Negócios em Foco

Coogarima enfrenta o desafio de expandir operação no Rio Madeira


São Paulo 28/05/2019 15h42

Espírito de luta e determinação não faltam aos 628 associados à Cooperativa dos Garimpeiros do Rio Madeira (Coogarima)

DINO

Espírito de luta e determinação não faltam aos 628 associados à Cooperativa dos Garimpeiros do Rio Madeira (Coogarima). Desde sua fundação, em 6/11/2003, enfrentar dificuldades virou quase sinônimo do que é a Coogarima. Primeiro, foi a longa batalha pela legalização junto aos diversos órgãos do governo, econômicos e ambientais, para ter reconhecida e respeitada sua atividade de extração de ouro do leito do Madeira (oficialmente qualificada de "extração de minério de metais preciosos").

Agora, com a construção das barragens das usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau e a perda de muitas áreas de garimpo, cobertas pelos dois grandes lagos, a batalha é pela obtenção, junto ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), de 30 novas Permissões de Lavra Garimpeira (PLGs) ao longo de todo o rio, sem afetar a navegação e Áreas de Proteção Ambiental (APAs). Mesmo para continuar trabalhando nas áreas alagadas, em águas mais profundas, muitas das 65 dragas operadas pela cooperativa tiveram de ser modernizadas e adaptadas, aumentando custos.

A sede da cooperativa fica em Porto Velho/RO (rua Brasília, 1.575, bairro Santa Barbara (coogarima@hotmail.com). O município se beneficia da maior parte dos impostos pagos pela cooperativa, dos empregos gerados no comércio de minerais e de algumas atividades ligadas à logística da Coogarima, incluindo manutenção técnica de dragas e rebocadores. Os custos operacionais e os impostos (65% para o município, 23% para o Estado e 12% para a União) absorvem 90% do faturamento.

Os 628 cooperados se dividem em três patamares - investidores; operadores logísticos; e produtores parceiros. Todos os equipamentos são dos cooperados. A cooperativa, com 15 funcionários e presidida por Jose Airton Aguiar de Castro, se responsabiliza pelas relações externas (governo, órgãos públicos e instituições), pelas operações comerciais, pela obtenção das licenças ambientais e PLGs.

José Airton conta que nas décadas 1980/1990, milhares de pessoas garimparam no Madeira, a maioria aventureiros que desistiu da atividade por operar sem infraestrutura e pelo fato de o garimpo, sem os licenciamentos exigidos pelo governo, ser considerado ilegal na época. A Coogarima nasceu em 2003 da preocupação de 35 garimpeiros com as mudanças que a construção das hidrelétricas demandaria. Em pouco tempo, chegou a ter 80 cooperados. No entanto, o impasse em torno da legalização da atividade - o processo de requisição da primeira PLG permaneceu anos parado no DNPM - jogou um balde de água fria na cooperativa e muitos desistiram. Sobraram apenas 15, que conseguiram manter a instituição com uma estrutura administrativa mínima.

Para piorar a situação, em outubro de 2007 a Polícia Federal executou a Operação Lava, com o objetivo de conter a exploração ilegal de ouro no Madeira. Apreendeu dragas e fez prisões em flagrante. Mesmo assim, a Coogarima resistiu, provando que seus cooperados recolhiam impostos e aguardavam sua 1ª permissão de lavra. Meses depois, em fevereiro de 2008, a cooperativa recebeu as primeiras quatro PLGs, que saltaram para 26 em 2014 e para 41 em 2018. Agora, é esperar por mais 30.

Software da Easy System é "motor" da cooperativa

A Coogarima também investiu em tecnologia para aprimorar sua gestão. Toda a administração é feita por meio de software adquirido da empresa EasySystem. São cinco módulos: FPC (Folha de Pagamento Cooperativa); EMT (Conhecimento de Transporte Eletrônico); AFIN (Administração Financeira); EMV (Módulo Web); e EMD (Digitalização de Documentos). Todos os detalhes são controlados, do transporte e emissão de notas fiscais à folha de pagamento, abertura de vagas e cadastro de cooperados. "Para nós, é o motor da cooperativa, que nos permite o controle sobre toda produção e comercialização", afirma José Airton.

Fonte: Revista EasyCOOP


Mais informações:

Divulgado por

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com