Negócios em Foco

Rede social destinará 30% da receita para projetos socioambientais


São Paulo, SP 27/11/2018 16h00

Candowell foi desenvolvida no Brasil e permite postagem de fotos e vídeos; nova Rede Social conecta pessoas, conteúdo e propósito

DINO

Uma nova rede social gratuita já pode ser baixada nas lojas App Store (iOs) e Google Play (Android) nos aparelhos móveis: Candowell. Lançada em março deste ano, Candowell é uma rede social de postagem de fotos e vídeos que permite convidar e adicionar amigos e acompanhar o que eles estão fazendo. Traz uma série de recursos exclusivos como a possibilidade de comentar os posts dos amigos por áudio ou criar e participar de grupos que são detectados por geolocalização.

A nova rede social foi idealizada para que as pessoas façam tudo o que já fazem nas outras redes, mas com ferramentas diferentes e com acesso a conteúdos exclusivos. E o melhor de tudo: ter a oportunidade de se envolver em projetos que, de fato, podem trazer transformações sociais. Isso porque o modelo de negócio de Candowell prevê a doação de 30% da receita de publicidade, fora os impostos, a projetos socioambientais por meio do Instituto Candowell que apoiará projetos independentes e o trabalho de Organizações não Governamentais e fundações com atuação em todas as regiões do mundo nas áreas de saúde, educação e meio ambiente.

Para João Queiroz, um dos idealizadores da Rede e head de influencers, "inovação só acontece quando algo é feito por pessoas e para pessoas e tem em sua essência o poder de transformar positivamente diversos contextos. Por isso, temos um posicionamento provocativo que vai ao encontro da nossa maior missão: conseguir uma mudança de mindset - fazer o bem é hype, fácil e muito divertido".

Como Candowell funciona

Para utilizar Candowell o usuário deve baixar o app nas lojas App Store ou Google Play, preencher um cadastro e criar um perfil. Uma vez instalado em um dispositivo móvel, Candowell apresenta uma interface agradável e clean, em que é possível procurar e convidar amigos, postar fotos ou vídeos, acompanhar, curtir ou comentar (por texto ou áudio) as fotos e vídeos dos amigos. Os vídeos podem ser longos, em qualquer orientação (retrato ou paisagem) e podem ser vistos em tela cheia.

O usuário escolhe o visual do feed no celular, que pode ser no formato de timeline ou de um display no formato de mosaico de fotos/vídeos. Os feeds são exibidos em ordem cronológica e todas as publicações enviadas por quem é seguido são exibidas.

Os usuários podem publicar fotos e vídeos selecionados da biblioteca ou então produzidos dentro do próprio aplicativo. Além do comentário por voz, outro diferencial de Candowell é criar e participar de grupos públicos ou privados, que podem ser organizados por pessoas que tenham os mesmos interesses. Os grupos podem ser detectados por geolocalização e são perfeitos para serem utilizados em festas, shows musicais, exposição de artes e outros eventos culturais ou esportivos. Além disso, Candowell tem também um serviço de troca de mensagens entre os usuários e seus respectivos seguidores.

Inspirada em conceitos e modelos mentais como Design Thinking e UX, Candowell foi lançada em formato beta. A nova Rede posiciona-se como eternamente beta, porque o desenvolvimento de novas funcionalidades é constante, em um processo de aprimoramento permanente em que o desenvolvimento de novas funcionalidades é feito a partir da observação dos usuários e de seus desejos e expectativas.

O Instituto Candowell

Já a partir do seu lançamento, Candowell atuará com a participação do Instituto Candowell, formado para gerenciar, de forma independente e auditada, os valores referentes aos 30% da receita da rede social que serão doados aos projetos socioambientais. O Instituto Candowell também será o responsável pela definição de grupos de notáveis que selecionarão os projetos concorrentes à votação, pelo público, a partir do cronograma da segunda e demais doações, ou seja, após a fase de lançamento.

Os projetos disponíveis para votação serão pré-selecionados por grupos de notáveis formados por acadêmicos, sociólogos e lideranças ambientalistas. Esses grupos, sob responsabilidade do Instituto, serão periodicamente renovados, com o objetivo de evitar qualquer tipo de direcionamento de interesse nos processos de análise e seleção dos projetos a serem colocados em votação.

É o usuário quem decide

O usuário da rede terá o poder de decisão. Quando o Instituto selecionar ONGs e projetos, o usuário vai votar e escolher o destino das doações. O resultado poderá ser acompanhado em tempo real no site www.candowell.com, que também dará acesso às informações sobre valores arrecadados e revertidos aos projetos socioambientais.


Saiba mais sobre Candowell em www.candowell.com .


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com