Negócios em Foco

Brasil está no topo das cirurgias plásticas e médico alerta para os riscos na escolha do profissional


SAO PAULO 28/05/2019 11h52

Botox é a novidade do momento, mas, deve ser aplicado por especialistas

Dr. Pérsio Freitas, médico cirurgião plástico e cirurgião geral - Divulgação Dr. Pérsio Freitas

Nem sempre o que vale é a beleza interior. Pelo menos é o que mostram os números sobre o mercado de cirurgia plástica no Brasil e no mundo. Por aqui, mesmo diante de um contexto socioeconômico crítico, de acordo com levantamento realizado recentemente pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética (ISAPS), superamos Japão e México no ranking mundial de cirurgia plástica, A pesquisa mostra, ainda, um crescimento de 5% no total de procedimentos cirúrgicos no País.

O Dr. Pérsio Freitas, médico cirurgião plástico há mais de 40 anos, credita esse crescimento na demanda por cirurgias plásticas a uma expectativa de vida cada vez mais alta. “As pessoas estão vivendo mais e melhor, com isso, querem viver bem também esteticamente. E não é nenhum crime querer ver uma imagem satisfatória no espelho, inclusive, isso contribui significativamente para os processos de autoestima e felicidade dos pacientes”, revela o especialista.

Dentre os procedimentos mais buscados estão: aumento de mama, lipoaspiração, cirurgia das pálpebras (blefaroplastia), cirurgia do nariz (rinoplastia) e abdominoplastia.

Mas, o médico alerta para os riscos da cirurgia plástica. “Muitas vezes os riscos não estão atrelados diretamente à cirurgia plástica em questão, mas, ao profissional escolhido. Eu ainda fico surpreso com quem realiza uma cirurgia plástica sem o mínimo critério para escolher o médico. É uma intervenção séria que, caso dê alguma complicação, pode ter consequências graves”, conta Freitas.

O médico explica, ainda, que a ideia não é assustar os potenciais pacientes, mas, apenas alertar para a correta escolha de um profissional, que deve ter seu registro médico e antecedentes verificados.

Novo caminhos - O destaque atual vai para procedimentos estéticos menos invasivos, como o Botox. A aplicação da Toxina Botulínica foi feita por aproximadamente 5 milhões de pessoas nos últimos anos no mundo. Trata-se de uma substância capaz de causar uma paralisia nos músculos de uma determinada região do corpo, tendo diferentes aplicações para a saúde e para a estética.

“O Botox é uma excelente alternativa para aquelas pessoas que se incomodam com marcas de expressão, pequenas rugas que não necessariamente necessitam de uma intervenção cirúrgica mais complexa. O único problema é que o Botox deve ser aplicado por um médico ou dentista, infelizmente, há muita gente que não tem o devido preparo aplicando Botox por aí e é um grande risco para as pessoas. É preciso saber aplicar, além disso, há a correta manipulação da substância, além, claro, de os pacientes fazerem a aplicação com profissional que assegure a procedência do produto”, explica o médico.

Mais informações em: www.persiofreitas.med.br.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com