Negócios em Foco

As mudanças nas viagens em 2018 tiveram um ótimo resultado


São Paulo 01/02/2019 16h12

Trata-se do resultado obtido após diversas modificações, principalmente nos aeroportos. Também, é visível o quanto os padrões de preferências dos turistas estão passando por alterações significativas.

Existem diversos fatores relacionados a viagens e turismo que estão levando o setor a uma verdadeira transformação, ainda que na prática as pessoas não tenham sentido a diferença. Trata-se do resultado obtido após diversas modificações, principalmente nos aeroportos. Também, é visível o quanto os padrões de preferências dos turistas estão passando por alterações significativas.

Mudanças nas viagens em 2018: otimização na forma de viajar

• Os aviões melhoraram
Diferentemente de anos anteriores, em que os investimentos em avanços se voltaram para o segmento de Luxo, como é o caso do Residences da Emirates e do Qsuites da Qatar, em 2018 o foco ficou em avanços incrementais menos chamativos, porém de efeito mais abrangente.

• Aviões chegam mais longe
No segundo trimestre de 2018, a Qantas Airways deu início ao seu serviço de voo ultralongo. A aeronave sai de Perth e vai até Londres. No total são 17 horas de voo, um serviço que chegou muito perto de quebrar recordes.
Em outubro, foi a vez de Singapore Airlines superar a empresa anterior. Seu voo chegou a um total de 18 horas e 45 minutos, saindo do aeroporto de Changi e chegando a Newark, após percorrer cerca de 16.700 quilômetros.

A tendência é que os voos fiquem cada vez mais longos. A Gulfstream, por exemplo, desenvolveu determinadas ferramentas em 2018 que auxiliarão a aviação privada a alcançar extremas distâncias em um único voo, e a Qantas ainda deseja conquistar a marca de 20 horas de voo, fazendo o trajeto de Nova York até Sidney. O projeto tem previsão de acontecer em 2022.

• Escalas estão cada vez mais tranquilas
No ano de 2018, novos hubs trataram de simplificar as viagens. O Aeroporto Internacional Atatürk, por exemplo, fica em Istambul e visa a se transformar no hub de passageiros que mais recebe pessoas no mundo, já tendo inaugurado a primeira fase. No Oriente Médio, Omã também inaugurou um novo hub e, em Cingapura, o aeroporto de Changi conseguiu elevar o nível graças à tecnologia de automação.
Mudanças nas preferências dos turistas

• Opção por tendas e acampamentos ganha popularidade
Hotéis convencionais estão sendo deixados de lado. 2018 foi o ano dos acampamentos para tendas e barracas (um estilo experimental muito inspirado na savana africana). Surgiram em diversos lugares do mundo, como Sri Lanka, Camboja, Bali, alguns destinos do México, na Costa Rica, entre outros. Algumas dessas acomodações não são nada rústicas, inclusive. Existem tendas com chuveiros internos e externos, piscinas privadas e camas com dossel. As paredes feitas de lona são apenas um adorno para intensificar o sentimento de aventura.

• O Caribe está de volta
Um ano após a chegada dos furacões Maria e Irma, os hotéis e pousadas foram sendo reformados e reabertos. Além de que, agora, existem novas rotas aéreas que melhoram o acesso aos melhores pontos da ilha. Além disso, empresas com os melhores pacotes de viagens para família estão se esforçando para aplicar ações filantrópicas inteligentes.

Monte um roteiro para o destino perfeito com ajuda de agência de consultoria de viagem

A Treap é uma agência de viagem que oferece um serviço diferenciado aos clientes, traçando um perfil individualizado, considerando cada caso como único e, assim, ajudando quem precisa de auxílio para montar o roteiro de viagem perfeito.

Navegue pelo site para conhecer mais sobre a agência de viagens e turismo.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com