Negócios em Foco

Como manter o funcionamento do rádio comunicador?


São Paulo 31/10/2019 10h43

O rádio comunicador é um equipamento útil em diferentes segmentos, como construção civil, organização de eventos, agricultura, indústrias e comércio. No entanto, a durabilidade dele depende diretamente dos cuidados com a manutenção.

Para manter um rádio comunicador funcionando por mais tempo, os operadores devem se atentar a diferentes fatores, tanto nos cuidados com o equipamento, quanto à manutenção e uso adequado. Saiba mais a seguir!

Quais os cuidados básicos com os equipamentos?

Existem diversas precauções que podem ser adotadas com o rádio comunicador para minimizar as chances de dano ou mau funcionamento. Ao adotá-las, os operadores elevam a vida útil do aparelho que poderá ser usado por mais tempo e com mais qualidade.

Entre os principais cuidados a serem tomados com os rádios comunicadores corporativos destacam-se:

• evitar que o aparelho sofra quedas;

• não expor a ambientes úmidos que possam molhá-lo, como chuva;

• garantir a limpeza periódica evitando o acúmulo de poeira;

• não substituir as peças do rádio comunicador, com exceção da bateria;

• sempre instruir o uso de capas protetoras e também de suporte;

• desligar o aparelho em caso de interferência;

• armazená-lo em local seco e sem exposição ao sol;

• evitar o uso do equipamento próximo de rádios e televisores, podendo causar interferência;

• em caso de uso de marca-passo pelo operador, garantir uma distância de 15 cm do rádio comunicador;

• não chacoalhar o equipamento para recuperar o sinal.

Esses cuidados são importantes para que o rádio comunicador não apresente problemas, no entanto, a durabilidade do equipamento também dependerá da atenção aos acessórios e periodicidade de manutenção.

Quais os cuidados com os acessórios?

O bom desempenho do rádio comunicador está diretamente relacionado com o uso de acessórios inteligentes, como: microfones, fones de ouvido, bateria, suportes, antenas e capas.

Ao cuidar do rádio comunicador deve-se estender à atenção a todos esses recursos auxiliares evitando também quedas, molhar, deixar empoeirado ou guardar em locais inapropriados.

Se a manutenção dos acessórios não for adequada, pode resultar no desgaste precoce do aparelho e também problemas no uso, fazendo com que a substituição do equipamento tenha que ser adiantada.

Qual a periodicidade da manutenção dos rádios comunicadores?

É difícil estabelecer uma periodicidade pré-definida para a manutenção do rádio comunicador, pois, ela depende muito dos cuidados adotados pelos operadores e também a frequência e intensidade do uso.

Destaca-se que a vida útil média desse tipo de equipamento é de 10 anos, no entanto, durante esse período serão necessárias algumas manutenções. A assistência profissional será particularmente demandada caso o aparelho apresente alguma irregularidade, como:

• diminuição na duração da bateria e consequente autonomia do aparelho;

• presença de riscos ou trincos no rádio comunicador que prejudiquem o bom uso do aparelho;

• rádios que têm as funções comprometidas, com só fazer ou só receber chamadas;

• aparelhos que travam, como permitindo apenas a escuta;

• quando ocorrem problemas frequentes de conexão ou interferências.

Esses são fortes indicativos de que o aparelho precisa de uma assistência técnica especializada para verificar tanto o rádio em si quanto os acessórios.

Nesse momento, é essencial selecionar uma empresa autorizada e certificada pela marca, o que garante qualidade na manutenção do rádio comunicador.

Portanto, os cuidados com o rádio comunicador são fundamentais para que ele continue funcionando e tenha uma vida útil maior, além de apresentar mais qualidade e eficiência no uso.


Mais informações:

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com