Negócios em Foco

Acompanhamento personalizado via aulas particulares contribui para atenuar a reprovação e evasão escolar


27/11/2018 15h05

Segundo o Censo Escolar do Ministério da Educação, na Educação Básica, mais de 10% dos alunos (cerca de 3 milhões).

DINO

Infelizmente, a reprovação e evasão escolar são problemas sérios enfrentados por muitos estudantes brasileiros. Dados recentes do relatório Education at a Glance 2018: OECD Indicators  apontam que mais da metade dos brasileiros não concluiu o Ensino Médio mediante reprovação ou evasão escolar. Tal índice é mais do que o dobro da média da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e nos deixa atrás de países vizinhos como Colômbia, Chile e Argentina.

Ainda segundo o relatório, a evasão escolar no país após os 14 anos aumenta significativamente. Apenas 69% dos alunos entre 15-19 anos (contra 85% no resto do mundo) e 29% dos entre 20-24 anos encontram-se matriculados. Além disso, segundo o Censo Escolar do Ministério da Educação, na Educação Básica, mais de 10% dos alunos (cerca de 3 milhões), foram reprovados em 2016, sendo mais prevalente nas regiões Norte e Nordeste. Tais reprovações custaram aos cofres públicos quase R$16 bilhões, referentes ao custo total dos alunos que repetiram uma série, incluindo despesas desde material escolar até salário dos professores.

Atingindo um índice percentual de alunos até três vezes maior do que ocorre nos países desenvolvidos, o gasto total da reprovação é extremamente elevado pois, em última análise, o que se avalia é o potencial humano, e, em decorrência, o quanto o país investe no capital humano.

Pensando nisso, estudiosos apontam diferentes estratégias contra a reprovação e evasão escolares. Seja em recuperações paralelas e contínuas, aulas no contraturno, monitorias, tutorias, cursos de férias, a maioria das alternativas passa por um processo de acompanhamento de reforço ao aluno ao longo do ano através de aulas particulares.

Os países que adotaram práticas que incluem monitorar e apoiar os estudantes, como Itália, Alemanha, França, Espanha, Japão e Noruega têm obtido bons resultados. Através das aulas particulares é possível a implementação de um acompanhamento personalizado dos alunos para promover e facilitar a aprendizagem e prevenir o insucesso escolar.

Nesse sentido, a demanda por aulas particulares vem se tornando um processo mais ágil, preciso e seguro, devido à atuação da comunidade Superprof.  Presente em 21 países, a Superprof é uma plataforma especializada em aulas particulares, que promove o contato entre o aluno e um professor experiente, oferecendo mais de 500 disciplinas específicas do conhecimento humano. Após esse contato, inicia-se o acompanhamento individualizado do estudante, através de aulas particulares presenciais e também pela web que dão oportunidade a ambos, aluno e professor, a desenvolverem uma relação de parceria. Relação essa que, na maioria das vezes, resulta em significativa melhoria de desempenho acadêmico, afastando do contexto a repetência e evasão escolares.

Para saber mais acesse: https://www.superprof.com.br/


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com