Negócios em Foco

Conhecimentos em tecnologia serão trabalhados na oficina de Informática do + APAE Inclusão


Santo André (SP) 16/11/2018 15h49

Cerca de 40 alunos participam do curso profissionalizante do projeto da APAE de Santo André que irá qualificar jovens com deficiência para o mercado de trabalho

DINO

Qual a primeira coisa que você pensa sobre um curso de informática? Pessoas sentadas em frente ao computador aprendendo como utilizar softwares? Este pensamento é o oposto do que é apresentado nas oficinas de Informática do projeto + APAE Inclusão, da APAE de Santo André. Aprovado no FUMCAD e sucesso no primeiro semestre do ano, o projeto possui o objetivo de ofertar possibilidades de empreendedorismo e empregabilidade para jovens com deficiência intelectual. As atividades da segunda fase iniciaram em agosto com 155 inscritos - sendo 40 matriculados na oficina de Informática.

A pedagoga Cyntia Staller Santos é a responsável pela oficina de Informática, em que a rotina é bem dinâmica: conversas, exposição dos assuntos do dia na lousa, treino de memória curto prazo dos conteúdos anteriores, exercícios individuais com auxílio dos computadores, atividades no caderno, dinâmicas de grupo, trabalho em grupo, vídeos e exercícios complementares para casa via e-mail, "Eles demonstram curiosidade em todos os assuntos estudados, como mundo digital, Word, Excel, Facebook, e-mail, postura e ética profissional, games e profissões da informática", conta.

De acordo com ela, cada aluno tem um universo peculiar e o conteúdo da disciplina deve ser adaptado para que eles possam assimilar o conhecimento. "Estamos trabalhando noções básicas de informática, coisas que eles vão usar no mercado de trabalho. A gente não perde o foco de uma capacitação profissional. Então, com as minhas turmas eu deixo isso bem claro", diz. Aproximadamente R$ 40 mil foram investidos em equipamentos como impressora, mesas, computador, processador, teclado e mouses

O conceito de postura profissional é assunto muito debatido em sala de aula. Um dos módulos preparados pela professora é sobre como buscar um emprego, em quais sites fazer pesquisas e como elaborar um currículo de maneira simples. Também foi criado um grupo no Facebook e e-mail para cada aluno. "A linguagem digital e as próprias redes sociais são uma excelente ferramenta para se trabalhar com jovens. Na questão da identidade digital, a gente reflete sobre o comportamento e a ética: o que é interessante postar? O que eu posso fazer? O que é bom pra minha imagem? A gente também deixa um tempo livre para eles acessarem a internet, mas sempre monitorando", explica a professora.

Aulas complementares são enviadas por email para os alunos estudarem como dever de casa, como vídeos no YouTube, que possuem uma linguagem acessível para eles. Outra atividade prevista na oficina de Informática são as aulas interdisciplinares com a oficina de Rotinas Administrativas, em que se trabalha as rotinas de um modo geral, funcionamento de escritório e postura. "Essa troca é muito legal porque vai ao encontro do que eles realmente vão sentir no mercado de trabalho. A gente reúne as turmas uma vez a cada 15 dias, ou uma vez por mês", diz.

MERCADO DE TRABALHO

No ensino, é necessário trabalhar o lado da autoestima para que os alunos sejam mais confiantes e tenha consciência de que possam fazer o que lhes é pedido. É o que garante a pedagoga Cyntia. "A gente fala de perseverança, de como se organizar nesse universo, no mercado de trabalho, o foco, como trabalhar em equipe, como eu vou me colocar diante das dificuldades que possam surgir no ambiente de trabalho. Isso tem sido enriquecedor e as horas voam", destaca a professora.

As oficinas são destinadas a pessoas com deficiência intelectual entre 12 e 17 anos que residam em Santo André. Há programas de capacitação nas áreas de: Panificação, Audiovisual, Informática, Rotinas Administrativas, Artesanato e Corte e Costura. Outras 150 vagas serão oferecidas no segundo semestre do ano.

SERVIÇO
+ APAE Inclusão

Facebook: @maisapaeSA
http://apaesa.org.br/
Email: apaesa@apaesa.org.br
Telefone: (11) 4993-3550

O + APAE Inclusão é realizado através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD) e é apresentado pela Comgás. Possui o patrocínio de Arysta, Brasilcap, Cielo e copatrocínio de CVC, Capitale Energia, Cerâmica Atlas e Grupo Feital - Inox Tech.



Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com