Negócios em Foco

Thiago Mendes acabou relegado ao banco de reservas pela primeira vez diante do Benfica, na última quarta-feira, na Liga dos Campeões


Palmas-TO 25/10/2019 00h07

Reforço de peso e titular absoluto desde o início da temporada no Lyon. Incomodado com a reserva, Thiago Mendes rebate indireta do presidente do Lyon: 'Estou à disposição para escutá-lo'

Reforço de peso e titular absoluto no início de temporada no Lyon, Thiago Mendes acabou relegado ao banco de reservas pela primeira vez diante do Benfica, na última quarta-feira, na Liga dos Campeões. Respeitou a decisão do recém-chegado Rudi Garcia, mas logicamente não gostou de ter perdido a vaga neste jogo.

"Primeiramente, é o treinador que manda. Só tenho que acatar as ordens. Agora, na minha opinião, não gostei muito. Nenhum jogador gosta de ficar na reserva, todo mundo gosta de jogar. Mas não é por isso que vou baixar a cabeça. Não vou me abater", desabafou o meia brasileiro, logo após a derrota por 2 a 1 para os portugueses, na Luz, em Lisboa.

Comprado do Lille por 25 milhões de euros (R$ 113 milhões) em julho deste ano, o ex-são-paulino também rebateu a recente indireta do presidente Jean-Michel, que, "desiludido", acusou publicamente alguns reforços de serem "sombras daquilo que eram nos clubes anteriores".

"Não sei o que presidente quis realmente falar sobre isso. Estou aberto. Se ele quiser falar, estou à disposição para escutar. Ele tem todo o direito, os resultados não estão vindo e as coisas acabam sobrando para alguém. Está na hora de abrir os olhos e colocar os pés no chão. Precisamos trabalhar para buscar resultados que mudem isso tudo", destacou.

Completou:

"Estamos vivendo uma má fase. A nossa equipe estava muito bem no começo da temporada, mas infelizmente estamos passando por uma fase ruim. Acho que uma vitória muda tudo isso".

Antes de ser substituído do time titular, Thiago Mendes, que está no futebol da França desde 2017, ainda ouviu do novo treinador que "precisa urgentemente aprender a falar francês".

"Isso atrapalha mesmo. No mundo do futebol a gente precisa se adequar o mais rápido possível. A forma de você se comunicar na França é um pouco difícil para mim, mas já estou fazendo aula. Acho que vou falar fluentemente logo logo, porque entendo bastante os franceses, mas falar é um pouco difícil. Logo logo tiro isso de letra", explicou.

Thiago Mendes chegou ao Lyon juntamente com Sylvinho, que acabou demitido depois de apenas 11 jogos no comando do time. O meia brasileiro garantiu que fez o que pôde para tentar ajudar o compatriota.

"É meio complicado, né? Quando o resultado não vem, sobra para alguém. Infelizmente sobrou para o treinador. Fiquei um pouco chateado, tentei ajudá-lo o máximo que pude. Desejo que o Sylvinho siga a carreira de treinador e tenha sorte", finalizou.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com