Negócios em Foco

Tipos De Algas Na Água Da Piscina E Como Tratá-las


São Paulo 25/06/2020 16h36

Ainda que você faça a manutenção de sua piscina com regularidade, em algum momento ela pode ser contaminada por algas. Apesar de não serem nocivas para os banhistas de forma direta, as algas propiciam a proliferação de bactérias. Assim, são as bactérias que podem causar doenças e ainda comprometer a aparência da água.

A presença de algas na piscina pode ser notada pela mudança de coloração da água, que se torna esverdeada. Então, se você deseja saber como tratar a água verde da piscina, continue lendo este artigo da hth®!

- O que são as algas na piscina?

As algas podem ser definidas como plantas que não afetam o homem diretamente, mas promovem a proliferação de bactérias na água. Assim, são as bactérias que causam doenças e problemas de pele, exigindo um cuidado ainda maior no tratamento da piscina.

Além disso, a presença de algas na piscina faz com que haja alteração na coloração da água, que se torna esverdeada. Por consequência, a água perde sua cristalinidade e beleza, sendo pouco convidativa para os banhistas.

Vale destacar que as algas, que têm formato microscópico, são transportadas pelo pela chuva e pelo vento. Por isso, piscinas pouco usadas devem ser mantidas com uma lona/capa de cobertura, porém a capa não previne em 100% a proliferação das algas.

As algas na piscina reproduzem-se muito rapidamente, e não existe uma forma de prevenir que se instalem na sua piscina. Portanto, o objetivo é evitar que se desenvolvam, eliminando-as logo no início e prevenindo a sua proliferação.

Quais tipos de algas existem?

Em termos biológicos, existem mais de 20 mil espécies de algas. Mas, na piscina, esses diversos tipos de algas são classificadas de acordo com a cor adquirida. Então, basicamente, são 4 os tipos de algas que podem infestar uma piscina:

Algas Verdes

A forma mais comum de alga nas piscinas é a alga “verde”. Elas podem flutuar livremente na superfície da água (tornando a água esverdeada) ou se agarram às paredes e às bordas da piscina, causando manchas verdes.

Apesar de se espalhar rapidamente, decerto, esse tipo de alga é tratada de maneira bastante simples. Para isso, é importante fazer escovação ou aspiração, além de usar produtos específicos como o hth® Previne Água Verde (algicida de manutenção) com formulação livre de cobre.

Algas Pretas

As algas negras geralmente não alteram a cor ou a cristalinidade da água. Mas fazem com que a piscina pareça ter manchas pretas na superfície. Elas se formam nos rejuntes das piscinas de alvenaria.

Algas Amarelas

De cor amarela ou acastanhada, essas algas de piscina não se desenvolvem com tanta rapidez se comparadas às algas verdes de piscina. Contudo, também são mais difíceis de serem removidas, e costumam se proliferar nas paredes da piscina que ficam sob as sombras.

Algas Rosas

Apesar do nome, essas algas não são algas, de fato. Em verdade, são fungos que assumem uma consistência espumosa na superfície da água, sendo facilmente eliminadas.

- Como eliminar as algas de sua piscina

O primeira passo para remover as algas é fazendo a limpeza física da água. Ou seja, faça a escovação das paredes e do fundo. Com uma peneira, retire sujeiras, folhagens, insetos e outros detritos que estejam na água.

Aspire a piscina, lembrando também de limpar o cesto do skimmer. Depois começa o tratamento químico da água.

- Eliminando as algas com os produtos hth®

A hth® oferece dois produtos muito eficientes para tratamento de piscina, que ajudam a eliminar a água verde. O primeiro é o hth® Solução Água Verde – Algicida de choque. Além de combater as algas, este produto não contém cobre e, por isso, não deixe os cabelos e nem revestimento da piscina esverdeados.

Antes de aplicar o algicida na piscina, é essencial avaliar os parâmetros da água com a hth® Fita Teste. A Fita Teste avalia os 4 parâmetros (pH, alcalinidade, cloro livre e ácido cianúrico) de uma só vez. Assim, você poderá fazer os ajustes necessários seguindo a indicação de cores do rótulo do produto.

Coloque o filtro na posição recircular e aplique, na água da piscina, o hth® Solução Água Verde – Algicida de choque, na dosagem de 7ml para cada 1.000 litros de água. Então, faça os seguintes passos:

• Deixe recircular por 6 horas;

• Deixar a piscina em repouso por 8 a 12 horas;

• Coloque o filtro na posição drenar;

• Faça a aspiração do fundo da piscina;

• Complete o nível da água.

- Não esqueça da cloração para purificar a água!

Quando sua piscina já estiver livre das algas por ação do hth® Solução Água Verde – Algicida de choque, lembre-se de fazer a cloração da sua piscina, utilizando 18g do hth® Cloro Aditivado Mineral Brilliance para cada 1.000 litros.

Esse produto é indicada para piscinas domésticas. Já as piscinas de clubes e academias podem utilizar 14g do hth® Cloro Concentrado Tradicional para cada 1.000 litros de água.

- Tratamento de algas verdes com o hth® Green to Blue

O hth® Green to Blue tem duas funções: eliminar a água verde e sanitizar a água, transformando a água verde em cristalina em até 12 horas. Após avaliar os parâmetros da água com a hth® Fita Teste e corrigi-los, se necessário, coloque o filtro ligado na posição recircular e adicione todo o conteúdo da embalagem hth® Green to Blue – Etapa 1.

Passados 30 minutos, adicione, no skimmer ou pré-filtro da piscina, todo o conteúdo da embalagem hth® Green to Blue – Etapa 2. Uma hora após a aplicação dos produtos, desligue a recirculação da piscina e espere por mais 8 horas pela decantação das sujidades contidas na água. Enquanto a decantação ocorre, aproveite para escovar as paredes e retirar as algas.

A próxima etapa é colocar o filtro na posição drenar, aspirar o fundo da piscina e completar o nível da água. Pronto! Sua piscina estará novamente limpa, saudável para banho e muito mais bonita e cristalina!

Conte com os produtos hth® para cuidar da sua piscina!


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com