Negócios em Foco

Grupo IN anuncia parceria com Consórcio Nordeste


São Paulo 25/06/2020 10h53

Em parceria com Huawei Cloud, Qlik e Alteryx, a empresa auxilia governos do Nordeste no combate à pandemia por meio da análise de dados do aplicativo Monitora Covid-19

Com o avanço do coronavírus no Brasil, há empresas que oferecem soluções tecnológicas e estão se unindo com um olhar colaborativo para a sociedade, a fim de controlar os impactos causados pela pandemia e declinar a curva de infectados. Nesse contexto, o Grupo IN, disponibilizou para o Comitê Científico do Nordeste uma plataforma completa de análise de dados da Qlik para aprimorar com inteligência o desempenho do aplicativo Monitora Covid-19. A iniciativa também conta com a participação da Huawei Cloud, que oferece uma plataforma com foco em IA e Big Data, e a Alteryx, com uma solução desenvolvida para preparação e análise de dados avançada.

"Nossa união oferece um cruzamento de dados excepcional e completo. Por meio da análise, são extraídas informações que enriquecem a base de dados, contribuem com pesquisas e tomadas de decisões assertivas para os governos dos Estados, bem como informações que podem ser acessadas a qualquer momento pela população por meio do aplicativo, podendo ser utilizadas como justificativas para as ações dos governos. Orientações de compras de medicamentos, determinação de lockdown, quais territórios devem ser evitados, flexibilização da quarentena, entre outras decisões, são executadas de acordo com as curvas de infecções de cada região, que podem ser analisadas na Sala de Situação da plataforma", conta Roberto Guerra, CEO do Grupo IN.

Desenvolvido pelo Consórcio Nordeste, o Monitora Covid-19 foi disponibilizado para acesso em abril de 2020, podendo ser utilizado pela população de qualquer Estado brasileiro, visto que atualmente conta com mais de 70 mil cadastrados, sendo 90% dos usuários habitantes do Nordeste. O aplicativo monitora suspeitos e infectados pelo coronavírus com o objetivo de contribuir com a segurança e saúde da população e pode ser instalado por meio de smartphones e tablets. Após a instalação, o usuário realiza o cadastro, responde às perguntas que funcionam como triagem de classificação de risco e recebe o seu devido encaminhamento, podendo usufruir de atendimento médico por ligações telefônicas e chat. Dessa forma, o algoritmo do Monitora Covid-19 faz a classificação do usuário conforme as respostas. Com a contribuição da expertise e tecnologias dos parceiros no projeto, o aplicativo foi aprimorado para melhor contribuir com os governos dos Estados.

"A Huawei Cloud, juntamente o Grupo IN, forneceu a infraestrutura de nuvem responsável por hospedar o painel do aplicativo Monitora Covid-19, a qual tem atendido muito bem às crescentes demandas de acessos", destaca Erik Nabarrete Schanz, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da empresa. "Somos parceiros da IN há mais de um ano e estamos muito contentes em unir forças novamente, porém, desta vez, com a responsabilidade de auxiliar as vidas dos brasileiros, como também a retomada das atividades econômicas" completa o executivo.

Entre os integrantes do Consórcio Nordeste, há nomes importantes no comitê científico que já contribuem com a saúde da população e fazem parte do projeto, auxiliando no combate à proliferação do vírus, como o neurocientista, professor e pesquisador Miguel Nicolelis e o médico sanitarista, Doutor Hêider Pinto. Para Hêider, a contribuição das empresas são essenciais para a eficácia do Monitora Covid-19 e conta: "A parceria com a IN intensificou-se em maio, com a criação da Sala de Situação, fator extremamente importante para o projeto, pois nela estão concentradas as informações coletadas e que permitem a identificação de casos suspeitos e, juntamente, a localização desses usuários. Com isso, conseguimos fazer uma análise do local no qual eles se encontram e seguimos com ações territoriais. A análise de dados relacionada aos sintomas também é extremamente relevante para estudarmos, a cada dia, as características da doença e as condições de saúde, idade, doenças crônicas, entre outros, em cada usuário suspeito. Por fim, tomamos as medidas preventivas e podemos melhorar o auxílio à população".

A Sala de Situação cruza os dados do Monitora Covid-19 com outros nacionais do sistema de informação da epidemia, que reúne informações sobre quantidades de casos confirmados e suspeitos, quantidade de testagens realizadas, leitos ocupados e disponíveis, dados de isolamento social, mobilidade urbana, movimentação nas vias rodoviárias, entre outros. Todos os dados são monitorados na Sala de Situação e resultam em tomadas de decisão que auxiliam no combate à pandemia e oferecem segurança e confiança aos brasileiros, como também a retomada das atividades econômicas para o novo normal, período em que o aplicativo também poderá atuar e auxiliar a população.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com