Negócios em Foco

Está definido o cronograma de ações para o primeiro trimestre de 2018 referente às PPP do Piauí, destaca Felipe Montoro Jens


02/02/2018 10h37

As decisões foram tomadas conforme a última reunião do Conselho Gestor de Parcerias Público Privadas, que aconteceu em 2017

No início do mês de janeiro, dia 3, a superintendente de Parcerias e Concessões do Governo do Piauí, Viviane Moura, definiu o cronograma de ações do estado para o primeiro trimestre de 2018. As decisões foram tomadas conforme a última reunião do Conselho Gestor de Parcerias Público Privadas (PPPs), que ocorreu no dia 21 de dezembro de 2017, salienta o especialista em Projetos de Infraestrutura, Felipe Montoro Jens.

A estruturação dos estudos do Parque Zoobotânico, o Porto de Luís Correia, as miniusinas de energia solar, a estruturação de estudos para modernização do Corpo de Bombeiros e a PPP Educacional estão entre os estudos prioritários para estes três primeiros meses do ano.

Felipe Montoro Jens reporta que, conforme o que explicou Viviane Moura, esse calendário é necessário para a organização da equipe, que trabalha em conjunto com outras secretarias.

A previsão de licitação das Parcerias Público-Privada do Zoobotânico, Porto de Luís Correia e miniusinas de energia solar, é para o segundo semestre. “A gente começa os estudos já agora e conclui ainda no primeiro trimestre e depois que concluir vamos para a audiência e licitação”, explicou a superintendente de Parcerias e Concessões. De acordo com Viviane Moura, apesar de não ser possível ainda estimar valores para essas três PPPs, estima-se os projetos juntos, quando em atividade, somarão R$ 4 bilhões no período de 30 anos.

Atualmente, salienta Felipe Montoro Jens, estão em atividade no estado do Piauí as Parcerias Público-Privadas da Nova Ceasa, Rodoviária de Teresina, Rodoviária de Picos, Rodoviária de Floriano, Saneamento da Zona Urbana de Teresina e o Piauí Conectado. O valor total contratado chegou a R$1,8 bilhão.

Parque Zoobotânico

Trata-se de um projeto que visa a modernização do equipamento público para que a iniciativa privada readeque e modernize o parque, explica o especialista Felipe Montoro Jens.

Porto de Luís Correia

A aposta dos empresários representantes de duas empresas que, ainda em dezembro, manifestaram interesse na promoção de um estudo para implantação, manutenção e operação do Porto de Luís Correia, é de que o Piauí, com a PPP, tornar-se-ia referência para os pecuaristas na exportação de carne, atraindo demanda de outros estados brasileiros A estrutura também permitiria atracar navios roll-on/roll-off, que transportam veículos e outras mercadorias.

Miniusinas de energia solar

Felipe Montoro Jens destaca que o objetivo desse projeto é expandir a oferta de produção de energia elétrica e promover o Piauí como estado modelo em energias renováveis.

PPP Educacional
Entre outras ações, a PPP Educacional prevê a implementação de mais escolas profissionalizantes em tempo integral.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com