Negócios em Foco

Quando fazer a troca de amortecedores do carro?


São Paulo - SP 17/05/2018 15h37

Preste atenção aos sinais: carro trepidando na pista, traseira balançando mais do que o normal em curvas ou ruídos na suspensão. Se o seu veículo anda apresentando algum desses problemas, é provável que seja a hora de fazer a troca de amortecedores do seu automóvel. As peças que tem a função de controlar as oscilações e estabilizar as rodas ao solo, não têm vida útil definida e varia de acordo com o tipo de piso e de como o motorista conduz a direção. Por isso, na hora da troca, é preciso estar atento: muitas vezes, pessoas mal intencionadas podem sugerir a troca do produto sem necessidade ou substituir seus amortecedores por outros de marca inferior.

Para não cair em armadilhas, a RJ Pneus, especialista no assunto traz dicas que esclarecem as principais dúvidas dos motoristas em relação aos amortecedores. Confira:

Sinais de alerta

Além dos sinais já listados no começo do texto, o carro pode apresentar outros detalhes que permitem identificar o momento para a troca dos amortecedores. Suspensão em final de curso na passagem por pequenos buracos, vazamento de óleo e a distância de frenagem também são alguns indicadores.

Nesses casos, a substituição por peças novas deve ser feita o mais rápido possível, já que com amortecedores ruins o risco de perda de controle da direção e até mesmo o de capotamento em manobras é grande. Na troca, amortecedores, buchas, parafusos de fixação, batentes e coxins também são vistoriados e, se houver necessidade, todos são substituídos.

Amortecedores: tipos, preços e marcas

Há três principais tipos de amortecedores encontrados no mercado com facilidade:

Amortecedor à fricção

Possui boa resistência e permite ajustes manuais em caso de folga entre seus componentes. Seu funcionamento ocorre através de atrito entre dois ou mais discos girando em direções contrárias, causando o efeito de amortecimento.

Amortecedor hidráulico

É o mais convencional. Eles podem ser usados tanto em veículos leves quanto nos mais pesados. Possui tecnologia mais avançada em relação aos de fricção, pois trabalha a partir de um sistema com óleo em dois tubos diferentes: o reservatório e o de pressão, o que garante estabilidade e segurança ao veículo.

Amortecedores pressurizados

Utilizam gás nitrogênio em vez de ar, o que garante ainda mais estabilidade em curvas. O nitrogênio também evita a formação de bolhas de ar no óleo, o que é uma grande vantagem.

Preços de amortecedores

Os valores variam de R$ 250,00 até R$10.000,00. Por isso é importante procurar especialistas de confiança e que não ofereçam ofertas milagrosas. Além da compra do produto, a mão de obra também deve ser levada em consideração na hora do orçamento. procure saber se a empresa que você procurou possui uma equipe competente, experiente e honesta.

Os principais fabricantes de amortecedores vendidas no Brasil são a Monroe, Confap e a Nakata. Todos apresentam bom desempenho na avaliação dos seus clientes. Na hora da troca, vale a pena um bate papo com o mecânico que poderá indicar a melhor marca para o seu tipo de veículo.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com