Negócios em Foco

Conheça 7 indicações de leitura que inspiraram CEOs de sucesso


São Paulo 05/08/2020 17h11

A trajetória de um líder de sucesso na maioria das vezes é inspirada por um repertório teórico. Desta forma, leituras com grandes referências podem servir de alicerce para desvendar os segredos de uma boa gestão diante do desenvolvimento de uma equipe e da transformação digital de um modelo de negócio.

Pensando nisso, convidamos CEOs de empresas que se destacam no mercado corporativo em diferentes segmentos a nos contar quais best-sellers estão por trás dos seus sucessos e desafios. Confira as sugestões a seguir e boa leitura!

1. “A Cura de Schopenhauer”

Marcelo D'Arienzo, CEO da Wine, maior clube de assinatura de vinhos do mundo, destaca neste livro a narrativa interessante do ambiente de terapia em grupo. A leitura abre a perspectiva de que o comportamento e dinâmica da terapia de grupo podem ser aplicados tanto no trabalho quanto na vida pessoal.

A leitura permeada de filosofia e psicanálise surge com enredo munido de questionamentos sobre dilemas da vida, entre eles, o amor e a morte. A obra provoca uma reflexão sobre condicionalismos sociais e diálogos realistas.

2. “Antifrágil: coisas que se beneficiam com o caos”

A leitura indicada por Roberto Oliveira, CEO da Take, empresa líder em soluções conversacionais e chatbots, propõe soluções para vivermos neste mundo. A obra de Nassim Nicholas Taleb indica que é necessário construir coisas mais resistentes ao imponderável, ou seja, que sejam anti frágeis, e ensina como reverter uma crise a seu favor. Em outras palavras, o livro fala sobre a capacidade de resistir e suportar situações extremas, sofrendo assim, o menor índice de prejuízos possível.

Antifrágil propõe uma análise das próprias fraquezas como estratégia para driblar possíveis falhas na carreira. Adotar essas medidas é ter em mente que lidar com fatores inesperados e externos são primordiais para a “sobrevivência” diante da desordem.

3. "Empatia assertiva"

Esta é a aposta de César Rossi, CEO do Grupo BWG, empresa de tecnologia com foco em soluções para o RH. A obra da autora Kim Scott, expõe o desafio da empatia sob a liderança no espaço organizacional.

A humanização das relações interpessoais é a palavra-chave da narrativa que garante resultados positivos de um líder de sucesso. Portanto, tratar de empatia é entender seus colaboradores, se importar pessoalmente, retribuir com um feedback e proporcionar um ambiente de trabalho agradável, produtivo e permeado de colaborações.

4. "The Hard Thing about Hard things"

A obra de Ben Horowitz, um dos empresários mais respeitados e experientes do Vale do Silício, é a recomendação da Flávia Deutsch, CEO e co-fundadora da Theia, plataforma que ajuda pais e mães que trabalham.

O livro oferece conselhos essenciais sobre a criação e administração de uma startup - sabedoria prática para gerenciar os problemas mais difíceis que a escola de negócios não cobre, com base no popular blog de ben. O livro inspirou e ajudou Flávia a ter uma visão ampla do empreendedorismo.

5. “Um novo jeito de trabalhar”

A indicação de Marcel Lotufo, co-fundador e CEO da Kenoby, software de recrutamento e seleção, foi escrito por Laszlo Bock. O livro enfatiza que o “jeito Google” de tratar os funcionários é para que cada pessoa se sinta como fundador da empresa. É também acreditar que as pessoas são essencialmente boas.

A obra, inspirada nas ideias de bastidores do Google, ajuda a enxergar de outra maneira a forma de liderar, mostrando detalhes do recrutamento e seleção com foco na cultura da empresa. Não é à toa que “Um novo jeito de trabalhar” foi eleito um dos melhores livros de negócios pelo The Economist. Sem dúvida, o livro traz uma visão arrojada, nova e prática de transformação do futuro do trabalho.

6. “The Last Arrow”

O livro de Erwin Raphael McManus, proposto por Ulisses Cardinot, fundador e CEO da International School, programa de educação bilíngue para as escolas, apresenta um roteiro para uma vida que desafia as probabilidades e altera os destinos de pessoas que arriscaram tudo por um sonho.

Ulisses afirma que a obra teve papel importante na concretização dos seus propósitos de vida. “Eu me identifiquei muito com esse livro, pois, além de sonhador, sou prova viva e pude concretizar um sonho em realidade. Vivo a magia de transformar vidas por meio da educação todos os dias. O livro está sendo muito interessante para o meu momento de vida e, sem dúvida, é uma dica de leitura incrível e que vale muito a pena”, garante.

7. “Good Strategy Bad Strategy: A diferença e por que é importante”

João de Paul, CEO da Origin, plataforma de bem-estar financeiro que ajuda as empresas a aliviar o estresse financeiro dos funcionários, recomenda o livro de Richard Rumelt.

A obra mostra que tem havido uma tendência de comparar valores de torta de mamão e maçã, pacotes fofos de chavões, slogans motivacionais e metas financeiras com "estratégia", desmistificando os dois mundos e despertando a compreensão do poder de uma "boa estratégia" aplicada aos negócios.

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com