Negócios em Foco

Das rodas de capoeira às telas virtuais


CURITIBA 17/07/2020 13h34

Professor de capoeira se reinventa durante a pandemia, faz aulas online, em condomínios e ensina outros educadores a formar turmas em uma semana

O educador físico Marcel Stocco - conhecido como professor Cabeção – numa de suas aulas de capoeira online - Divulgação

Com as academias e escolas fechadas em virtude das medidas de prevenção ao Coronavírus, os professores tiveram que se reinventar para manter os clientes em forma, as atividades profissionais e parte dos rendimentos mensais.

Um dos primeiros a migrar para o mundo virtual no Paraná foi o educador físico Marcel Stocco - conhecido como professor Cabeção. Com as aulas presenciais suspensas, ele viu o faturamento de sua empresa – o Instituto Tribus - cair em 90%, mas em vez de lamentar, tratou de achar soluções.

Assim, no mês de março, ele começou a realizar aulas de capoeira online, gratuitamente. A aceitação foi rápida. “Mais de mil pessoas do Brasil e de outros países já participaram dessas aulas virtuais. As crianças adoram e os pais ficam encantados, pois todos se divertem juntos, praticam exercícios de maneira lúdica e relaxam no home office”, conta.

A ideia deu tão certo que pouco depois ele criou um ‘combo esportivo’. Por R$ 80 mensais, toda família participa de três aulas virtuais de capoeira, ao vivo, semanalmente. E se quiserem, também podem interagir nas aulas gratuitas que continuam todos os sábados, às 11h, pela plataforma ZOOM [ID 3742352709, a senha é a data do dia].

Em casa sim, parado nunca

Uma das clientes do professor Cabeção é a Carina Zanier, mãe do garoto Pedro Zanier Leprevost, de 9 anos. “Ele pratica capoeira há pelo menos três anos e percebi a diferença em relação à concentração e outros benefícios à saúde. Com as aulas online, Pedro se diverte e ainda deixa o computador de lado”, explica.

As aulas virtuais tem sido tão importante que a família instalou um ‘saco de pancadas’ – desses utilizados por boxeadores - no meio da sala. Dessa forma, ela, o filho e o marido Ney Leprevost se reúnem para os exercícios e a descontração em conjunto.

Já a médica Karyna Bustelo Saab – mãe do Lorenzo, de 4 anos – achou que o filho não ia se adaptar às aulas virtuais. Duas apresentações depois, viu que o menino estava se divertindo e acompanhando todas as atividades. “Ele adora, faz todos os exercícios e dá um monte de gargalhadas com os amigos”, alegra-se.

Mais inovações

Essa mobilização também levou o professor Cabeção a ministrar aulas online a novos públicos de condomínios residenciais. Por sugestão de um amigo, ele organizou uma turma de 8 crianças. Pouco depois, formou outra com dez crianças e os trabalhos virtuais ganharam intensidade.

Agora, o mestre Cabeção deseja ajudar outros educadores a formar suas turmas. Por isso, ele e o contramestre Edson Ribeiro (Burca) vão fazer uma Live neste domingo (dia 19 de julho), às 19h, para ensinar como é possível formar uma classe virtual em apenas uma semana.

“Vamos apresentar 20 ideias para captar e reter alunos, mostrar aulas experimentais que estimulam a participação do público e um plano de ações para que todos os educadores mantenham seus trabalhos e rendimentos”, conta Stocco.

A participação é gratuita e os interessados devem enviar uma mensagem pelo WhatsApp 41-99173-1151 até às 12h de domingo.

Com ideias e novas ações, os rendimentos melhoraram. “Não está como antes de pandemia, mas já vejo luzes no caminho. Vou continuar esses trabalhos, ajudar os alunos e suas famílias com exercícios de maneira descontraída, com preço acessível e ajudar outros educadores para que também encontrem saídas nesse momento de pandemia”, enfatiza Marcel Stocco, o professor Cabeção.

Sobre o Instituto Tribus:

Fundado em 2009 pelo educador físico Marcel Stocco, o professor Cabeção, o Instituto Tribus atende mais de 2 mil pessoas - entre crianças e adultos - em Curitiba e Região Metropolitana. Está presente em 50 escolas e conta com uma equipe de sete instrutores, capoeiristas profissionais.

Seu objetivo é formar cidadãos que valorizem a vida, desenvolvendo a parte física, a moral e o intelecto. Entre seus diferenciais está um projeto pedagógico exclusivo que une os princípios da capoeira aos princípios pedagógicos, fazendo uso de materiais de treinamento desportivo, funcional e brinquedos infantis.

O Instituto também responde pelo projeto de Biocapoeira, desenvolvido junto aos colaboradores de empresas de pequeno, médio e grande porte, trazendo benefícios que refletem na saúde, no relacionamento, na motivação e nos resultados do grupo de profissionais envolvidos.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com