Negócios em Foco

Segundo informações, 2017 marcou ano histórico no setor alimentício brasileiro


São Paulo - SP 21/05/2018 13h39

De acordo com Amilcar Lacerda, diretor-adjunto de Economia e Estatística da Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação, a safra agrícola foi um dos maiores fatores que fez com que 2017 se tornasse um ano marcante para a indústria alimentícia brasileira e também para o agronegócio mundial.

O ano de 2017 foi muito bom para vários setores brasileiros, pois foi um ano em que a crise do país diminuiu um pouco e quase tudo voltou ao que era antes. No setor alimentício, os resultados positivos não foram diferentes.

De acordo com Amilcar Lacerda, diretor-adjunto de Economia e Estatística da Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação, a safra agrícola foi um dos maiores fatores que fez com que 2017 se tornasse um ano marcante para a indústria alimentícia brasileira e também para o agronegócio mundial.

Foi com essa safra que a indústria alimentícia cresceu mais do que o esperado pelo PIB, que era de 0,7%.

O que esperar para 2018

Levando em conta que as condições climáticas estão sendo favoráveis tanto na área de plantação quanto no momento da colheita, em 2018 esses indicadores irão continuar tendo um grande crescimento, já que em 2017, mesmo com condições não tão boas, houve um aumento de 31%.

Por isso, empresas do setor alimentício podem ficar animadas para os resultados deste ano de 2018.

Resultados obtidos

No mês de agosto de 2017, foram somados 250 milhões de toneladas de grãos, 60 milhões a mais do que o resultado anterior. Esse valor foi dividido por 207,6 milhões da população e, então, deu-se um resultado final de 300 quilos de alimentos a mais para cada brasileiro, o que é um resultado extremamente positivo quando pensamos em uma época de crise no país.

Em se tratando de valores em questão de reais, em agosto de 2017 houve um crescimento no setor alimentício de 2,2% quando comparado com o mesmo mês do ano de 2016. As vendas em 2016 tiveram um resultado de 67,7% no setor para o varejo alimentício e 32,3% para food service.

O mais interessante é que essa indústria conseguiu ser responsável por mais de 7 milhões de vagas de empregos no setor de alimentos industrializados e conseguiu empregar mais de 1 milhão de brasileiros.

Boa oportunidade para as empresas

Com esses resultados positivos para o ano de 2018, empresas pequenas podem ter grandes oportunidades, como é o caso de muitas que começam a produzir produtos em pequena escala e aos poucos conseguem expandir o seu negócio.

Empreendedores da área que desejam obter bons resultados precisam continuar com o mesmo foco e determinação para conseguirem desfrutar ótimas conquistas nesse setor que está crescendo e se desenvolvendo cada vez mais. Afinal de contas, esse é um ótimo momento da economia e da sociedade para investir em alimentos.

Empresas que trabalham com respeito pelos seus clientes e se preocupam com a qualidade de seus produtos conseguem fazer parte desse marco histórico no setor alimentício com mais frequência, como é o caso da Fin’Arte, uma empresa do setor alimentício que vende bolos amanteigados de laranja, fubá, coco e abacaxi, , além de bolos americanos, brownies, fludens, também em versões light.

Essa loja online trabalha com o objetivo de oferecer para seus clientes o melhor em relação a respeito e qualidade dos produtos, para que todas as expectativas de seus clientes sejam superadas.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com