambientes para descanso, as famosas salas de compreensão, começam a surgir. Esses espaços para repouso se tornaram necessários nesta época, já que os períodos de trabalho aumentaram e os colaboradores começaram a passar muito mais tempo nas empresas. Além deles, muitas empresas ganharam copas para facilitar a alimentação. Durante os anos 70, as divisões de áreas de trabalho começam a sumir, começa a era dos postos de trabalho e maior socialização entre os setores e funcionários das empresas.

A ergonomia e o aumento da qualidade de vida dos colaboradores são o maior propósito do layout de escritórios nos anos 80. Com o aumento de problemas relacionados a esforço repetitivo (LER – Lesão por esforço repetitivo), as empresas precisam oferecer ao funcionário ambientes de trabalho mais saudáveis e confortáveis, só assim seriam capazes de manter a produção e evitar gastos com indenizações. Já nos anos 90, a mobilidade e descontração começam a fazer parte da rotina e design das empresas. Os móveis pesados e grandes dão espaço a layouts de escritórios mais leves e adaptáveis, além da criação de espaços despojados para que os colaboradores possam socializar com os demais e buscar inspiração.

No início do novo milênio, os funcionários são completamente diferentes das gerações anteriores e estão em busca de mais interação com a empresa, um relacionamento de qualidade que exige que as empresas sejam mais humanas. Assim, as empresas correm atrás de soluções que atendam a essa necessidade, mas não interfira na produtividade desses colaboradores. Cada empresa encontrou a sua fórmula ideal, mas algo que vem ganhando cada vez mais destaque em relação ao layout de escritórios são os Coworkings, que deixam os funcionários livres para realizar o seu trabalho no espaço que mais se sentem à vontade, sem aquela necessidade de se manter no mesmo ambiente todos os dias. Para quem deseja reformular o design de sua empresa ou vai criar novos ambientes esta é uma tendência que deve ser considerada.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com