Negócios em Foco

A influência do cinema na moda masculina


01/11/2018 14h03

O cinema e a moda masculina sempre estiveram lado a lado na história. Sempre foi comum que as roupas e estilos utilizadas nos universos dos filmes virassem tendência.

Em 2013, uma pesquisa da USP constatou que a mídia influencia na satisfação corporal dos jovens, mas não é apenas com relação ao corpo que o cinema e a TV ditam padrões, mas no que se coloca neles também: as roupas.

O cinema e a moda masculina sempre estiveram lado a lado na história. Era bastante comum que as roupas utilizadas pelos atores principais virassem tendência e eram amplamente procuradas em lojas e alfaiatarias das cidades.

Até hoje, vários filmes e atores consagrados ainda são tidos como ícones fashion da atualidade ou de épocas importantes no Brasil e no mundo, e até mesmo tendo suas obras como referências para entender como se dava a sociedade naquele período em questão.

Considerado um ícone da cultura e moda pop, Jim Stark de “Rebele Sem causa” era a personificação do homem bad boy nas telas do cinema da década de 50. Na vida real, James Dean também era uma pessoa fora do padrão, amante de esportes (principalmente de corridas de carro) e por isso, acabava inspirando muitos jovens a serem como ele, não apenas na personalidade, mas também no modo de se vestir.

O look mais famoso do ator era a sua calça jeans azul de cintura alta e sua camisa básica branca, e claro, óculos escuros e jaqueta estilosos para o compor a vestimenta jovem e intimidadora.

Até hoje esse modelo despojado é visto, principalmente entre os mais jovens, onde o menos é mais e a riqueza de tons neutros acabam trazendo uma composição mais harmônica e ao mesmo tempo moderna e sedutora.

Marlon Brando foi um dos primeiros atores que de fato atuaram como personagens que mostravam a vida real, já que antes dele, os filmes tinham temas mais voltados para a fantasia. Seu estilo é parecido com o de Dean, um visual mais revoltado e com predominância das camisas brancas e jaquetas de couro.

Um detalhe interessante é que naquela época ainda não existia as noções de figurino e caracterização de personagem, ou seja, as roupas de Marlon realmente eram usadas por ele sem seu dia a dia, sendo um assim um dos ícones da moda masculina até hoje.

Nas décadas de 60 e 70, quem comandava os guarda-roupas de homem de todo o planeta era o Steve McQueen, que também era conhecido como “rei do cool”.  Famoso por interpretar anti-heróis nos filmes de Hollywood, seu estilo mais descontraído e desportivo também lhe renderam a fama, usando suas famosas camisas de gola rolê, óculos escuros e boinas.

Clark Gable, galã do filme “E o Vento Levou” também fez bastante sucesso entre o público feminino e masculino. Seu estilo mais arrumado, com ternos de alta-costura, cabelo e bigode alinhados também serviu de inspiração para muitos jovens da época, principalmente os bem-sucedidos.

Humphrey Bogart atuou como Richard Blane no clássico filme “Casablanca”. O personagem não ficou famoso apenas pelas suas falas e desenvoltura, mas também pelo seu estilo único, no qual combinava seu terno branco ou casaco trench coat com um chapéu fedora que virou uma verdadeira febre entre os homens da época.

Os Embalos de Sábado à Noite foi um marco do cinema que marcou e ilustrou bem como era a vida na década de 70. John Travolta. Roupas mais coloridas, terno branco e calças boca de sino eram só algumas das peças que faziam o look e personalidade de Tony Manero, personagem principal da obra.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com