Negócios em Foco

Startup de Arquitetura de Interiores Digital acelerada no Google Campus disponibiliza simulador de custos de obra e decoração aos clientes


São Paulo 07/03/2018 17h34

Transparência, previsibilidade de custos e acessibilidade agora fazem parte da realidade da arquitetura de interiores no Brasil

Mudar de um imóvel para outro é um acontecimento que costuma vir acompanhado de um misto de sentimentos, dentre eles, ansiedade e expectativa.

Planejar a casa, pensar em como será a vida naquele novo espaço é uma delícia. Arrumar tempo para execução, parear custos e orçamento costuma ser uma preocupação, encontrar fornecedores de confiança e garantir que o resultado final seja tão incrível quanto as imagens do Pinterest costuma ser um desafio e tanto.

A verdade é que todo mundo quer uma a sua cara, um espaço para receber amigos, ver Netflix, mas poucas pessoas acreditam que seja possível se mudar, montar uma casa a sua cara e se manter dentro do orçamento inicialmente previsto.

Foi pensando nisso que Giovana Carvalho e Larissa Soares, economista e administradora formadas na FGV, fundaram a Em Canto Meu. A startup de arquitetura de interiores funciona em um modelo diferente do tradicional, é acelerada no Google Campus e desenvolveu mais de 300 projetos em menos de um ano de operação.

"Os espaços físicos influenciam como nos sentimos, nos comportamos e nos relacionamos e queremos espalhar o bem-estar através do ambiente", diz Larissa Soares, cofundadora da Em Canto Meu.

O foco em personalização, atendimento em horário flexível e estendido e visibilidade de custos de execução tem funcionado bem para uma nova geração que busca ter a própria identidade traduzida em casa, e não apenas um um ctrl c + ctrl v de tendências expostas na Casa Cor.

"No início de cada projeto, os clientes recebem um simulador de custos de obra e decoração e uma equipe multidisciplinar composta também por arquitetos os ajuda a priorizar objetivos e alinhar o teto do orçamento, evitando as surpresas desagradáveis que todos temem na hora de reformar ou decorar", diz Giovana, em nota.

Já trazendo um spoiler, segundo as fundadoras da startup, considerando um apartamento de 50-80m² no contrapiso em SP Capital, os clientes da Em Canto Meu investiram de R$ 1500 a R$ 2100 por m² para deixá-lo pronto para morar.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com