Negócios em Foco

Unibem lança serviço de mapeamento para o eSocial


São Paulo -SP 25/07/2018 01h19

Solução foi criada para sanear erros de empresas no envio de dados de Segurança e Saúde do Trabalho ao Governo

Edvaldo Galano, sócio-diretor cria Mapa de Saneamento para o eSocial - Charles Mendes

A Unibem Saúde Ocupacional e Medicina do Trabalho criou um meticuloso e exclusivo serviço de Mapa para Saneamento do eSocial, para que empresas possam se adequar rapidamente às exigências do Governo em relação à Segurança e Saúde do Trabalho (SST). O mapeamento é feito com base na análise do banco de dados de cada empresa, de documentos contratados e módulos utilizados. A partir daí, entram em ação os especialistas em Segurança e Saúde do Trabalho da Unibem, que orientam praticamente, passo a passo, o que deve ser feito para mitigação de riscos com multas.

O eSocial exige diversos dados consistentes referentes ao histórico e funções do trabalhador, que devem ser enviados em ordem cronológica ao Governo, obedecendo a leiautes específicos.

Foi por isso que Edvaldo Galano, sócio-diretor da Unibem, decidiu criar o "mapeamento" que, não somente visa a implementação e a adaptação ao eSocial, mas também corrige processos equivocados que já estavam sendo praticados antes da chegada do eSocial.

“O mapeamento ou saneamento funciona assim: Atualizamo-nos sobre as versões de leiautes do eSocial, comparamos com os dados que temos e informamos às empresas, campo a campo, qual área está preenchida, não preenchida ou disponível para preenchimento pelo usuário”, explica o empresário.

O executivo esclarece que mapear para o eSocial é descobrir onde estão os possíveis equívocos e pontos fracos das empresas, fazer o correto envio de dados sobre SST ao Governo, especialmente do ponto de vista cronológico, corrigindo erros com a ajuda de especialistas que meticulosamente irão analisar o processo que os profissionais de RH vêm fazendo.

De acordo com a Unibem, o serviço é feito em duas etapas: Na primeira, compara-se os dados das empresas com base nos leiautes do eSocial (referente a SST). Na segunda etapa informa-se às empresas sobre campos que estão preenchidos e campos onde é necessário algum tipo de tratamento para se adequar. Tudo isso, segundo o porta-voz da Unibem, é realizado por profissionais essenciais que atuam em duas frentes: A primeira frente é a Área Técnica, que estuda os dados dos documentos contratados; a segunda é a Área de Controle de Qualidade, que verifica o banco de dados e compara as informações com os leiautes atualizados do eSocial.

Com o lançamento do novo serviço, a Unibem pretende orientar as empresas com segurança e clareza nas informações, para que elas possam, em tempo hábil, se adequar, regularizar documentações e garantir que as informações estejam corretas e completas. E, ainda, sanar práticas que eram feitas antes da chegada do eSocial, focando principalmente em gestão de RH.

Há dois anos, antes mesmo do eSocial entrar em vigor e ser impositivo às empresas brasileiras, a Unibem vem criando uma série de serviços exclusivos que são destinados aos seus clientes. Essa antecipação é uma das estratégias da empresa para continuar sendo uma das maiores empresas de Saúde Ocupacional do país.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com