Negócios em Foco

Pós-graduação: 6 perguntas que todo médico deve fazer antes de optar por uma qualificação


15/01/2019 16h50

Para fazer uma boa escolha na hora de cursar sua pós-graduação médica, é preciso refletir sobre aspectos mercadológicos, da área de atuação e, principalmente, sobre os seus desejos e objetivos profissionais.

Foto: Divulgação

Uma pós-graduação médica pode ser uma boa alternativa para quem quer empreender, manter-se atualizado no cenário concorrido ou atuar no Sistema Único de Saúde. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que para que exista um equilíbrio e satisfação na assistência médica, deve existir um médico para cada mil habitantes. Em território nacional, há, aproximadamente, 300 mil médicos, dos quais 280 mil estão em atividade – uma média de 1,5 médicos a cada 1.000 habitantes.

Contudo, mesmo com um número adequado de médicos, muitas áreas da medicina carecem de profissionais qualificados em determinadas regiões do Brasil. A Pediatria é um dos maiores exemplos da desigualdade de distribuição. Segundo a Demografia Médica 2018, realizada com o apoio do Conselho Federal de Medicina (CFM), mais da metade dos pediatras (55%) está instalado na Região Sudeste do Brasil. Bem distante, vem o Nordeste (16,2%); mesmo percentual no Sul; 8,6% estão no Centro-Oeste e apenas 4% no Norte.

Para fazer uma boa escolha na hora de cursar sua pós-graduação médica, é preciso refletir sobre aspectos mercadológicos, da área de atuação e, principalmente, sobre os seus desejos e objetivos profissionais. Por isso, a FGMED - Programa Teórico-Prático de Educação Médica Continuada - construiu um roteiro de perguntas que todo médico deveria responder antes de se matricular em um programa de pós-graduação médica. Confira:

1 - Por que eu quero fazer uma pós-graduação?

Evite arrependimentos! Antes de qualquer coisa, saiba quais as reais razões que te levam a querer cursar a pós em questão. Se o seu objetivo é apenas colocar uma nomenclatura nova em seu currículo, isso é um sinal ruim.

Você deve saber de cor os motivos e, principalmente, ter os argumentos que justifiquem a sua escolha. Isso fará com que essa decisão seja sempre vista com bons olhos, além de atender uma determinada competência que está fazendo falta para você neste momento.

2 - Vou realmente me dedicar a este compromisso?

Antes de se inscrever em um programa de pós-graduação médica, é necessário analisar situações como tempo, energia, dinheiro e vida familiar. Caso você não esteja preparado para dispender o tempo necessário para essa atividade e, mesmo assim, achar que este é o momento para realizar a qualificação, lembre-se de pesquisar bons métodos para organização do seu tempo e otimização dos estudos. Caso contrário, a chance de obter um mau desempenho durante o curso é grande e isso não será bom para você.

3 - O conhecimento obtido será aplicado na minha rotina?

O conhecimento adquirido em uma pós-graduação só começa a valer a partir do momento em que é colocado em prática. Por isso, é importante analisar se será possível empregar o conteúdo estudado em suas atividades diárias.

Às vezes esse processo pode ser lento e a aplicação dos conhecimentos será no seu próximo passo na carreira, mas ali na frente você será bem recompensando por esse investimento.

4 - Tenho que cursar algo na minha área de formação (caso já obtenha uma especialização) ou posso buscar uma qualificação diferente?

Existem duas opções para serem seguidas no mundo da pós-graduação: a primeira é realizar uma qualificação em sua área de formação original para obter atualização do currículo e dos conteúdos estudados.

Já a segunda, é investir e conhecer um campo totalmente novo, porém, essa alternativa é indicada a quem já possui algum tempo de experiencia na área e não está satisfeito com ela ou ainda que enxerga um bom campo de atuação para a região onde vive.

5 - Quais são as instituições de renome na minha área de interesse?

É extremamente importante conhecer onde você pretende pisar. Por isso, preocupar-se com a instituição onde você pretende se inserir é fundamental para a sua qualificação. Busque instituições voltadas para a sua área, no caso a medicina, que tenha em seu corpo docente professores cujas aulas sejam realmente aplicáveis à prática e que o corpo diretor tenha know-how de atuação na medicina.

6 – Quais são as próximas tendências no meu campo de atuação?

Cada profissão possui suas tendências que, de tempos em tempos, ganha atualização. Na área da saúde, essa regra segue sendo a mesma. Hoje, na medicina, temas focados em áreas bastante específicas como Nutrologia Pediátrica, Pneumologia Pediátrica, etc, estão bastante em alta, mas lembre-se que tudo é o momento e a força que você aplica no seu futuro.

É importante que o tema da sua pós-graduação esteja afinado com as dinâmicas mais recentes na sua área. Fazer uma leitura do mercado e conversar com profissionais já inseridos, podem ser uma das chaves para a sua escolha final. Se restarem dúvidas, um dos consultores da POSFG pode te atender. Acesse: www.fgmed.org ou entre em contato pelo 0800 11 1111.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com