Negócios em Foco

Rotina de cuidados pós tattoo é fundamental para uma pele livre de infecções


São Paulo/ SP 18/09/2019 12h48

A cicatrização da tatuagem pode ser simples e rápida, mas também pode ter complicações que podem ser evitadas

Fazer uma tatuagem é expor a pele à uma sessão de micro agulhadas que vão inserir pigmentos coloridos à derme. Ou seja, provocar a entrada de componentes novos e corpos estranhos ao organismo. Todo esse procedimento gera uma espécie de reação, que nada mais é do que uma ‘inflamação’ cutânea – com inchaço e vermelhidão do local tingido -, e que precisa ser observada e cuidada para garantir uma cicatrização que pode durar até duas semanas ou mais, dependendo da pele e do local tatuado.

Especialistas no assunto apontam que nos dias que sucedem a tatuagem é importante manter uma rotina de cuidados, que vão desde a alimentação, e que podem durar até dois anos. Os dermatologistas são enfáticos: se alimentar de comidas mais saudáveis ajuda a manter o bom funcionamento do sistema imunológico, o que interfere diretamente no processo de cicatrização e, de quebra, previne infecções. Além disso, é imprescindível ter à mão produtos que agilizam a cicatrização e promovem alívio dos incômodos que podem aparecer em algumas horas.

Manter a higienização contínua do local tatuado, até três vezes por dia, é a garantia de ter uma derme limpa e livre de germes e bactérias. O uso de sabonetes neutros e antissépticos ajuda bastante. Outro poderoso aliado é o Cicatrisan Película Protetora, da Sanfarma, que está chegando ao mercado. Desenvolvido com fórmula exclusiva, sem álcool, a novidade atua na cicatrização rápida de tatuagens, machucados, cortes e lesões. Em versão de 10 ml, com rendimento para até 80 aplicações, o produto não provoca ardência, é totalmente atóxico e hipoalergênico, transparente e flexível.

Na hora do banho, depois do “rabisco”, nada de expor a pele à água quente e, se possível, evitar qualquer contato com shampoos, condicionadores, hidratantes, entre outros itens que podem irritar a cicatriz e provocar inflamações na região. Se não houver como impedir contato com a água, o Cicatrisan também pode ser útil, pois é resistente ao líquido. Com atuação similar ao plástico filme, o produto faz uma ‘barreira’ no local tatuado.

Para garantir a eficácia do produto, é fundamental que ele seja usado nas primeiras 48 horas após a tattoo, fazendo um escudo que protege a área contra agentes externos, como sujeiras e ainda facilita a fixação dos pigmentos.

Outro cuidado importante para os dias que sucedem o procedimento, é impedir exposição da derme ao sol para não alterar a coloração e não desbotar o desenho. Além de evitar piscina e academias, que são considerados ambientes propícios à contaminação, pelo menos até que a cicatrização esteja completa. Todo o processo cicatricial da tatuagem demora quase dois anos. Por isso, não é recomendável submeter a pele a nenhum outro tipo de procedimento invasivo, como uma nova tatuagem, até o fim desta etapa.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com