Negócios em Foco

Exposição ao alto estresse pode elevar as chances de doença cardíaca

São 15% de todos os casos de infarto consequência de situações de muito estresse, ou de estresse repentino, que provoca o entupimento de artérias importantes, como a coronária.


São Paulo - SP 15/07/2019 16h12





Estudiosos constataram que o alto grau de estresse, quando contínuo, pode ocasionar um infarto ou AVC (Acidente Vascular Cerebral). De acordo com levantamento de dados realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard (EUA), submeter-se a situações extremamente estressantes leva à produção excessiva de glóbulos brancos no corpo.

Esses glóbulos fazem parte do sistema imunológico do ser humano. Porém, em grandes quantidades, podem se acumular nas paredes de veias e artérias, dificultando o fluxo sanguíneo e aumentando a chance de formação de coágulos. Em vista disso, pode-se afirmar que 15% de todos os casos de infarto são consequência de situações de muito estresse, ou de estresse repentino, que provoca o entupimento de artérias importantes, como a coronária.

Dificuldade em lidar com estresse é desafio para a cardiologia

Por ser muito difícil de lidar com situações estressantes (ainda que as pessoas saibam o quanto isso está influenciando negativamente e quais são as possíveis consequências), o corpo acaba estimulando determinados hormônios, que são chamados pelos médicos de “hormônios do estresse”.

Trata-se da adrenalina e da noradrenalina, que em excesso causam a redução do calibre das veias, aumento da pressão arterial, espasmos das artérias coronárias e aumento da frequência cardíaca. Um dos sintomas mais visíveis durante uma crise de estresse é o notável rubor facial, palpitações e sudorese, efeitos que muito se assemelham aos do infarto, inclusive.

O maior problema no fato de os pacientes não saberem lidar com o estresse diz respeito à frequência das crises. Quem enfrenta momentos estressantes, muitas vezes por mês (ou por semana), recebe uma enxurrada de hormônios do estresse. Eles, por sua vez, estimulam todos os processos citados anteriormente, e quanto mais o coração passa por isso, mais suscetível está a infartos e AVCs.

Mortes causadas por problemas cardíacos demandam mudança de postura

De acordo com um levantamento realizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), 17,5 milhões de pessoas no mundo morrem por conta de doenças cardíacas no geral, todos os anos. Por aqui, mais de 260 mil pessoas foram a óbito no primeiro semestre de 2018, de acordo com a Sociedade Brasileira de Hemodinâmica de Cardiologia Intervencionista (SBHCI).

A instituição decidiu lançar a campanha Coração Alerta, no intuito de trazer informações sobre os cuidados necessários para a saúde do coração. Juntos, infarto e AVC são, hoje, os principais responsáveis por morte em todo o mundo. No Brasil, a porcentagem de óbitos registrados em decorrência de ambas as doenças ultrapassa os 30%.

Formas de evitar crises de estresse são práticas e multifuncionais

As pessoas podem evitar e combater situações de estresse acentuado com pequenas ações durante o dia. Realizar exercícios físicos é de extrema importância, já que essas atividades liberam hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar.

Uma alimentação saudável também é um dos alicerces para quem quer permanecer longe de doenças e complicações cardíacas. Além disso, manter acompanhamento contínuo com psicólogo auxilia no tratamento contra estresse e outras questões relacionadas à rotina que podem influenciar na sintetização de hormônios do estresse pelo corpo.

Profissionais de cardiologia

O Hospital Santa Cruz conta com equipe de cardiologia especializada no tratamento de doenças cardiovasculares, estando apta para sugerir tratamentos de prevenção contra infarto e AVC. Navegue pelo site para saber mais sobre o tema, e acompanhe também as matérias sobre saúde e bem-estar.



Website: http://www.hospitalsantacruz.com.br/



Compartilhe esta notícia

Contato | Anuncie
Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Negócios em Foco

Notícias empresariais

Localização
São Paulo - SP, Brasil

E-Mail
redacao@negociosemfoco.com