Negócios em Foco

Por aumento de vendas, empresas buscam expansão internacional


São Paulo, SP 15/01/2019 13h51

Para empreendedores brasileiros, internacionalização é determinante no sucesso da empresa

DINO

Na busca por expansão e por fuga das imprevisibilidades do mercado nacional, empresas brasileiras têm atuado na direção da internacionalização dos negócios. Apesar de oferecer seus próprios riscos e dificuldades, o mercado internacional pode proporcionar dimensões de sucesso e estabilidade mais amplas. Por possuir dinâmicas particulares e estar sujeita a legislações diferentes, entretanto, a inserção nos negócios estrangeiros requer cauteloso planejamento e preparo do empresariado brasileiro.

Segundo estudo da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o aumento das vendas é principal argumento pela expansão internacional, motivando 72,7% das empresas brasileiras, seguido pela diversificação de riscos (65,3%) e a proteção em relação à volatilidade do mercado doméstico (61,3%).

Os critérios usados pela Apex para caracterizar uma internacionalização incluem a abertura de uma operação própria da empresa brasileira no exterior, seja escritório comercial, centro de distribuição, franquia, loja, unidade produtiva, parceria com outra empresa, entre outras possibilidades.

Ainda segundo a pesquisa, dentre os países estrangeiros priorizados pelo empresariado nacional, os Estados Unidos são o principal, sendo a preferência de 68,8% das empresas, seguidos por Colômbia (23,4%), México (21,3%), Argentina (17,7%) e Emirados Árabes Unidos (15,6%).

Planejando a expansão

O mercado estrangeiro pode apresentar ao empreendedor desafios até então desconhecidos, porém, a internacionalização de um empreendimento é fator determinante na expansão dos horizontes da produtividade e, portanto, do lucro. Das empresas que responderam a pesquisa da Apex, 83,6% apontaram a expansão internacional como "altamente importante".

De acordo com Marcelo Bispo, sócio da Hayon, empresa de consultoria nos segmentos de Tecnologia da Informação e Recursos Humanos, "é fundamental que se desenvolva uma estratégia e um plano de negócios antes de entrar de cabeça neste tipo de expansão. Se possível, contratar consultoria e encomendar pesquisa de mercado e análises sobre o país para, então, poder ter melhor dimensão sobre o tipo de planejamento orçamentário que aquele mercado requer". Tendo recentemente expandido para Portugal, o sócio da Hayon lembra também que é crucial investir em campanhas de marketing que estejam mais próximas à realidade do público-alvo do país pretendido.

Saiba mais sobre a Hayon

A Hayon foi criada em 2009, a partir da experiência de seu fundador, acumulada ao longo de 15 anos de atuação na área de Tecnologia da Informação voltada à Gestão de Pessoal.

Sediada na Faria Lima, oferece serviços e consultoria nos segmentos de Tecnologia da Informação, Recursos Humanos e Treinamentos. Um dos diferenciais da Hayon está nas entregas voltadas a gerar impacto no negócio do cliente e elevar a performance da tecnologia, dos processos e especialmente das pessoas.. Saiba mais em http://www.hayon.com.br/.


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com