Negócios em Foco

Ao implementar novas habilidades práticas de gestão, donos de pequenos e médios negócios ampliam o faturamento


Porto Alegre 26/03/2019 09h38

Mentor de negócios, William Weber aposta em modelo de workshow para capacitar empreendedores

William Weber - empreendedor e mentor - Divulgação

A falta de conhecimento é apontada como uma das principais causas para que pequenos e médios negócios não consigam manter as portas abertas. No Brasil, existe uma grande quantidade de empreendedores que precisam de ajuda, pois, de acordo com dado do IBGE, a cada 10 empresas, seis fecham nos primeiros anos de atividade. Para o consultor de novos negócios William Weber, se fossem desenvolvidas algumas habilidades e competências, o país registraria um cenário mais positivo: “geralmente, quem fecha uma empresa, é por não ter conhecimento de gestão".

Para ele, o aprendizado não se limita ao modelo teórico e envolve atitudes práticas, no dia a dia, como as executadas por grandes empresas do entretenimento. Assim, com uma ideia criativa para auxiliar na capacitação dos empreendedores, Weber apostou em um modelo diferente em suas mentorias, baseado em estudos de grandes cases do entretenimento, a exemplo da Disney. Há cerca de dois anos elaborou um método próprio e realiza o “Workshow 10 passos mágicos para o sucesso”, mescla de palestra com experiência vivencial aos participantes.

Neste período, pode observar que esse tipo de capacitação gera um impacto positivo e imediato nos resultados dos negócios: “Descobri que o potencial de mudança é muito forte. Os empreendedores que participam conseguem mudar o patamar da sua empresa e alguns já conseguiram dobrar o faturamento.”

Em entrevista, William Weber conta os detalhes sobre o formato de workshow e os dos benefícios que um modelo de gestão, baseado em ações de encantamento da indústria do entretenimento, trazem aos empreendedores.

Como surgiu a ideia do wokshow? Por que ele auxilia os empreendedores?

Estava junto de palestrantes brasileiros e internacionais, quando me dei conta que muitas pessoas palestravam sobre o modelo de gestão de sucesso da Disney, mas ninguém aplicava o “método Disney” nas palestras. No geral, traziam um bom conteúdo, mas não passavam disso. Tive a ideia de montar um evento e workshop experiencial, onde a pessoa aprende não só com o palestrante e o bom conteúdo, mas com suas próprias vivências, uso de tecnologias e inovação.

A indústria do entretenimento pode ser referência aos empreendedores?

Sim, pode e deve! A indústria do entretenimento é uma das que mais cresce no mundo. Mesmo com resultados não favoráveis da economia do Brasil, o setor de entretenimento foi o que mais cresceu desde 2015. Temos muito o que aprender e compreender com o método dos grandes players do entretenimento no mundo, que constroem verdadeiras máquinas de cativar clientes e fazer lucro.

Você considera que esse formato de evento impacta na produtividade das pessoas?

Esse evento apresenta um método em que cada empreendedor pode aplicar imediatamente à sua realidade. É muito prático e por isso transforma empresas, muda de patamar. Geralmente, recebo mensagens pós-evento sobre a eficácia dos resultados. Teve uma participante, dona de um restaurante de comida natural que, desde o final do evento até agora, tem dobrado o faturamento a cada 90 dias. Também são observados outros resultados, como uma comunicação melhor, equipe engajada, inovação, gestão independente. Para quem aplica 100% e transcende seus resultados, o céu é o limite.

Para quando está programada a próxima edição do workshow?

Realizarei a última edição do evento neste ano, mas ainda não temos a data definida. Posso adiantar que haverá três palestrantes surpresas e um happy hour com um final incrível, algo que certamente, as pessoas não vão esquecer. Além disso, no conteúdo da programação os participantes sempre se surpreendem, porque abordo além do atendimento e encantamento, como no case Disney. Vamos ainda falar de finanças, inovação, planejamento e gestão de pessoas, mas de uma maneira impactante. Por enquanto eu só posso dizer que quem não for, ficará de fora pra sempre.

 

 


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com