Negócios em Foco

Basculante fabricado com aço de alta resistência da SSAB: aumento da vida útil e redução do tempo de fabricação


São Paulo 28/08/2020 13h54

Novo design dos equipamentos, implementado pela CIP, fabricante chilena, reduzindo os tempos de produção na fábrica e aumentando a vida útil e a produtividade das operações.

A empresa CIP, fabricante de equipamentos para transporte, há 14 anos no mercado chileno, produziu um basculante com material Hardox® 450 da SSAB, empresa multinacional sueca e líder mundial na fabricação de aços considerados entre os mais resistentes do mundo. A solução, que já está no mercado há 10 anos, demonstrou benefícios, como o aumento da vida útil e a redução do tempo de fabricação do equipamento, aumentando em 40% a produção.

"Cerca de 70% dos componentes do basculante são usados com material Hardox®450 da SSAB", afirmou Gonzalo Parry, diretor de operações da CIP. Desde 2002, a CIP fabrica basculantes, tanques e carrocerias de acordo com os requisitos específicos de cada um de seus clientes, com o objetivo de criar e fabricar soluções tecnológicas eficientes e inovadoras para o manuseio do material nos equipamentos de transporte, tanto no setor de mineração, quanto no de construção e transporte de carga em geral. O Hardox® 450, fabricado pela SSAB, é um aço resistente à abrasão que combina boas qualidades na capacidade de dobra e solda, e pode ser usado em uma grande variedade de componentes e estruturas submetidos ao desgaste, proporcionando resistência contra abrasão, assim como uma vida útil maior, sendo, portanto, mais rentável. É o material mais indicado para as aplicações que precisam suportar condições mais severas sem ocasionar rachaduras ou deformações, como nas aplicações do setor de mineração.

Gonzalo Parry explica que o motivo da busca por uma nova solução foi a redução de peso, assim como implementar a resistência ao uso, ao impacto e aos desgastes: "Inicialmente, era fabricado um modelo de basculante muito mais pesado do que os atuais, que era próprio da mineração antiga. A capacidade usada para movimentação entre as tarefas era muito mais reduzida em comparação com a atual.

Ao longo do tempo, a fabricação de caminhões foi aperfeiçoada e, atualmente, como há uma maior capacidade de transporte de carga útil, nós, como fabricantes, nos sentimos obrigados a reduzir o peso do basculante", explica o diretor. "No entanto, por outro lado, não podíamos sacrificar a rigidez e a robustez que o basculante tem hoje e queríamos que ela fosse melhorada". Para isso, recorremos à SSAB, que tinha um design mais ágil no sentido de que era melhor trocar os aços para ter um peso bem menor do equipamento. "Essa combinação foi perfeita e o design que temos hoje, temos há pelo menos seis ou oito anos, e ele nos proporciona bons resultados. Já ganhamos experiência com esse modelo nos últimos anos, trabalhando na mineração e na construção: a vida útil é mais do que esperávamos e os clientes acham que o equipamento funciona bem".

Parry conta que, três anos depois do primeiro basculante fabricado pela CIP, eles viajaram para o norte do Chile para visitar empresas de mineração, junto com o gerente técnico e um especialista em desgaste da SSAB da Suécia, e corroboraram sobre o comportamento final do equipamento, que já funcionava há alguns anos. "Percebemos que, com os resultados finais, com números exatos e medições de desgaste e espessura, os basculantes tinham uma vida útil maior do que o projetado", disse o diretor, destacando que o cliente podia confiar que o equipamento não ia se desgastar com o tempo. "E isso foi convencionado: claramente, o basculante tinha um bom design e o aço estava cumprindo com o que tínhamos prometido".

Para o desenvolvimento do basculante, Parry conta que os técnicos da SSAB forneceram todo o aporte para completar o design final do equipamento. Como a fabricante usa o kit completo da SSAB do Chile (no Chile, a SSAB tem seu próprio centro de serviço, onde são fabricadas as peças e os kits que são entregues de acordo com a necessidade dos clientes), com todos os componentes que fazem parte do basculante, a CIP facilita o tempo de produção. "Ocupamos poucas horas de trabalho na fabricação desse modelo e isso nos possibilitou 40% de aumento na produção em comparação com 10 anos atrás, o que nos permite maximizar muito mais o tempo de fabricação e de entrega, o que é muito valorizado pelo cliente. Além de a caixa ser boa", completou Parry. Para a fabricante, em termos de fabricação, os prazos melhoraram consideravelmente. "Dentro do Chile, sabemos que somos os fabricantes mais rápidos na produção de basculantes", adicionou o diretor.

Gonzalo conta que, a princípio, os clientes resistiam a aceitar o novo modelo porque havia menos componentes estruturais em comparação com o modelo antigo. "O paradigma era que, se houvesse menos ferro, menos características, o resultado não seria bom, haveria deformações e os reparos seriam custosos", disse. "Nós insistimos e, em poucos anos do lançamento do modelo, os clientes perceberam que o basculante efetivamente se deformaria porque ele tinha sido projetada para isso, mas ele também contava com propriedades que o faziam voltar à sua forma original", adicionou o diretor. Os clientes viram que era possível carregá-lo com materiais muito pesados e mais exigentes e, mesmo assim, ele aguentava e resistia a todas as exigências. O design era apropriado e ultrapassava as expectativas que eles tinham. O equipamento já é comercializado pela CIP, no Chile, há sete anos. "Já mudamos para o modelo atual e ele é o que os clientes esperam. Eles não esperam mais que voltemos para o modelo anterior, pois já fizemos a mudança de paradigma de um design para outro", afirmou o diretor.

Desde 2008, a CIP faz parte do Hardox® In My Body, um programa global de associação da SSAB que garante ao usuário final que as peças de desgaste do equipamento que ele está comprando sejam totalmente fabricadas com o aço Hardox®. A autorização para colocar o logotipo Hardox® In My Body em equipamentos fabricados com aço Hardox® resistente ao desgaste somente é concedida aos melhores fabricantes, cujos produtos atendem aos requisitos de qualidade da SSAB. "Começamos a usar os aços da SSAB faz 10 anos, utilizando exclusivamente as chapas Hardox®. Somos uma das poucas empresas encarregadas de escolher os diferentes tipos de modelos de chapas e temos fidelidade como cliente. A SSAB nos responde técnica e comercialmente, e esses são valores que se obtêm com o tempo. Temos uma boa aliança com as pessoas que estão a cargo da SSAB no Chile, o que nos permite que o trabalho seja bastante fluido", comenta Gonzalo Parry.

Para Parry, a experiência com a SSAB ajudou na manutenção da produção e da qualidade dos produtos, além de ajudar a aumentar a produção e a qualidade ao longo do tempo. "De todos os nossos provedores, a SSAB é estratégica, pois, um de seus grandes alicerces nos alimenta técnica e seguidamente com novos produtos, avanços e designs, e essas informações são muito importantes", disse. "O que mais nos favoreceu ao ter uma parceria com a SSAB é nossos produtos terem uma qualidade superior em comparação com a anterior e, além disso, nosso tipo de fabricação nos ajuda muito no modo como entregamos os materiais. Essa é uma opção ótima para nós", termina Parry.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com