Negócios em Foco

CHN inaugura sua Unidade de Transplantes


Niterói, RJ 30/04/2018 10h30

Quando o assunto é transplante, o maior hospital da região norte-leste fluminense traz ainda mais tecnologia e capacidade de atendimento. O CHN (Complexo Hospitalar de Niterói) inaugurou na semana passada sua Unidade de Transplantes, triplicando a quantidade de leitos e oferecendo o que há de mais tecnológico para melhorar a experiência dos pacientes.

Quarto do paciente transplantado na Unidade de Transplante do CHN - Crédito: Gustavo Bressan

Quando o assunto é transplante, o maior hospital da região norte-leste fluminense traz ainda mais tecnologia e capacidade de atendimento. O CHN (Complexo Hospitalar de Niterói) inaugurou na semana passada sua Unidade de Transplantes, triplicando a quantidade de leitos e oferecendo o que há de mais tecnológico para melhorar a experiência dos pacientes.

Hoje, o CHN é responsável por 60% dos transplantes de medula óssea feitos no estado do Rio de Janeiro, sendo a unidade que mais realiza esse procedimento. Com o setor especializado, o hospital conta com atendimento integral aos transplantados, tendo plantonistas 24 horas para auxiliar as equipes de médicos transplantadores. A tecnologia também está a dispor dos pacientes, entre elas estão os filtros de purificação do ar (HEPA) e um sistema de deionização da água (purificação).

Novidades da Unidade de Transplantes para os pacientes

- 26 leitos, sendo 11 suítes VIPs
- Dois consultórios para atendimento pré e pós-transplante
- Fisioterapia motora, respiratória e cardíaca
- Monitoramento online da pressão, temperatura e umidade do ar
- Varandas herméticas revestidas de vidro para interação com o meio ambiente
- Telão com paisagens e sensor de movimento para interação e jogos virtuais
- Filtros de ar com pressão positiva (HEPA)
- Sistema importado de purificação da água

Segundo Ilza Boeira Fellows, diretora-geral do CHN, para deixar o ambiente mais humano, o hospital fixou um telão no corredor do andar onde são transmitidas imagens e paisagens de vários países para ativar a memória do mundo externo. Os quartos também contam com sistema de reconhecimento de voz do paciente e monitoramento on-line para controle de temperatura, pressão e umidade do ar. Além disso, cinco leitos-dia (Day Clinic) estão à disposição, exclusivamente, dos pacientes pós-transplantados.

"Projetamos um espaço ideal para que os parentes do paciente possam acompanha-lo neste momento. O novo Espaço da Família é uma área ampla e aconchegante com cafeteria, ambiente aberto, televisores e computadores com sinal Wi-fi, local para leitura e sala de reuniões para conversa com a equipe de saúde", explica a dra. Ilza.

Sendo o único hospital privado quaternário da região norte-leste fluminense, o CHN também é credenciado pelo Sistema Nacional de Transplante (SNT) para realização de transplantes renais desde 1998; para medula óssea autólogo e alogênico desde 2007 e para musculoesqueléticos desde 2015. Em 2016, o hospital foi autorizado a realizar também transplantes de medula óssea alogênico não aparentado e haploidêntico.

"A Unidade de Transplantes coloca o CHN como a unidade transplantadora mais estruturada e bem equipada do estado do Rio, expandindo nossa capacidade na área de terapia celular em onco-hematologia", finaliza a diretora-geral.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com